História She was made of stars, He of darkness - Dramione - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Arthur Weasley, Astoria Greengrass, Blásio Zabini, Córmaco Mclaggen, Draco Malfoy, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Horácio Slughorn, Luna Lovegood, Merlin, Minerva Mcgonagall, Molly Weasley, Narcissa Black Malfoy, Neville Longbottom, Pansy Parkinson, Poppy Pomfrey (Madame Pomfrey), Rúbeo Hagrid, Salazar Slytherin, Simas Finnigan, Theodore Nott, Viktor Krum
Tags Darkfic, Draco, Dramione, Harrypotter, Hogwarts Hermione, Jkrowling, Universoalternativo
Exibições 321
Palavras 2.065
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Magia, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá potterheads? Como estão vocês coisas lindas da minha vida? 😆😊
Bem, eu estou nas nuvens! Vocês com toda a certeza do mundo são os melhores leitores. Palavras são impossíveis de demonstrar o quão importante vocês são na minha vida. Enfim..
E o beijo super especial de hoje vai para: MoonyMalfoy 💙, NyMalfoyNy, NanamiT, Cassie_B, brujamagica, SrtaJackson09, UmAlgu3m, LadyWesley12, Quandohaamor, Scarlet-Senpai e MissJGranger. Obrigada pelas favoritações. ❤

Espero que gostem do capítulo! 😆

~ Juro solenemente não fazer nada de bom! ~

Capítulo 21 - Pré-encontro.


PDV Hermione.

Continuei meu trajeto até o castelo. Meus pensamentos eram tantos que sentia que minha cabeça poderia explodir a qualquer momento. Gryffindor, eu preciso realmente de uma penseira!

Mas não posso negar que me sentia até mais feliz, como se estivesse cada vez mais viva.. Sei que estou me metendo em coisas perigosas. Malfoy e eu, tendo um romance.. Mas, ah.. A sensação de estar saindo da minha zona de conforto, a adrenalina pulsando em minhas veias.. Tudo é tão novo.. Tão gostoso. Esse ano vai ser mesmo inesquecível.

— Olho de trasgo!’ - digo antes que a mulher gorda me xingue por tê-la acordado.

Quando entro no Salão Comunal vejo que já há poucas pessoas, meus amigos já não estão mais lá, então calmamente subo as escadas que levam até meu dormitório.
Tento, entrar sem fazer muito barulho, pedindo a Deus que Gina já esteja dormindo, embora eu sinta que se não contar o que estou sentido, eu vou pirar.
Abro a porta lentamente, e enfio meu corpo com calma para dentro do quarto, fazendo o mínimo de barulho possível.

— Entrando sorrateira, hein.. - escuto a voz da Gina e reviro os olhos. -

— Que susto Ginevra! - digo para irritá-la.

— Nem tente tirar o foco desta conversa de você.. - ela me diz, com olhar desafiador - Onde estava? Tô te esperando faz séculos! - ela faz drama.

— Sem dramas ruiva! - digo indo em direção à minha cama - Se você estiver me esperando à mais de dez minutos é muito..

— Pra sua informação, Mione, estou aqui à mais de uma hora. - ela diz com tom de voz brava, eu sorrio.

Então, sem enrolar mais conto tudo para Gina, tudo mesmo. Até a expressão dele eu tenho que narrar. Quando termino ela me dá um imenso sorriso, aquele que é conhecido como “sorriso Weasley”.

— Então, ele pensou que você estava namorando com Harry? - ela questiona divertida -

— Sim, as vezes acho que seria mais fácil se eu tivesse me apaixonado por ele mesmo.. - deixo escapar e Gina me joga uma almofada.

— Ei! - ela protesta - Ia querer roubar o Harry de mim?

— Que é Ginevra, tem medo de disputas? - questiono sorrindo marota -

— Não.. Mas tenho que admitir que você seria uma concorrente muito difícil.. Mione, até eu pegava você.. - ela falou pulando na minha cama - Que bom que você gosta do Draco!

— Harry sempre foi como meu irmão.. - acrescento e ela sorriu - Mas não entendi o porquê dele ter de se afastar se eu realmente tivesse..

Olho para a ruiva em busca de resposta, ela nada me diz, apenas levanta e vai para sua cama, em silêncio e isso raramente acontece. Estranho sua atitude.

— Gina? - pergunto olhando especulativa para ela - Você não vai me dizer nada?

— O que eu diria Hermione? - ela perguntou fazendo cara de desentendida - Talvez ele não quisesse atrapalhar a “felicidade” de vocês - ela falou fazendo aspas e segurando o riso -

— Qual a parte engraçada dessa história? - eu pergunto realmente confusa -

— Ah Mione.. - ela diz sorrindo travessa e balança a cabeça em negação - Vamos dormir, já está bem tarde mocinha..

— Espera.. Você disse que estava me esperando.. - digo - O que queria me contar?

