História Shh..Go to sleep - Capítulo 21


Escrita por: ~

Exibições 112
Palavras 713
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Luta, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Survival, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 21 - Capitulo Vinte


Eram sete da manhã, Smile estava aproveitando o maximo seu sono, coisa q ele não estava tendo recentemente. De repente ele sente alguem alisando seus cabelos:
— Smile?Acorda amor, você precisa se arrumar para ir ao spar.
— Spar? Do que vo-aah o spar..
— você já esqueceu? – franziu o cenho
— Não, é que eu achei que era brincadeira. – sorriu de canto
— Smile, me diz, quando foi que eu brinquei com alguma coisa que tem haver com você e sua saúde? – Levantou uma das sobrancelhas
Smile deu uma risada, - que para Jeff era mesmo q melodia.-, Smile se deitou de lado na cama, ficando frente para ele, que estava sentado do lado da mesma, ainda afagando seus cabelos.
— Desculpe, vou me lembrar disto. – Sorriu e Logo se levantou dando um selinho em Jeff —Mas e minha mala?
— Já arrumei – disse olhando as unhas
— E Crow?
— Como assim e "e Crow"? – O fitou
— Você vai conseguir cuidar dele sozinho? - Perguntou
— Claro, além disso, eu tenho o Risonho e os outros, que com certeza vão me dar uma mãozinha se caso eu precisar.
— Certo, agora posso ficar um pouco mais calmo. – Relaxou os musculos
— Hm...Agora vai se arrumar, que eu já perguntei três vezes as meninas se elas estavam prontas e a ultima vez que perguntei foi a quarenta minutos, então elas devem estar mesmo perto.
Smile deu outra risada e foi se arrumar

‘-‘-‘-‘-‘—‘-‘

— Certo, então você já arrumou as camas?
Smile estava na porta da mansão com Jeff e Crow nos braços do mesmo.
— Já Smile.
— E a comida de Crow? Já foi pegar comida humana pra ele e Liu?
— Eu já ia fazer isso Smile, não se preocupa e vê se relaxa lá no spar, se não isso não vai adiantar nada.
— Mas como não me preo-
— VAMOS SMILE A GENTE VAI SE ATRASAR. – A voz de Nina soava longe
— JA VOU.
Smile deu um grito para Nina e as outras meninas que estavam no portão da mansão, deu um beijo na testa de crow e um nos lábios de Jeff.
— Tchau Jeff, te vejo semana que vem.
Ele saiu correndo para onde as meninas estavam, fazendo as mesmas darem gritinhos do e falando algo do tipo"Que isso hein?"
Jeff deu acenou com Crow e depois entrou na mansão

— Crow, vai brincar lá dentro que eu tenho que ir comprar comida.
— Ta, mas não demora.
— E você não quebre nenhum prato.
— Taaa eu não quebro.
Ele inflou as bochechas, o deixando mais fofo. Jeff já estava saindo quando ouviu Liu o chamando.
— Jeff, você ta indo no mercado?
— Sim, por quê?
— queria ir com você.
—Tá mas você vai pela frente, ou vai comigo pelos fundos?
— Acho que pelos fundos mesmo.
Como jeff era uma creepypasta ele não podia aparecer na frente das pessoas então roubavam as coisas dos armazéns das lojas.
— Certo vamos?
— Vamos.

*-*-*-*-*-

— Então.....Smile, só estamos eu, você e as garotas não é?
Começou Nina, tentando começar um assunto com Smile, que ainda estava meio acanhado pois não tinha muita intimidade com elas.
— Sim eu acho que sim....
— Então podemos falar de "coisas" né?
Ela falou isso dando aspas com as mãos
— coisas do tipo "coisas" ou só coisas?
— Antes que vocês comecem a falar, vamos lembra que temos uma criança aqui.
Zero interrompeu os dois, apontando para Sally que estava segundo sua mão direita.
— Zero, se você esta falando de mim vou logo avisando que não sou mas uma criança, já sou crecida o bastante pra saber oque são essas coisas.
— COMO ASSIM VOCÊ SABE?!?!
Todas deram um grito, parando imediatamente no lugar onde estavam olhando totalmente espantadas com oque a menor falou.
— Ai gente não precisa gritar ,tio Smile me esplicou tudo.
Zero se ajoelhou na frente da pequena e colocou as mãos em seus ombros.
— O que foi-que o Smile-te falou?
—Ah que eles estavam jogando videogame e geralmente quando garotos jogam eles fazem aqueles barulhos como aqueles quando perdiam ou morriam no jogo......
Todas soltaram o ar aliviadas por saber que Sally não sabia das "coisas"
— Mas bem que eles estavam perdendo muito. Porque eles faziam direto esses baru-
— CERTO, CERTO SALLY JA ENTENDEMOS.
Zero tapou a boca de Sally antes que ela falasse mais besteira ..

Logo então, voltaram o seu trajeto ao spar


Notas Finais


Eai pessoas.. aqui quem escreve é a Marie, segunda dona da conta ( foi eu que criei mas blz).. Bom, editei esse cap, que foi feito pelas meninas Ana e Kat (creio eu) e bom, não é o arthur escrevendo pq ele esta muito mal.. ele disse que seus olhos doem e suas mãos estão tremulas e machucadas, como o resto do corpo. Vocês devem se perguntar: “Mas por que?” eu respondo: TUDO CULPA DO MATTHEW.
Ele fez uma aposta com os amigos, em que ele teria de virar amigo do arthur e namora-lo durante 1 ano.. O namoro durou 3 anos, eles se amavam muito. (arthur tinha 10 anos e matt 14) Claro que esse namoro foi escondido e a avó do arthur não sabia de nada. (ele tinha medo dela ficar depressiva com mais um neto gay, e ele não queria que ela fosse julgada).. Entao, ele escondeu muito bem, só que nesses 2 anos pra cá, os garotos descobriram que matt era gay, não ligaram, eram amigos desde o jardim.
Mas quando descobriram que Arthur era, eles se enojaram e começaram a o tratar mau. Eu não gostei, e fazia de tudo para protege-lo.. Matt também mas... as vezes parecia não ligar. Então, com o passar dos dias... Numa Sexta( dia 25/11) eles encurraralam arthur no corredor na escola, jogaram agua quente e fria ao mesmo tempo nele, causando choque termico, arthur escorregou e começaram a bater nele, dizendo: “Vira homem, viadinho” “adora um pau né?” “Morra!”.. deram tanto chute em seu estomago, o cortaram, feriram, e socaram seus olhos, quebraram seu aparelho auditivo (que ele usa na orelha destra).. e o que matt fez? Nada. A tia de arthur não deixou chamar a policia, daria muito problema, mas ela fez os subrinhos baterem nos garotos, muito bem feito!
E no fim, Ele e matt não se falam mais. Arthur esta doente, e entrou em depressao.
Faço de tudo para vê-lo melhor, mas não adianta.
É isso, eu que atualizarei aqui.. (editando) espero que compreendam. Obrigada.
Julguem o matt a vontade, ele tb é dono da conta.
Pq afinal, por que ele fez a aposta? Em troca de quê?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...