História Signos e paixões - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 31
Palavras 407
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Motivo da semelhança entre Gêmeos e Câncer

Capítulo 8 - Conselhos de irmão


Fanfic / Fanfiction Signos e paixões - Capítulo 8 - Conselhos de irmão

No final da noite, Câncer foi até o quarto de seu irmão, Gêmeos.

Chegando lá, bateu na porta, um instante depois foi atendido.

- Câncer! - o outro exclamou, não esperava o irmão ali - Aconteceu algo? Os gatinhos estão bem?- perguntou dando espaço para o mais novo entrar.

- Tá tudo bem... Eu acho. - respondeu indo até a cama do outro e se sentando.

- Como assim? - Gêmeos se sentou ao lado dele.

- Ultimamente estou me sentindo estranho... - Gêmeos acenou para que continuasse - Em relação a Capricórnio. - disse olhando para o chão.

- Ah! - Gêmeos riu - Conte-me mais...

- Eu ando me sentindo tão diferente perto dele, as vezes bate um nervosismo, uma necessidade da atenção dele.

- Resumindo, você está apaixonadinho por ele. - gargalhou.

- Idiota - tacou o travesseiro no irmão - Não ri. Não tem graça, ok?

- Eu achei engraçado. Mas enfim - se recompôs - Todo mundo já sabe disso, cara. Porém... Qual o motivo de me informar a essa hora da noite sobre isso?

- É que... Eu meio que quero um conselho seu. - respondeu com uma expressão de "gato de botas".

- QUÊ? - exclamou - eu não sei nem resolver minha vida, não sei dar conselho. Mas você já pensou em se declarar? - perguntou rindo de leve.

- Bom... Já mas eu temo que ele não me aceite.

- Ah, maninho... Acho que ele vai aceitar sem piscar os olhos, todo mundo já reparou que ele tá a fim de você. - disse colocando a mão no ombro do outro.

- Você acha isso de verdade?

- Tenho certeza.

- Bom... Então talvez eu deva fazer um jantar romântico, com velas, música de fundo, vinho e... - foi interrompido por Gêmeos.

- Ei, vai com calma. Você sabe como ele é, sem pressa, deixa esse jantar romântico mais pra frente. Por agora eu te aconselho a ir se achegando, fazendo morada no peito dele e aí você se declara. Se tiver certeza que é isso que quer mesmo. - aconselhou de uma forma bem sensata até.

- Hmm... Obrigado. Eu vou pensar no que fazer, de uma forma simples. - sorriu determinado.

- Que bom que pude te ajudar. - disse sorrindo.

- Acho que vou para o meu quarto. - abraçou o irmão - Boa noite e mais uma vez obrigado.

- Não há de quê. - levou Câncer até a porta e se despediu. - É cada coisa que me aparece. - riu já sozinho no quarto.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...