História She was made of stars, He of darkness - Dramione - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Arthur Weasley, Astoria Greengrass, Blásio Zabini, Córmaco Mclaggen, Draco Malfoy, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Horácio Slughorn, Luna Lovegood, Merlin, Minerva Mcgonagall, Molly Weasley, Narcissa Black Malfoy, Neville Longbottom, Pansy Parkinson, Poppy Pomfrey (Madame Pomfrey), Rúbeo Hagrid, Salazar Slytherin, Simas Finnigan, Theodore Nott, Viktor Krum
Tags Darkfic, Draco, Dramione, Harrypotter, Hogwarts Hermione, Jkrowling, Universoalternativo
Exibições 805
Palavras 2.364
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Magia, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá potterheads? 😊
Então, sei que não deveria estar postando hoje, agora, masss estou tão empolgada para saber se voa gostar que tive que vir aqui hoje. Hehehe. Espero mesmo que gostem!
Hoje tem beijo super especial para: MoonlightPotter, Zanoua, Lu_Snape, Oswina, AndKookie, rehBlack, Leanny123, ClarissaMalfoy, Fremione, seallalya, MariMayrink, thaisSantos_15, SofiaMalfoi, carolis_aks_, RaahValdez, Charlotte1421, mayraeduarda100, Khalysi, lawrenz e ChiaraMalfoy. Obrigada pelas favoritações! 💛

~ Juro solenemente não fazer nada de bom! ~

Capítulo 20 - Altas Temperaturas e Encontros.


PDV Gina Weasley

Gente, estou absolutamente nas nuvens com o que a Mione me contou hoje. Rá! Sabia que ia dar em rolo esse trabalho dela com o Draco, eu sinto cheiro de romance de longe! Vou dizer uma coisa: Super apoio esse casal, e como disse para a morena antes, esse romance é épico! Vou logo avisando que quero ser a madrinha desse casamento, senão, cabeças vão rolar!  

Enfim, terminamos de jantar e seguimos para o Salão Comunal. Exceto a Hermione que alegou que precisava de ar puro. Okay, tenho que dizer notei que a Mi ficou um tanto que quieta desde que saímos do Salão Principal.. Ela vai ter que me contar o que tá acontecendo..

Pessoas, estou tão feliz com meu namoro. Harry é um fofo! *-* Sabe aquele tipo de pessoa que você quer dentro de um potinho, pra ter certeza que é só seu, pois é, Harry é assim pra mim. Carinhoso, atencioso, paciente e Gostoso. Céus, eu já fiquei com alguns carinhas nesses meus dezesseis anos, mas eu nunca me senti tão entregue com nenhum deles como me sinto com o Harry! E eu gosto muito disso, saber que com ele, é diferente..

— Harry, vamos dar uma volta? - sugiro depois de algum tempo conversando banalidades com Rony e Neville -

— E o que você está pretendendo hein, Ruivinha? - ele me pergunta tocando a ponta do meu nariz. Adoro quando me chama assim! -

— Ah, quero ficar um pouco com você só pra mim, amor! - falo dengosa e ele afaga meus cabelos. -

— Vamos! - ele me sorri de forma apaixonada e estende a mão para mim -

Eu sorrio vitoriosa e levanto dando minha mão para o meu namorado lindo de gostoso. Saímos pelo buraco da mulher gorda e andamos sorrateiros pelos corredores, já passou da hora dos alunos poderem circular pelo castelo e se Filch nos pega, estamos com detenções na certa.

Andamos por alguns minutos, apenas sentindo o vento gélido tocar nossos corpos.. Encontramos uma sala destrancada e empurro Harry para dentro dela com pressa.

— Quê isso, Gina? - ele fala, me olhando um tanto que assustado. Amo a ingenuidade desse garoto!

— Estava com saudades! - respondo de forma cínica sentando-me na mesa - Vem aqui! - chamo-o -

Harry vem lentamente e se posiciona entre minhas pernas. Ele tem um cheiro inebriante, um perfume amadeirado e uma mistura com cítrico, nem sei explicar. Pego seu rosto entre as mãos e sinto-me perdida naquele verde tão profundo que os olhos dele têm.