— Amanhã sabe-tudo, hoje estou cansada! - ela força um bocejo e se deita -

— Você devia ser atriz, Gina!

— Boa noite Hermione! - ela diz e fecha o cortinado da sua cama -

PDV Pansy

Eu estava no meu dormitório pintando minha unha super de boa quando um ser pálido entra todo alvoroçado me fazendo borrar um bocado de unhas.

— Porra Draco! - xinguei retirando o esmalte para fazer o processo novamente. Que fodido!

— Pan, eu.. - ele estava nervoso - Eu..

— Olha só, você borrou minhas unhas então fala de uma vez antes que eu jogue esse esmalte na tua cara! - rosnei de forma ameaçadora -

— Credo, é só uma unha idiota! - ele disse fazendo bico -

— NÃO É SÓ UMA UNHA SEU ESTÚPIDO! - gritei - DEMORA PRA FAZER, TEM QUE TER TÉCNICA, PACIÊNCIA, TUDO O QUE EU NÃO TENHO! - eu senti minhas veias do pescoço saltadas, continuei - AÍ VOCÊ VEM E DiZ QUE É SÓ UMA UNHA.. NÃO É SÓ UMA UNHA! - conclui e estava ofegante -

— Já acabou de surtar? - ele pergunta de forma insolente -

Olhei para ele de forma ameaçadora e ele sorriu cínico. Que grande filho da Sra. Malfoy! Respirei fundo..

— O que você quer, Draco? - perguntei voltando minha atenção para as minhas unhas -

— Eu estou apaixonado pela Granger.. - ele disse -

— Sim, eu já sei. Aliás, Hogwarts inteira já sabe! - debochei -

— Deixa de ser antipática garota! - ele disse me olhando feio -

— Se você não percebeu eu tô querendo fazer uma coisa, dá pra você ir direto ao ponto? - eu nunca gostei de rodeios, pra mim tem que ser pá, pum! -

— Okay estressadinha! - ele caçoou - Eu tenho um encontro com a Granger.. - ele me contou, assenti dando a entender que ele podia continuar - Queria saber se você poderia me ajudar a conquistá-la..

— Tu é muito bipolar mesmo, né? - questionei - Umas semanas atrás queria que eu te ajudasse a não se apaixonar, agora quer que eu te ajude a conquistar a sabe-tudo.. - balancei a cabeça - Depois dizem que nós mulheres que somos difíceis de entender..

— Sim, vai me ajudar ou não? - ele perguntou apressado. Homens! ~_~

— Vou! - digo prontamente - Mas não agora.. Sai do meu dormitório!

Olha onde estou metida!

PDV Draco

Depois da conversa com a Granger, e com a confirmação da ajuda da Pansy, eu estava me sentindo muito bem obrigado.

Nem preciso mencionar que foi um alívio saber que a Granger está solteira. Essa descoberta só me fez perceber que eu não vou desistir dela. Eu vou lutar pelo que quero. Eu sei que a amo, e vou fazer de tudo para conquistar aquela morena.

Quando acordei na manhã do meu encontro com a Granger, sentia como se o dia estivesse mais bonito. Nossa Draquinho, que gay..
Tudo bem, sei que parece bem gay mesmo, mas é como estou me sentindo.

Segui para o banheiro e fiz minha higiene matinal, cantando e tudo. Eu vou recomeçar, ser uma pessoa nova. É o único jeito de eu conseguir seguir em frente.

— Nossa, Blás, alguém teve uma noite boa.. - Disse Theo zoando com a minha cara -

— É, ele tá cantando e tudo.. - continuou Blás - Será que ontem alguém deu uma escapada e saiu para brincar?.. - insinuou ele -

— Alguém deve ter dado um trato na criatura dele, isso sim.. - comentou Theo -

Os dois começaram a rir feito hienas loucas e eu simplesmente ignorei porque estava de muito bom humor para me abalar com piadinhas idiotas.

— Vocês não vão tomar café? - perguntei colocando minha capa -

— Veja Blásio, ele não rebateu nossas insinuações.. - disse Theo fazendo uma cara dramática -

— Talvez porque não sejam insinuações! - comentou o moreno piscando para mim - Conta aí Draco, quem foi que te deixou de bom humor? - ele perguntou -

Ponderei por algum tempo, mas a verdade é que eu realmente queria gritar aos quatro ventos que queria ficar com aquela morena para o resto da minha vida, se ela permitisse.

— Não devia contar à vocês, mas.. - fiz um suspense - Eu tenho um encontro com a Granger..

— Sério? - perguntou Theo - Finalmente vai dar os pegas na rata-de-biblioteca?!

— É.. - respondi - Mas não quero dar só uns pegas. Quero conquistá-la! - contei-lhes - Estou gostando dela, como nunca gostei de nenhuma garota..

