História She's been my queen since we were sixteen - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Exibições 3
Palavras 884
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 25 - CAP 25


Fanfic / Fanfiction She's been my queen since we were sixteen - Capítulo 25 - CAP 25

POV LOUIS

O show acabou, foi maravilhoso por sinal, e agora eu e o Harry estamos no carro indo pro meu apartamento. Eu não estou acreditando em tudo que o Harry fez, é como se minha ficha não tivesse caído ainda.

- Ei Lou - Harry balançou uma de suas mãos na minha frente, me tirando de meus pensamentos.

- Oi, meu amor... Sabe, eu posso me acostumar com isso.

- Isso o que? - Harry me olhava com uma expressão confusa.

- Com tudo isso! Com essa sensação de estar nas nuvens, com esse sentimento que mal cabe dentro de mim, com essa aliança no meu dedo, com te chamar de meu amor pra valer, porque você é meu amor!

- É, bom mesmo que se acostumar com isso, porque isso vai mudar nunca! Lou, nosso amor vai ser sempre mágico assim!

- Eu te amo, Harry! Quantas vezes eu já disse isso hoje???

- Algumas - ele riu - Mas eu não me canso de ouvir, e responder que eu te amo mais!

- Seu bobo - dei um soco de leve em seu braço.

Chegamos em frente ao meu prédio, eu já ia me despedir de Harry e descer do carro, quando Harry desceu do carro e abriu a porta pra mim.

- O que você tá fazendo? - perguntei intrigado.

- Eu vou subir com você, ué - disse como se fosse óbvio.

- Harry, meus pais tão lá em cima

- Eu sei, eu preciso pedir a benção deles pra namorar seu filho, não?

- Você só pode tá brincando - eu ria e Harry me olhava como se eu fosse louco.

- Ah, qual é Lou, é tão careta assim?

- Não, meu amor, é fofo demais! - disse o beijando calmamente

- Então anda, vamos.

Estávamos no elevador e percebi que Harry estava com as mãos geladas e suadas.

- Tá nervoso?

- Um pouco. Lou, você disse que seus pais são legais, mas mesmo assim eu tenho medo.

- Harry, eles vão adorar você, calma.

Já estávamos na porta do apartamento, quando eu bati e minha mãe abriu a porta sorridente. Senti Harry apertar mais a minha mão.

- Oi meninos! Entrem!

- Oi mãe - dei um beijo em sua bochecha.

- Oi dona Johannah - Harry disse envergonhado.

- Ah Harry, não precisa ter vergonha de mim, vem aqui me dar um abraço!

Harry a abraçou ainda sem entender muito as coisas.

- Oi senhor Mark - Harry disse apertando a mão de meu padrasto.

- Oi rapaz, vem aqui me dar um abraço também - meu padrasto disse abrindo os braços e acolhendo Harry, que agora estava totalmente vermelho.

- Você é realmente muito lindo! O Louis já tinha me falado, e eu já vi em algumas capas de revistas, mas pessoalmente é muito mais, menino!

- Como assim? O Louis já falou de mim pra vocês?

- Ah, muitas vezes - minha mãe respondia naturalmente.

- LOUIS! Se você tivesse me avisado que eles já sabiam da minha existência, eu não teria ficado tão nervoso!

- Ah meu amor, eu não disse muita coisa.

- O que exatamente você disse?

- Ah, ele disse que tava ficando com um menino muito lindo, que havia conhecido na escola, que no começo achava ser metido, mas que é totalmente ao contrário, que é super carinhoso e atencioso - Jay não parava de tagarelar e sentiu meu olhar sobre ela - bem... E mais algumas coisas.

Harry agora me olhava desacreditado.

- Bem, digamos que minha mãe sabe de tudo sobre nós.

- Oh meu Deus, que vergonha.

- Não precisa se envergonhar Harry, eu apoio essa relação desde o primeiro dia que o Louis me falou de você! - Johannah falava calmamente à Harry.

- E eu também - Mark falou um pouco atrás de Johannah.

- Ainda assim, eu preciso da benção de vocês pra poder namorar o Louis - Harry disse tão rapidamente que parecia ter tirado um peso das costas.

- Meu querido, você tem todas as nossas possíveis bençãos! - meus pais olhava pra nós dois sorrindo.

- Obrigado. Eu prometo que vou fazer o Lou muito feliz.

- Nós temos certeza disso!

- Agora venham os dois nos abraçar - Mark disse alegre.

- É, Mark gosta de abraços - disse ao Harry.

- Eu percebi - Harry me respondeu sorridente.

O resto da noite passou alegre, nós comemos pizza e conversamos sobre muitas coisas.

- Bom, eu já vou indo! Agradeço pelo acolhimento e por tudo! Vocês são demais! - Harry disse se direcionando aos meus pais.

- Bem vindo a família, filho - Mark disse e o abraçou, seguido de minha mãe que fez o mesmo.

Não posso deixar de dizer que essa cena me emocionou, e uma lágrima escorreu pelo meu rosto. Deu tudo certo!

Levei Harry até a porta, ficando do lado de fora com ele conversando mais algumas minutos.

- Tenho que ir agora...

- Eu sei, só não queria que você fosse.

- Lou, sua família é maravilhosa, acho que tô me sentindo a pessoa mais feliz e sortuda do mundo!

- Eu disse que eles eram legais, meu amor.

- Sim, mas eles são MUITO legais!

- Eu fico feliz que tenha dado tudo certo - não pude deixar de sorrir.

- Foi a melhor noite da minha vida!

- De nossas vidas Hazz - disse apertando sua mão a minha

- Eu te amo, meu namorado.

- Eu te amo, meu namorado.

Nos beijamos apaixonadamente, até parar quando faltou ar. Harry foi em direção ao elevador e eu entrei em casa.

Parecia um verdadeiro sonho!


Notas Finais


Desculpem qualquer erro ortográfico! Beijos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...