História Show Me What I'm Looking For《BTS》 - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Suga, Taehyung
Exibições 182
Palavras 640
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Recadinho: Me perdoem se houver erros de português ❤

Capítulo 39 - Garota do dia


Fanfic / Fanfiction Show Me What I'm Looking For《BTS》 - Capítulo 39 - Garota do dia

Natalie

Acho que o Taehyung não tem idéia da sua capacidade de fazer as pessoas sorrirem.
A cada segundo ele me fazia rir como uma criança e eu amava.
Fomos a um restaurante não muito chique, pedido meu, e ficamos conversando sobre nossos sonhos e expectativas. A companhia dele estava realmente salvando os dias péssimos que venho tendo.
Bom, eu achava que nada podia estragar. Mas so achava mesmo.

-Taehyung?  -uma voz feminina vem de trás de mim-

Tae fez uma expressão de raiva mas se conteve. Me virei e vi uma garota coreana, cabelo curto e loiro, olhos azuis que provavelmente eram lentes. Ela era tão magra quanto as demais garotas que eu ja havia visto na Coreia.
Vestia uma saia bem curta rosa, uma blusinha que deixava a barriga a mostra na mesma cor enjoativa, um tipo de botinha preta e segurava seus óculos escuros.

-Finalmente nos encontramos. -a garota sorria-

-Pois é. -Taehyung respondia secamente-

-Não vai me apresentar a sua garota do dia?

Garota do dia?

Taehyung serra o punho e engole saco.

-Natalie, meu amor. -ele diz com clareza- essa é Sook, uma velha amiga.

-Muito prazer. -sorri simpática-

-Agora sou so amiga né. -ela sussurra- o prazer é todo meu. -ela sorri falsamente-

-Agora ja por ir Sook. -Tae parecia sem paciência-

-Calma TaeTae, eu so estou com saudades de você. Agora você so liga para sua americana. Até quando vai brincar com ela e pular pra próxima?  Que tal uma brasileira agora? -ela afronta Tae-

Como assim "brincar até achar a próxima"?

Olho para Taehyung com uma imensa vontade de dar na cara dele.

-Sai daqui agora! -ele começa a se exaltar-

-Ah Taehyung, por favor. -ela revira os olhos- Você ja arrumou brinquedinhos bem melhores que ela. Não leva a mal querida, mas americanas não são bonitas?

-Sook, agora...

-Escuta aqui. -corto Taehyung- primeiramente eu sou BRITÂNICA. segundo, você está so o pó, e quer falar sobre padrões de beleza comigo? -me levanto e ela da um passo para trás- e pra terminar,  Acho melhor você ir embora antes que eu arranque isso que você chama de cabelo na unha! -encaro ela-

-Taehyung não é o Príncipe que você pensa. Vai se arrepender. -ela bufa e sai andando-

Me sento novamente sob os olhares de todos que estavam no restaurante.

-Natalie, me perdoe...

-Então, quer dizer que eu sou seu brinquedinho? -levanto o olhar para tae-

-Não meu amor! Nunca! Essa...essa garota ela só... -ele começa a gaguejar-

-Melhor eu voltar para o apartamento. -me levanto-

-Natalie, espera.

-Taehyung, não estou brava com você. Mas você não está sabendo me responder. Me ligue quando souber como me explicar essa história.

Dei as costas e segui para fora do restaurante com uma imensa vontade de chorar. Mas porquê?
Pelo Taehyung?  Pela garota?  Pelo constrangimento?  Eu ja nem sabia.

Ao chegar no apartamento tomei um banho longo. Me joguei no sofá e me enrolei em uma coberta.
Foi quando ouvi alguém batendo na porta.
Me levantei e abri a mesma.

-Suga?

-Posso entrar? -ele dizia com um pote de sorvete nas mãos enquanto estava escorado na porta-

-Você...an? -digo confusa-

-Digamos que Taehyung chegou em casa e foi contar para Jin o que aconteceu e eu escutei.

-Está aqui pra dar uma de amiga conselheira? -ironizo-

-Estou tentando ser simpático e consertar meus erros. -ele revira os olhos- Eu ainda não sou seu fã número um então não me faça perder a paciência.

Olhei para ele e sorri. Era exatamente o jeitinho que conheci em Miami. 
Sua cara de "não me toque", seu jeito devagar de falar e sua aparência de quem acabou de acordar.
Tudo isso me fazia sorrir.

-Vai me deixar entrar ou vai ficar ai babando? -ele me tira de meus devaneios-

-Entra logo idiota. -ri e dei passagem para ele-


Notas Finais


PRIMEIRO CAP. DA NOSSA MARATONAA ❤
O próximo ja está vindo :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...