— Eu amo você, Harry! - sussurro e é a mais pura das verdades -

— Eu te amo, ruivinha! - ele diz e me beija -

Harry tem o beijo voraz dessa vez, como se eu fosse me levantar e sair correndo pelo castelo. Enfio as mãos em seus cabelos que são sempre tão rebeldes.. Eu adoro isso nele..
Logo sinto meu corpo arder de desejo afinal, faz tempo que não transo com ninguém.. Enrosco minhas pernas na cintura dele trazendo-o para mais perto de mim. Harry começa a me distribuir beijos pelo pescoço e eu jogo a cabeça para o lado, facilitando seu trabalho.. Ele sobe novamente, atacando minha boca com desespero. Sinto seu membro começar a dar sinal de vida e aperto ainda mais as pernas em torno dele, sentindo-o crescer de encontro com minha intimidade.

Eu aprofundo o beijo, sentindo a cabeça girar de tanta vontade. O moreno desce as mãos pela minha cintura e pára em minhas coxas, apertando-as delicadamente. A boca quente de Harry começa a trilhar beijos do lóbulo da minha orelha até a superfície dos meus seios, que estão um pouco à mostra por causa da minha blusa decotada. Sinto logo as mãos apressadas dele, indo por dentro da minha roupa, buscando um contato mais íntimo.. Meu corpo curva quando as mãos de Harry encontram os meus seios, apertando-os. Ele toma minha boca novamente, enquanto sua mão me tortura, gemo entre seus lábios.. E como se ele despertasse de um transe, tira as mãos de mim e se afasta.

— G-gina, me des-sculpe.. - pede ele e posso notar que está envergonhado - Eu perdi o controle, eu não devia..

Sorrio de forma maliciosa e ajeito minha blusa antes de dar um pulo para sair de cima da mesa. Caminho até Harry e olho bem nos olhos dele..

— Harry, você não fez nada de errado. Se eu não estivesse gostando teria te dito isso, você sabe.. - falo devagar como se explicasse à uma criança pequena -

— Gina, eu não quero nunca faltar o respeito com você! - ele afirma -

— Você não me faltou com o respeito, Harry! Nós somos namorados, óbvio que eu deixarei você tocar em mim.. - conto-lhe -

Como se uma luz se acendesse na minha mente deixo meu queixo cair.. Harry pensa que ainda sou virgem, por isso está se achando tão culpado por ter me tocado.

— Harry - falei baixinho - Você está se sentindo culpado porque… Acha que sou..

— Virgem. - ele completou - E não é? - ele quis saber e senti minhas orelhas queimarem -

— N-não. - disse e me senti envergonhada - Eu não sou virgem, me desculpe! - disse abaixando a cabeça -

Ele não falou nada por alguns minutos, e se aproximou de mim levantando a minha cabeça que se mantinha baixa.

— Você não precisa se sentir envergonhada Gina. - ele me disse - Eu não vou cobrar isso de você.. - afirmou e eu senti sinceridade -

— Mas você ficou surpreso.. - disse eu, encarando-o - Pensou que eu fosse..

— É.. Admito que não queria pensar em você dormindo com outros caras, acho que me forcei à acreditar nisso.. - ele confessou - Gina, você é uma garota tão linda.. Óbvio que já é experiente.. Me desculpe se te fiz pensar que é errado você não ser virgem..

— Ah, você não existe! - falei lhe abraçando - Harry, você é uma pessoa tão especial.. Eu tenho sorte em ser sua namorada.. - completei e lhe dei um beijo -

— Eu que tenho sorte! - ele afirmou sorrindo - Vamos voltar para o salão comunal.

Eu confirmei e saímos abraçados. Como eu sou sortuda mesmo. Harry é de longe a pessoa mais encantadora que conheço, se fosse outro, talvez tivesse cobrado essa coisa de virgindade, mas não, ele me aceitou e não me julgou! Ah, eu amo esse moreno!

