História SHE'S A MONSTER (IMAGINE- Yugyeom) - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7, Zico
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom, Zico
Visualizações 23
Palavras 686
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


denovo? de novo...

Capítulo 8 - Bultaurone pt.2


Fanfic / Fanfiction SHE'S A MONSTER (IMAGINE- Yugyeom) - Capítulo 8 - Bultaurone pt.2

Acho que adormeci demais, olho no relógio, e já são 18:00hrs, não costumo dormir tanto, mas é a vida.

Me levanto e desço até a cozinha, passando pela sala, percebendo uma presença feminina, só pode ser a garota que Jackson mencionou hoje cedo... bebo um pouco de agua, e sigo pra sala.

Sento no sofá ao lado da garota loira, e todos os presentes me encaram, inclusive o... como é o nome dele? .... ahh... Yugyeom, seus olhos me fitam intensivamente.

-  que foi? – pergunto e todos param de me encarar.

- eu acho melhor nós irmos pro quarto conversar melhor Lisa, vem.--  Jackson se levanta e a puxa para o seguir.

-  onde está o Zico? – pergunto já que o mencionado por mim, não se encontra em na sala.

- ele disse que ia resolver alguns problemas--  Jaebum diz me olhando, discretamente.

 

 

Resolvo ir a cozinha depois de horas sem comer preciso repor as minhas energias. Começo a preparar um sanduiche pra mim, quando sinto uma presença, pensei em dar importância mas logo desisto.

Em questão de segundos sinto um pano em meu rosto, por mais esperta que eu seja, fui pega de surpresa. Meus olhos vão se fechando e antes que se fechassem por completo, ouço aquela voz.

-  desculpe... é pro seu bem. – acabo desmaninhando.

 

 

 

                                      Jackson on

Assim que levo a Lisa pro quarto aviso pro Yugyeom, por mensagem para que ele peça pro JB preparar tudo, no porão, e ele cuidar da Kristeen.

-  meu amor... sinto sua falta, vamos recomeçar, benzinho--  não acredito que estou fazendo isso. Mas das duas prefiro a Kristeen. Aguentar essa voz irritante e fingir que quero conversar com essa garota, é um sacrifício.

- fique aqui... eu Já volto. – digo e penso no eu estou fazendo, será que é errado? Tanto faz, isso não tem mais volta.

Vou até a porta e discretamente pego a chave sem que a menor ali sentada na cama perceba. Saio do quarto fecho o mesmo com a chave, e desço pra sala onde encontro o Yugyeom.

- fez o que tinha que fazer? – pergunto o olhando, nosso plano não pode dá errado.

- sim... – ele me responde e logo o JB aparece.

- cadê a Lisa?  --  ele pergunta desconfiado.

- já foi embora... e a Kristeen está trancada no quarto... acho que essa é a hora. – falo tentando manter minha serenidade.

-  adorei a ideia de mandar o Jr e o Youngjae junto com o Zico pra algum lugar, enquanto cuidamos desse serviço. --  ele fala normalmente como se tudo isso que estamos falando não seja errado, estou indignado com tudo isso.

- Vamos ser rápido por favor... – Yugyeom, não esconde seu nervosismo.

-  ok, Jackson vai colocar a bomba no corredor perto  da porta do quarto dela. – sua frieza me assusta.

Pego a mochila que estava com ele, e subo as escadas. Coloco lá no corredor, e desço tudo muito rápido.

- vamos sair logo daqui. – seguimos pra porta de entrada, logo saindo da casa.

Assim que saímos, fomos pro outro lado da rua, o JB pegou o detonador e como se nada ali importasse ele conta até três logo em seguida aperta o botão do detonador.

Olhamos pra casa, que agora pegava fogo, fogo esse que se alastrou por toda a casa em poucos segundos, o que me assustou um pouco.

 

 

 

                                                                       SEOKJIN ON

 

Depois de ter saído morrendo de raiva, do quarto daquela mulher, me vejo obrigado a ir de encontro ao meu “chefe”, que não me deixa em paz, desde que resolveu se livrar de sua querida filha...

E o pior é que eu tenho que cuidar desse trabalho pra ele.

Passou-se horas até eu chegar no lugar desejado. Assim que chego na cidade, sou apanhado por um de seus motoristas, que me leva até seu esconderijo.

 

-  Como está senhor Kim? --  o homem em minha frente me cumprimenta.

- Vamos logo ao ponto querido amigo. --  peço pra irmos ao ponto, pois não aguento rodeios.

- ­ ok... quero que mate minha filha, a Kristeen. --  esse nome... não pode ser a mesma  garota.

 

 


Notas Finais


é tois....

bjs da Symin
perfil: @Park_Symin


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...