História Show me how to live. - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Audioslave
Personagens Chris Cornell, Personagens Originais
Visualizações 6
Palavras 1.495
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oooi,gente.
nao resisti e postei mais um.
espero que gostem.

Capítulo 5 - I'm still alive.


Fanfic / Fanfiction Show me how to live. - Capítulo 5 - I'm still alive.

Passaram -se algumas horas de festa e eu já estava meio bêbada. Eu e os meninos estávamos sentados entediados até que Chris teve uma idéia.

-Vamos brincar de eu "Eu nunca" ?

-O que é isso? -Kim franziu as sobrancelhas.

Eu bufei e comecei a explicar.

-É uma brincadeira. Nós falamos algo que nunca fizemos e se alguém já tiver feito,vira um shot de tequila.

-Ahhh. Vamos brincar!

E então começamos a brincadeira.

-Eu nunca traí. -Fui a primeira a começar e essa foi a primeira coisa que me veio a cabeça.

-Por enquanto. -Matt riu e então,ele,Chris,Ben e Kim viraram a tequila.

-Meu Deus,como são infiéis. -Falei indignada.

-Um dia sua hora vai chegar. -Ben falou como se fosse normal.

-Não irei fazer isso nunca. -Falei ríspida e todos eles gargalharam.

-Pra tudo tem uma primeira vez. -Kim falou.

Eu bufei e continuamos a brincadeira.

Viramos,um,dois,três copinhos e quando vi já estava no décimo. Tudo estava começando a girar e então eu estava mega animada... E bêbada

-Ai,meninooos. Eu amo vocêssss. -Falei agarrando Ben e Kim.

-Você tá bêbadaaaa. -Ben estava pior que eu,e então ele me deu um murro no braço,mas como eu estava muito tonta,acabei caindo.

-Porra,tá maluco? -Chris correu em minha direção e me ajudou a levantar. -Ela é muito magrinha,não está acostumada a levar esses murros. -Ele gritou com Ben.

-Quem disse que não? -Olhei rindo para Chris.

-Ah,vai me dizer que a senhorita vive brigando com outras mulheres? -Por mais incrível que pareça,ele era o mais sóbrio de todos nós.

-Não,quem faz isso é o Rob. -Comecei a gargalhar mas Chris ficou sério.

-O Rob faz essas coisas com você?

-Sim. Isso e muito mais. -E essa era só as primeiras coisas que eu falaria sem pensar naquela noite.

-É? Me conta mais.

-Não. -Começou a tocar "Thunderstruck" e eu senti uma imensa vontade de dançar. -Ah,Chris. Agora eu vou dançar.

Antes que Chris pudesse dizer algo,corri para o meio da pista de dança e comecei a dançar. Eu não estava nem ligando se as pessoas estavam olhando ou não. Eu só queria me divertir.

Percebi que Chris se aproximava.

-Vem,Chris. Dança comigo. -Pedi e então,eu e Chris começamos a dançar como dois loucos. Nós demos as mãos e começamos a girar no meio da pista de dança. Giramos e então,ficamos muito tontos. Eu senti que ia beijar o chão, mas Chris me segurou e eu o abracei.

-Eu nunca imaginei que uma psicóloga iria gostar de fazer coisas assim. -Ele falou.

-Pra tudo tem uma primeira vez. -Repeti a frase que Kim tinha dito mais cedo. Nos continuamos no abraço. -Chris, seu abraço é gostoso. -Falei.

-É? -Ele me encarou e sorriu.

-Sim. -Continuei a encarar aqueles lindos olhos e senti uma vontade  imensa de beijar Chris. Eu estava sentindo que não conseguiria me controlar e então voltei a dançar.