PDV Draco Malfoy

Tenho que admitir que ignorar a Granger é a coisa mais difícil que tenho que fazer. Me segurei muito para não olhar para a mesa da Grifinória durante o jantar, apenas a olhava quando percebia que ela não estava de olho em mim..

Depois que terminamos o jantar, eu resolvi sair para dar uma volta, ultimamente tenho tido muito em que pensar, e os meus amigos me sufocavam as vezes. Sei que pareço ser egoísta mas não sou. Só quero que ela seja feliz sem ter nenhuma intromissão da minha parte. O santo Potter é o cara digno para ela, ela jamais o deixaria para ficar comigo.

Andei pela escuridão, deixando meus pensamentos saírem, se libertarem. Era um pouco tarde e estava bem frio.. Mas eu quis ir até o grande carvalho, perto do Lago Negro..

Sentei-me no gramado, peguei algumas pedras e atirei no lago. De repente virei-me e tive o maior susto.

— Por Salazar, o que faz aqui? - perguntei não acreditando no que meus olhos viam - Quase me matou de susto! - confessei sentindo as batidas do meu coração normalizando -

— Hey, eu estava aqui primeiro! - ela falou e esboçou um sorrisinho - Então, eu mudo de lugar e você me acha.. - observo seus olhos, eles estão mais brilhantes do que nunca -

— Eu não quis ir à torre de astronomia hoje.. - falei e dei minha atenção àquele lago -

A verdade é que eu não tinha coragem de voltar lá, pois aquela torre estava impregnada dela, Granger. Por isso precisei procurar outro lugar, mas parece que onde vou ela está.. Isso é tão assustador!

— Eu tive a impressão de que você estava me ignorando hoje no jantar.. - ela disse direta me olhando, eu não tinha coragem de encará-la - Eu fiz alguma coisa? - ela quis saber, e me senti muito mal.

— Não Granger, você não fez nada .. Eu.. Eu estava de mau humor. - menti -

— Sabe, aquele apelido, eu gosto dele, só pra você saber.. - ela confessou e eu fiquei feliz em ouví-la -

— Gosta? - perguntei, fui incapaz de ignorar essa informação -

— Sim! - ela disse de forma tímida - Então.. O que te deixou de mau humor? - perguntou -

— Não quero falar disso! - acho que devo ter parecido grosseiro, mas eu não tinha ideia do que dizer..  - e o Potter? - não me segurei e perguntei, por mais que eu tenha ouvido a conversa precisava ouvir da boca dela que eles estavam juntos.. -

— Ah,.. Er.. Harry está ótimo. O namoro com a Gina está fazendo muito bem à ele! - ela me contou um tanto que desconfiada -

Namoro com a cabelo de fogo? Mas ele não está namorando com você? Eu estou tão confuso…

— Mas ele não está namorando com você? - deixo que as palavras saiam de minha boca. Ela me olha perplexa -

— Q-que.. - ela se enrola nas palavras - Por Deus, de onde você tirou isso? - ela me pergunta e eu engulo em seco -

— Er.. Bem, ouvi vocês dois na biblioteca hoje.. - digo e vejo-a empalidecer -

PDV Hermione Granger

Não! Por favor meu Deus, ele não pode ter escutado o que eu estava dizendo à Harry, por favor..

Que grande droga! Meu coração está batendo tão rápido que tenho medo que ele acabe quebrando os ossos que o protegem, por Merlin que ele não tenha escutado..

— Granger, Granger você está se sentindo bem? - ouço a voz de Draco ao fundo -

— V-você ouviu? - perguntei com a voz vacilante. - Ouviu minha conversa com Harry?