— Quem é você e o que fez com o nosso amigo pegador? - Theo perguntou boquiaberto - Você quer conquistar a sangue-ruim?

— Ah, esse é o Draco versão: apaixonado pela Granger.. - caçoou Blás -

— Mas e todas as garotas que ainda não pegamos cara? Você vai me deixar na mão? - Nott questionou - Ainda temos tantas aventuras. É nosso último ano..

— Chega um ponto que a gente cansa, que não quer mais saber de aventuras ou de procuras, entende? - eu disse para eles -

— Não entendo não! Por Salazar! Perdi meu amigo! - ele fez drama e ri - É apaixonadinho, vamos tomar café antes que eu vomite corações..

***

O dia passou muito devagar, e eu ficava ansioso à cada minuto que meu encontro com a Granger se aproximava.. Por Salazar, nunca me senti assim por garota nenhuma, sempre fui muito confiante, e cá entre nós, nunca precisei me esforçar para ter alguém, elas que sempre vieram ao meu encontro, aliás.
Mas é, olha só agora, eu estou aqui ansioso por causa de uma garota. Agora entendo o que minha mãe sempre dizia que o amor muda as pessoas. O amor faz isso mesmo. Ele muda a gente.

Segui para o Salão Principal, era hora do jantar. Eu estava atrasado, só pra constar. ;)

— Finalmente Draco, pensei que não ia vir comer! - Pansy me disse - Tá tudo pronto pra mais tarde! - ela sussurrou para mim enquanto me sentava ao seu lado.

— Obrigado! - falei servindo-me de torta de rins -

Rapidamente corri os olhos pela mesa da Grifinória, caçando aquela pequena. A vi sentada entre cabelo de fogo e Longbottom, hoje ela estava de costas para mim. Comecei a comer.

PDV Hermione

Merlim, Godric, Deus, por favor alguém acalma essa crise de ansiedade que está se apossando de mim?!

Céus, eu não estou me contendo de ansiedade e nervosismo.. Eu sei que é apenas um encontro. Pera.. Não é apenas um encontro, É UM ENCONTRO COM O DRACO!

Gina me disse pra manter a calma e que eu tinha que me mostrar segura de mim..
O dia parece que passou voando, e quando vi, já tava na hora do jantar.
Quando cheguei ao Salão Principal, alguns Sonserinos já estavam lá, Gina deu um aceno animado para Greengrass, mas eu percebi que o loiro ainda não tinha chego. Decidi me sentar de costas para a mesa dele, não queria me sentir ainda mais nervosa olhando para aquela imensidão tão acinzentada.

O jantar terminou e eu saí o mais rápido que pude Dali, não queria contatos até a hora do encontro, segundo Gina, isso iria deixá-lo louco. Porque eu ainda dou ouvidos à ela mesmo?

23:35, Dormitório feminino da Grifinória.

— Hermione, você já viu que horas são? - Gina gritou quando abriu a porta e me viu deitada de barriga para cima olhando para o “nada”.

— Sim, Gina. Aliás, eu não paro de olhar o relógio nem por um mísero minuto. - falei de forma entediante -

— Então você não está prestando muita atenção, faltam vinte minutos para a meia-noite! - ela informou me olhando e arqueando as sobrancelhas -

Olhei para o relógio e dei um pulo da cama ao ver que ela tinha razão. Que merda! Comecei a ajeitar minha roupa e passei a mão no cabelo tentando acalmá-lo um pouco. Terminei e andei em direção à porta, parei em frente à Gina.

— Me deseje sorte?! - disse fazendo cara de cachorro abandonado -

— Você não precisa de sorte! - ela disse - Vai e arrasa! - me deu um tapa na bunda e desceu comigo. Algum dia eu já disse que amo essa ruiva? *-*

Saí do meu Salão Comunal e andei apressada pelos corredores até chegar ao pé da torre. Ainda nem acredito que estou saindo escondido para me encontrar com o Malfoy!  Alguém me belisca!

Olhei para o cima e percebi uma claridade lá no topo. Sorri imaginando o que esse garoto teria inventado.

Fui subindo devagar, para que eu conseguisse acalmar meu coração que insistia em se manter acelerado. Completamente em vão. Após alguns minutos, cheguei ao topo da torre e quando entrei meu queixo caiu com que eu vi.

— E aí Granger?! - Malfoy me disse sorrindo de lado -


Notas Finais


Então, fui malvada em adiar esse encontro pro próximo capítulo?! Sorry. 😆
Tenho que dizer que essa reação da Pansy é baseado em fatos reais. Hahaha. 💙

Gente, muito, muito obrigada mesmo pelos comentários. Foram lindos demais. Eu amei cada um. 😍😍

Ps: Próximo capítulo já está escrito. 💙 Está polêmico! Hahahahah.

Vejo vocês no domingo, eu acho. 😊
Beijos de luz bruxinhos lindos. 😘🌟

~ Malfeito, feito! ~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...