Depois de dançar com Chris,nós começamos a aprontar com os meninos. Chris,eu e Ben pagamos um cara gay para dar em cima de Matt. Depois,pedimos para uma idosa que estava na festa chegar beijando Kim. Eu e Matt pedimos ao Dj da festa para tocar " I want to break free" e a dedicar a Chris,com a seguinte frase "Seja livre,Chris. Assuma seu amor pelo cavalo". No caso,o cavalo era o Rob. Chris,claro,não deixou barato. Ele deu um banho de cerveja em mim e em Matt.

Em um certo momento da festa,começou a tocar "Domino Dancing" e Ben,Matt e Kim aproveitaram para se vingar de mim. Eu estava dançando e de repente o Dj começou a falar.

-Chris Cornell,sua psicóloga está no meio da pista de dança pagando boquete para um cara. -Assim que ouvi o Dj falando,fiquei olhando para os lados vendo se tinha alguém pagando boquete. Eu estava tão bêbada que nem lembrava que eu era a psicóloga de Chris.

De repente ele chegou gritando.

-VOCÊ É DOIDA!!!

Chris Pov.

Assim que eu ouvi o Dj da festa falar,fiquei em dúvida. Será que a Hazel estava mesmo fazendo aquilo? Decidi ir para a pista de dança. Estava irritado só de imaginar ela com o pau de um desconhecido na boca.

Quando cheguei na pista,ela estava dançando que nem uma maluca.

-VOCÊ É DOIDA!!!

Ela parou de dançar e me encarou confusa. Ela olhou para trás e voltou a olhar para mim.

-Tá falando... Comigo? -ela franziu a sobrancelha.

Bufei e a puxei para um lugar mais afastado da festa.

Levei ela para a escada de incêndio.

-Cara,você tá noiva e tava fazendo boquete em um desconhecido? Perdeu a noção? -Assim que terminei,Hazel olhou para minha cara e riu muito.

-Chris,eu não tava fazendo isso em ninguém.

-Não?! -Perguntei confuso.

-Não. -Ela me olhou séria.

Suspirei e comecei a ligar os fatos. Aquilo devia ser armação dos viados do Ben,Matt e Kim.

-Chris?!

-O que?

-Você estava com ciúmes de mim? -Quando Hazel me perguntou isso,foi aí que me liguei. Eu estava sentindo ciúmes dela e nem sabia o porquê.

-Claro que não... Eu só... Quis proteger o cavalo do Ben. -Menti.

-Tem certeza? -Ela sorriu maliciosa e passou os braços por meu pescoço.

-Tenho. -Suspirei nervoso. Nós estávamos muito próximos e aquilo estava me atiçando. -Acho melhor sairmos daqui. -Tirei os braços dela de meu pescoço e voltamos para a festa.

Chris Pov Off.

Depois de beber muuuito,decidi que estava na hora de parar. Fiquei sentada na mesa observando os meninos. Chris estava bebendo mais e estava mais bêbado do que antes. Ele e os meninos estavam misturando várias bebidas. Achei que já estava demais e fui falar com eles.

-Gente,já chega. Vamos embora. -Tomei o copo da mão de Kim.

-Mas já? -Ben fez biquinho.

-SIM.

-Eu não quero ir embora. - Chris me abraçou jogando todo seu peso em cima de mim.

-VAMOS AGORA! -Gritei e os meninos obedeceram. Chris saiu com duas garrafas de tequila na mão.

Assim que saímos,vi duas bicicleta parada na rua.

-Será que tem dona? -Perguntei e Matt deu de ombros. -Agora tem! -Subi na bicicleta e sai andando pela rua.

-Hazel,você tá louca? -Ouvi Matt gritando mas não dei ouvidos.

Comecei a aumentar a velocidade das pedaladas. Quando olhei para trás vi que Chris estava vindo em minha direção,na outra bicicleta. Ele estava muito rápido e de repente,eu senti uma pancada na traseira da bicicleta e voei para o chão,com Chris caindo também. Eu comecei a gargalhar,mesmo que tivesse sentindo meu cotovelo arder,provavelmente eu tinha ralado.