— Sim.. - ele disse envergonhado. - Eu sei que o Potter não gosta de mim, por isso decidi que não ia atrapalhar no namoro de vocês.. - ele me conta e fico boquiaberta -

— Nós não estamos namorando! - exclamei - Por Godric, Harry é como se fosse meu irmão.. Como você conseguiu entender isso? - eu precisava saber como aquele ser à minha frente conseguiu distorcer tanto uma conversa. -

— Você disse alguma coisa sobre o Weasley ficar chateado, e disse que estavam juntos.. - ele disse olhando de forma desconfiada para mim - Você não precisa mentir, se quiser segredo eu não direi nada à ninguém.. - ele acrescenta e sinto meu sangue ferver -

— Que mentir o que.. - digo lhe dando um tapa no braço - Harry ama a Gina, e mesmo se eu estivesse com Harry, ninguém ia ter nada com isso..

— Eu sei, me desculpe se fui inconveniente.. - ele diz, certo, com esse Draco que pede desculpas e fica envergonhado eu não aguento.. -

Como as pessoas podem mudar em tão pouco tempo? Se alguém fosse no passado e me contasse que eu iria estar gostando de um Malfoy eu não acreditaria.
Mas Draco está fazendo por merecer, ele está fazendo com que eu me apaixone por ele.. Sendo frágil, sendo aberto, sendo apenas ele mesmo..

— Foi só isso que você ouviu? - questiono sentindo o meu coração ir se acelerando aos poucos.

— Foi sim.. - ele diz e me olha franzindo o cenho - Tem mais coisas é?

— N-não te interessa! - falo nervosa -

— Eu sei guardar segredo.. - ele insinua se aproximando de mim. Esse garoto é muito bipolar. -

— Mas quem disse ser segredo? - pergunto e sinto que nossas bocas estão à centímetros de distância. -

— Então conte-me! - ele pede, e sinto seu hálito em meu rosto. -

Foda-se!

Dessa vez sou eu quem o ataca, puxando seu lábios com desespero para junto dos meus.. É tão bom!
Eu estou conduzindo aquele beijo, pedi passagem para sua boca, ele cedeu prontamente.. É minha vez, minha vez de explorar a boca daquele loiro.. Eu o quis durante toda a semana. Coloco as mãos nos cabelos loiros, puxando, fazendo ele gemer na minha boca.. Eu sei brincar também..

Ele põe as mãos na minha cintura, me apertando de forma possessiva. Mordo-lhe o lábio inferior, e me deleito com a sensação de vê-lo de olhos fechados apreciando tudo o que faço. Olho para aquele pescoço alvo, sinto vontade de beijá-lo inteiro e é isso que faço.
Largo seus lábios e avanço para o seu pescoço, me embriagando do cheiro de seu perfume..

— Granger.. Humm.. - ele diz e aperta ainda mais minha cintura -

Sinto-me a deusa da sedução, pronta para usar e abusar daquele homem. Tomo seus lábios mais uma vez, apenas para despedir-me. Beijo-lhe com desejo.

Levanto em seguida, deixando ele com a respiração instável, e me encarando com os olhos ainda mais cinzentos.

— Tenha uma boa noite, Draco! - desejo e me viro pronta para sair -

— Não tão rápido.. - ele diz e me puxa prensando meu corpo contra o grande carvalho - O que pensa que está fazendo? - ele pergunta -

— Pensei que gostasse de jogar.. - insinuo dando um beijo no canto da sua boca - Só que por hoje já chega! - falo o empurrando -

Ele sai de perto de mim e me olha enquanto ajeito as minhas roupas.. Dou pequenos passos para voltar ao castelo quando ouço-o dizer:

— Amanhã, meia-noite na torre de astronomia! - ele diz e sua voz está rouca - Vou esperar você, Granger.. - ele completa -

Eu não me viro, nem respondo, apenas continuo meu trajeto com um sorriso imenso nos lábios.

Eu tenho um encontro com Draco Malfoy!


Notas Finais


Hahahaha. Então eis que eles vão ter um Encontro!!! 😱😱💚💚
E Gina e Harry? Esquentou ali, não foi? Ahahahaha.

Obrigada pelos coments do capítulo anterior! Amei.

Comentem muito, okay?
Beijos de luz amadinhos! 😙🌟

~ Malfeito, feito! ~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...