História Show me what to do - long Imagine jimin (BTS) - Capítulo 21


Escrita por: ~ e ~etanamjoonie

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtanboys, Bts, Hentai, Hot, Imagine, Jimin, Long Imagine
Exibições 395
Palavras 1.093
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 21 - I love u


Fanfic / Fanfiction Show me what to do - long Imagine jimin (BTS) - Capítulo 21 - I love u

"Conforme nego os dias bagunçados dizendo que tudo irá passar

Eu desligo as luzes do meu quarto

Conforme a noite impiedosa acaba

Eu cubro-me com cobertores

Tenho medo de que esqueceremos

Todas as noites as nossas memórias

Mas meus sentimentos já se

Tornaram arrependimentos

Será difícil te captura novamente?" - Monsta x, blue moon.

Jimin p.o.v.


Porquê nunca nada dá certo comigo? - me perguntei enquanto andava pelas vielas escuras e frias de Seul.


Eu praticamente arruinei tudo, eu poderia ter conversado e ter dito toda a verdade sobre meus sentimentos ultimamente.


Após ter saído de lá, com lágrimas gélidas escorrendo pelo meu rosto fui para um bar que sempre afogava minhas mágoas.


Bebi todas,podia sentir pessoas cochichando o tempo todo, mas que se foda eu já fiz muita merda ultimamente, se fizesse mais uma hoje não mudaria nada.


Sai do bar desnorteado, sem rumo, liguei para o Tae várias vezes mas o mesmo nem se quer atendeu. Só me resta pegar um táxi e voltar para casa, fazer como manda minha rotina, chegar, ir até ao meu quarto e chorar ao lembrar dos momentos com ela.


Peguei um táxi que havia ali perto e em alguns minutos cheguei em casa,fui direto para meu quarto que dividia com o Tae e o mesmo já estava dormindo.


Chamei o mesmo que roncava profundamente, ele ainda desacordado  me fitou com os olhos semicerrados. 


- Oi Jimin, chegou foi cedo hoje. - exclamou com a voz rouca.


- É, eu estava preocupado. - sentei sobre o espaço que sobrava na cama.- Como  ela estava? - perguntei preocupado. 


- Jiminie ela chorou e não foi pouco, cada vez eu só tenho mais certeza que ela te ama. - sentou me encarando.- Sabe,eu acho que vocês deveriam tentar ficarem juntos, eu sei que não é permitido mas eu farei de tudo para tirar vocês dois desse sofrimento.


- Tae isso não está mais ao nosso alcance,  ficarmos juntos não entra no nosso "vocabulário". - expliquei.- Eu queria que tudo isso fosse um pesadelo e eu acordasse ao lado dela,mas não é tão simples. 


- Jimin não desista tão fácil, você sabe que estamos com você. -suspirou - Eu e os meninos  vamos dar um jeito nisso, só se acalme, se continuar agindo assim não poderemos ajudar e você sabe muito bem o que o maneger está planejando se caso você não mudar. 


Eu apenas assenti, Taehyung tinha razão eu não deveria agir de tal maneira. Após ouvir aquele sermão, levantei fui para o banheiro tomar um banho quente e dormir. 


Jimin p.o.v off


S/n p.o.v


Estava deitada no sofá assistindo uma série qualquer para pegar no sono mas não estava sendo fácil, peguei meu celular e vi que havia uma mensagem e era do Jimin.Rapidamente desbloqueei o celular e abri a mensagem. 


" Só saiba, o que aconteceu hoje não deveria ter acontecido, me desculpe, espero que saiba que eu ainda te amo."


Após ver aquela mensagem,já não sabia o que pensar,estava confusa e ao mesmo tempo feliz,a quem meu corpo,alma e coração pertenciam,eu sabia muito bem que eram a ele, não havia outro alguém, apenas ele.


"Eu te conheço e desconsiderei o que houve,e sim Jimin, eu também ainda te amo". - respondi.