-PUTA QUE PARIU!! -Ben gritou correndo em nossa direção.

-Você tá bem? -Chris perguntou.

-Eu tô óóótima. -Eu realmente estava feliz. -Obrigada,Chris. Hoje está sendo um dos melhores dias da minha vida.

____________________________________________________

Kim e Ben estavam praticamente carregando Chris no colo. Depois do lance com a bicicleta,ele tinha bebido mais,e estava tribêbado. Eu estava tentando limpar o vômito do corpo dele,já que ele tinha tirado a blusa e o vômito estava caindo em sua barriga.

-Olhem,tá quase amanhecendo. -Matt falou.

-Fudeu. -Coloquei as duas mãos na cabeça. -Eu realmente estava fodida,Rob iria acabar comigo.

-Precisamos cuidar dele. -Ben falou se referindo a Chris.

-Vamos levar ele pra casa. -Kim falou.

-Eu tenho que ir para casa. -Suspirei. Nesse momento,Kim largou Chris,deixando ele e Ben cair no chão.

-Hazel,pelo amor de Deus. Nos ajude. Nós não sabemos cuidar de bêbado. -Ele falou com os olhos arregalados. -Da última vez que bebemos assim,quase deixamos Chris se afogar no próprio vômito.

Aquele argumento tinha sido válido.

-Tááá.

Pegamos um táxi e fomos para a casa de Chris. Durante a viagem,Chris vomitou em mim e no táxi inteiro. O motorista quis nos matar.

Assim que chegamos,Ben e Kim se jogaram no chão da sala e apagaram. Já eu e Matt fomos dar banho em Chris. Foi uma tarefa difícil já que ele não se aguentava em pé.

Depois do banho,levamos ele pro quarto e Matt deitou no chão.

Chris estava deitado com o cabelo todo no rosto. Me aproximei dele e tirei o cabelo de lá. Comecei a olhar pro seu rosto. Olhei para seus lindos olhos claros,depois para sua boca.

Enquanto eu olhava para ele,senti um cheiro de vômito e aí lembrei que minha blusa estava suja com vômito dele.

-Chris,me empresta uma blusa?

-Tem no meu armário.

Abri o armário dele e peguei uma blusa qualquer. Fui para o banheiro e vesti. Logo o cheiro de Chris tomou conta do meu corpo.
Voltei para o quarto,para perto dele.

-Obrigado. -Ele sussurrou. -Obrigado por cuidar de mim. -Ele me olhou de um jeito diferente. Carinhoso,eu diria. E aí, as borboletas no meu estômago apareceram.

-De nada. -Sorri e acariciei seu rosto.

-Deita aqui. -Ele me puxou.

-Nããão. -Ri toda bobinha.

-Vem. -Ele riu também.

-Chris,não posso. -Falei como uma criança de 5 anos. -Não posso deitar com você. -Fiz biquinho.

-Pode sim. -Ele me puxou com força e eu acabei deitando em cima dele. Ele me abraçou forte e meu coração quase saiu pela boca. Com certeza Chris devia estar sentindo ele bater forte.
Ele começou a fazer cafuné em mim e eu comecei a relaxar. 
Eu sabia que quando chegasse em casa,iria ter que aturar o Rob,mas eu estaria feliz,porque aquele momento com o Chris estava valendo a pena.
Levantei a cabeça e olhei para Chris.

-O Rob não faz isso comigo. -Eu ainda estava bêbada e mais uma vez,tinha falado de mais.

-Não?!

-Não. -Eu ri.

-Se separa dele. -Ele sussurrou.

-Não posso. -Sussurrei de volta.

-Por quê?

-Ele vai me machucar.

-Eu te protejo. -Eu não se Chris falou aquilo porque estava bêbado, só sei que eu sorri e deitei novamente.
Eu e Chris pegamos no sono.


Notas Finais


quem shippa esses dois???


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...