História She will be loved - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias Frank Lampard, John Terry, Michael Ballack
Tags Chelsea, Michael Ballack, Shevchenko
Exibições 17
Palavras 773
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Esporte, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 34 - Meu maior medo....


Michael on
Ser pai é muito bom,é maravilhoso,quando se tem a mãe por perto pra fazer as coisas difíceis enquanto nós pais apenas ficamos com a parte da diversão.

-Eu quero minha mãe.-Jordi chorava de um lado e Mikaelly do outro.
-Calma Jordi,ela já vem.-Louis tentou acalmar o irmão.
-Eu também quero a sua mãe.-Disse enquanto balançava a bebê pra ver se ela ficava quieta.-Chuta a canela do tio Terry quando ver ele tá bom?
-Tá bom papai.-Jordi sorriu,ótimo,menos um chorando.

-Ela deve estar com fome pai.-Emílio deu sua opinião.-Ela tá limpinha?

Entendi o que ele quis dizer e fui verificar,ela não tava limpinha.
-Não está,vou dar banho nela e vocês fiquem quietinhos.

Enquanto dava banho na bebê que pelo visto amava tomar banho pois ficou quieta e até rindo dentro da banheira e só abriu o berreiro quando saiu,os três meninos não ficaram quietinhos.

-Meu Deus passou um furacão aqui?-Perguntei olhando os vários brinquedos espalhados e Mikaelly deu uma gargalhada tão gostosa.-Ri não princesa,papai fica desesperado.

Recorri a Mirna pra fazer a mamadeira dela,tão linda minha filha,fazia de tudo pra chamar minha atenção,sem contar que vez ou outra coçava a gengiva no meu queixo,dava uns gritinhos com a gente e ficava balbuciando algumas coisas.

Me juntei aos bagunceiros assistindo o desenho do cachorro falante que descobri se chamar Scooby-Doo.

-Temos que arrumar essa bagunça antes da mãe de vocês chegar.-Falei enquanto dava a mamadeira da bebê que não sabia se mamava ou
ou se ficava rindo.
Tava tão distraído nessa função que nem percebi Emílio e Jordi dormindo.

Deixei Mika no bebê conforto com Louis e coloquei os dois na cama,por pura preguiça pus na minha mesmo.

Voltei pra sala e Mikaelly também tava dormindo.

-Tá com sono também Louis?
-Não,tô de boa,posso ver tv no seu quarto?
-Pode,seus irmãos estão lá.

Deixei Mika entre eles e fui tomar banho,ainda teria que arrumar a bagunça pois se Lauren chegasse e encontrasse aquilo ia surtar e pior ainda,me chamaria de folgado,que Mirna não tinha que ficar arrumando minhas bagunças enquanto eu estivesse em casa.

Saí do banho e vi a cena mais fofa do mundo,meus quatro filhos dormindo juntos,Jordi e Mikaelly são os mais espaçosos que tem.

A bagunça poderia esperar mais um pouco,deitei junto com eles e acabei pegando no sono.

Lauren on

Como a vida de alguém pode mudar radicalmente apenas por outra pessoa entrar nela?
Desde quando Michael entrou na minha vida,muita coisa aconteceu.
Fiquei parada observando Michael e as quatro crianças dormindo,tiveram muito trabalho pelo visto.

Terry estava uma pilha de nervos e me chamou para conversar,Michael disse que eu poderia ir que ele dava conta,pela bagunça que encontrei até chegar ao quarto ele deu conta sim.

Chamei Mirna para me ajudar a arrumar a bagunça.

-Acho que o senhor Michael nunca cuidou de crianças sozinho.-Ri com o comentário dela.
-Imagino que não terá uma próxima vez.
Terminei de juntar os brinquedos e os guardei,ainda tive que limpar a mini bagunça do banheiro e nas roupas de Mikaelly.

Ajudei Mirna com o jantar,tava ficando tarde e nada da turma acordar.

-Mamãe.-Jordi chegou na cozinha coçando os olhos.-Ainda bem que chegou.

-Por que meu amor?-Peguei ele no colo.

-Tô com fome.-Me abraçou e deitou no meu ombro.-E com sono,mas a fome não me deixa dormir.

-Já tomou banho?-Ele negou.-Então vamos tomar banho e depois te dou comida.

Enchi a banheira e coloquei ele lá,brincou bastante enquanto eu lavava os cabelos dele.
O enxuguei,vesti a roupa nele e penteei os cabelos dele.

Aos poucos a tropa foi acordando,menos Mikaelly e Michael.
Tomaram banho também e decidiram comer sem o pai.

-Podemos jogar vídeo-game?-Emílio e Louis perguntam juntos enquanto Jordi já estava capotando.

-Uhum,não durmam tarde ok?
-Sim mamãe.-Subiram correndo na minha frente.

Deitei Jordi na cama dele e dei boa noite aos dois que começavam a jogar.

Michael on

Acordei e só tinha Mikaelly na cama,acordada ainda por cima.
Fiquei olhando ela brincando com o pezinho.

-Opa,boa noite dorminhoco.-Lauren entrou no quarto.-Dormiram bem hein.

-Oi amor,eles me deram um cansaço.-A chamei pra se juntar a nós.-O que Terry queria?

Lauren se deitou ao meu lado e pôs Mikaelly sobre ela.

-Surtar e me dizer que devemos por freio na boca de Emílio.-Ela deu uma risada e tanto.-Luísa fez a ultra,tá grávida de gêmeas.

Conversamos como todos os dias,descobri que minha filha tinha mais facilidade de dormir comigo.
A coloquei no berço e passei pra dar boa noite aos meninos.

Lauren havia entrado no banho e fui me juntar a ela.

Nos amamos como todas as vezes que estávamos juntos.
Tinha um único medo: Que um dia nosso amor chegasse ao fim.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...