Ele apenas visualizou e não respondeu e eu fiquei com meu coraçãozinho apertado pois queria muito ele aqui, ao meu lado, queria sentir seu cheiro cítrico e seus lábios, mas simplesmente não podíamos, estávamos em um pesadelo que talvez nunca pudéssemos acordar.


"Eu ainda estou esperando por você

Quando eu estou presa sozinha no meu quarto

Eu me lembro" - Ailee, home.


Após ficar relembrando nossos momentos  juntos, eu literalmente apaguei, quando me dei conta a luz do sol já estava invadindo minha sala pelas janelas grandes que haviam ali.


Levantei e como ainda estava sonolenta peguei meu celular e olhei a hora, ainda eram sete da manhã,ou seja não dormi quase nada, poderia ter dormido até tarde pois não trabalharia,mas resolvi levantar e tomar um banho quente para despertar. 


Fiz minhas higienes matinais e em seguida desci para ir até uma cafetaria que havia perto de onde moro,chegando lá pedi um chocolate quente e croissant, pedi tudo para viajem e voltei pra casa.


Peguei o elevador e assim que cheguei em frente ao meu apartamento, Tae estava sentado no chão a minha espera. O mesmo quando me viu, levantou rapidamente e me envolveu em seus braços. 


- Bom dia, espero que não tenha planos para hoje. - disse o garoto do sorriso retangular. 


- Bom dia Tae. - sorri sem mostrar os dentes.- Na verdade  meus planos eram ficar em casa, mas se os seu for melhor que o meu, posso mudar  de idéia. - exclamei enquanto abria a porta.


- Bom... é uma surpresa. - explicou  entrando juntamente comigo. 


- Aish Tae, pode dar uma pista? - implorei fazendo bico - por favorzinho.


- Não, tome café e depois vamos, eu tenho certeza que você vai gostar. 


Eu apenas assenti, mesmo que implorando  de joelhos ele nunca iria falar, então tomei  meu café rapidamente e depois vesti uma roupas mais apresentável e saímos.


No caminho fiz várias perguntas mas o Tae não respondia uma sequer, na verdade  ele só não respondia nada direcionado a surpresa, eu já estava morrendo de curiosidade.


Até que chegamos em frente a um hotel, quando vi que séria um hotel, olhei estranhamente  para Taehyung  que ria sem parar.


- Não pense que eu trouxe você aqui para o que está pensando, longe disso. - riu novamente. - Para evitar que nos vejam juntos, você vai na frente e pega a entrada que está na reserva em meu nome.


Pelo visto Taehyung já havia bolado tudo, eu comecei a desconfiar do que o mesmo estava pretendendo, mas apenas fiz tudo que o mesmo mandou, peguei o cartão da porta e e em seguida fui para o elevador.


Procurei pelo quarto número 39 e lá estava ele no fundo do corredor, peguei o cartão que destrancava a porta e entrei, sentei na enorme cama que havia naquela grande suíte.


Enquanto pensava sobre o que Taehyung pretendia, ouvi a porta ser aberta não me assustei nem um pouco pois sabia que séria o Tae. 


- Você demorou. - exclamei sem o mesmo nem ao menos ter entrado.


- Como sabia que eu viria, Aish,disse ao Taehyung que era para ser segredo. - uma voz que eu sentia saudades de ter por perto a muito tempo suspirou, em seguida entrando.


- Jimin? - fitei surpresa - Eu achei que fosse Tae. - falei sorrindo, aos poucos lágrimas foram descendo.


Jimin não disse nada, apenas me abraçou e depositou um beijo em minha testa, em seguida fitou meus olhos e passou seu polegar limpando minhas lágrimas que insistiam em cair.

S/n p.o.v off

Continua...


Notas Finais


Hellow bolinhos, trouxe mais um capítulo para vocês, obrigado por acompanhar a fic, Kissus.

Fiquem atentas, irei postar especial do Tae ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...