História She's Coming Home - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Vampire Diaries
Personagens Bonnie Bennett, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Elena Gilbert, Stefan Salvatore
Tags Delena
Exibições 21
Palavras 523
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - Face the devil


-Como você voltou, Katherine?- Eu peguntei, por mais revoltada que tivesse, ela tinha acabado de salvar a minha vida, então decidi me conter.

-Pequena dica, Elena: se você quer escapar do inferno, durma com o Diabo. O resto não importa.- Katherine disse, entediada -O fato, é que agora Cage está tentando me levar de volta para lá. Junto com todos vocês.

-Você tem um plano, certo?- Damon perguntou.

-Obviamente eu não matei essa sereia com tanto desdem.- Katherine se dirigiu ao corpo de Sybil e retirou a estaca de madeira.- Essa estaca foi forjada com o sangue de Cage, pode matar qualquer ser sobrenatural, até mesmo Cage, mas matá-lo tem um preço.

-Que preço?- perguntei, inquieta.

-Quem matá-lo, morre junto. E sem Diabo, não existe inferno, então não tem volta. Você simplesmente desaparece.- Katherine disse com um olhar vago, como se lembra-se de uma memória ruim.- Suponho que não teremos voluntários.

Logo, todos se calam, a sala fica completamente silenciosa.

-Enfim...Ele estará de volta daqui á dois dias, quando o ciclo da lua se fechar, acredito que isso os dará tempo para pensar.-Katherine falou.- E acreditem, vocês não vão querer experimentar aquele lugar.- Pela primeira vez, vi vestigios de humanidade e compaixão nos olhos de Katherine.

***

Deixei Stefan, Car, Bonnie e Enzo conversando na sala. E subi para o quarto de Damon, não queria saber o que me esperava daqui a dois dias, só queria tirar aquela saudade de mim, queria ele, queria dizer o quanto o amava.

-Eu senti tanto sua falta.- Falei quando o vi colocar uma calça moletom e correr para mim.

-Você não tem noção do quanto eu te amo, Elena Gilbert.- ele me agarrou e me fez cruzar as pernas em sua cintura.- Eu não quero que você se preocupe...Saiba que eu irei até o fim do mundo, pra mantê-la salva.

-Nós vamos ficar bem, todos nós.- falei colando nossas testas.

-Tem algumas coisas que eu quero te dizer.- ele me puxou para sentar na cama.- E eu quero dizer aqui, nessa cama, onde nós começamos, apaixonados...

-Eu te amo, Elena. Eu poderia morrer agora, eu estaria feliz, apenas em saber que eu fui amado por você...Isso apaga um século de sofrimento. Enquanto você estava adormecida, tudo que eu conseguia pensar era na nossa vida, nosso futuro. Nós sempre vamos encontrar nossos caminhos de volta, Elena, eu não quero uma eternidade do seu lado, eu só quero estar com você até meu ultimo suspiro. É por isso, Elena, que quando tudo isso acabar, eu irei beber um pouco do seu sangue, e vou virar humano, e ter uma vida com você. Nós vamos nos mudar para New York, você vai ser médica, e nós teremos dois filhos, ou mais.- Falou rindo, ambos estavamos com lágrimas nos olhos.- E nós iremos viver uma vida humana, longa e feliz. Longe de tudo isso.- Ele se ajoelhou e me mostrou uma linda caixinha preta de veludo.- Casa comigo, Elena?

-Sim, eu caso.- Falei, sorrindo. Ele colocou o anel no meu dedo e eu destribui beijinhos por seu rosto.

E aquele momento de felicidade, trazia a coisa mais valiosa.

Trazia esperança.

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...