História Signs - Capítulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Ally Brooke, Camila Cabello, Camren, Dinah Jane, Drama, Ficção, Lauren Jauregui, Normani Kordei, Norminah, Romance
Visualizações 289
Palavras 1.433
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 35 - Capítulo 35


Camila POV

É, acho que chegou a hora de eu me abrir pra alguém sobre minha família. Lauren me olhava curiosa e isso me deixava aflita, mas ao mesmo tempo eu queria muito contar pra ela.

- Sim. – Disse sentindo a culpa saindo de mim. – Eu me afastei deles a pedido do Shawn.

- Por que ele te pediria isso Camz? É uma coisa tão ilógica.

- Eu sei meu amor, agora eu sei. Mas na época eu estava passando por problemas com meus pais por causa dele, meu pai não era fã do Shawn, dizia que ele era muito “topetudo” pro gosto dele e bom, ele era. Mas eu estava louca por ele, o Mendes era tão gentil, cavalheiro e lindo. – Ela revirou os olhos e eu ri. - Eu fiquei encantada quando ele se interessou por mim já que eu nunca fui do tipo popular, não esperava isso. Mas com o passar do tempo e da guerra entre os dois, eu tive que escolher um lado, e burra e cega como eu era acabei optando por vir pra cá e deixar minha família pra trás. – Uma lagrima teimosa escorreu pelo meu rosto e ela limpou delicadamente meu rosto.

- O Shawn falou comigo sobre isso hoje Camz. – Olhei surpresa pra ela, como assim ele falou da minha família pra ela? - Ele queria saber se você estava com outro e tals. Mas ele citou seus pais e disse que eles tinham mentalidade pequena e que você era demais pra eles.

- Eu não acredito nisso Lauren, ele não tinha esse direito. Eu vou matar ele e...

- SHHH. – Ela colocou um dedo na minha boca, me calando. – Esquece ele, só te contei porque achei necessário. Mas continue a história sobre sua família, quero conhecer você meu amor.

Ela foi tão fofa e honesta comigo, eu nem sabia como pensar ou agir perto dela. Mas eu sabia que já a amava.

- Eu sinto tanta falta deles Lô. – Comecei a chorar e ela me abraçou.

- Ta tudo bem meu amor, põe pra fora. – Chorei por um tempo nos braços dela. – Nós vamos dar um jeito nisso okay?

- Eu tenho medo deles me rejeitarem lo, especialmente a sofi. – Abaixei a cabeça. – Ela não deve entender nada do que aconteceu, eu sumi do nada e a gente era tão apegada.

- Ela é sua irmã, uma conexão assim não acaba do nada.

- Mas se abala Lauren, e você sabe muito bem disso. – Disse num tom mais firme do que queria e ela me soltou e virou o rosto pro outro lado. Como eu sou estupida. – Me desculpa meu amor, eu não quis dizer isso, é que...

- Você está certa Camz, quem sou eu pra interferir na sua família sendo que eu não sei nem cuidar da minha?

- Lauren, me desculpa. Eu entendo sua preocupação comigo meu anjo, de verdade. – Me sente de frente com ela, ergui a sua cabeça e lhe dei um selinho. – Olha pra mim e presta atenção no que vou falar, okay?

- Okay.

- Nós vamos consertar toda essa bagunça juntas okay? Eu não sei se consigo voltar pra minha família sozinha, eu tenho tanto medo. – Sua mão apertou a minha e eu sorri. - E eu quero estar aqui por você, quero que você tenha pelo menos a chance de ver seus irmãos mais uma vez.

- E-eu não sei Camz, já faz tanto tempo, eu...

- Você nada, escuta bem. – Ela me olhava com os olhinhos marejados, eu queria tanto encher ela de beijos, mas tínhamos que conversar. – Nós vamos resolver, ta bom? Eu sei que a gente não está junto pra valer e que nós mal nos beijamos, mas o que eu sinto vai além desse tempinho. Eu olho pra você e me sinto em casa sabe? Eu não sei o que dizer pra você a não ser que eu quero ser a pessoa que você pensa quando acorda, que te faz feliz todos os dias e que tem a chance de dormir ao seu lado no fim do dia. Por que você me bagunça desse jeito Lauren?

Ela tinha um sorriso banhado em lagrimas no rosto. Eu não sei porque desembestei a falar isso, mas eu já não consigo guardar o que eu sinto, eu olho pra ela e vejo minha futura esposa. Estranho isso não? Fazem apenas duas semanas que ela tem agido como ser humano e ainda me falou tudo aquilo antes, mas eu nunca consegui ficar brava com ela.

--- Flashback 2 Semanas Antes ---

Lauren tem agido estranho, não briga mais comigo, não me olha torto, tem trazido café pra todo mundo e sempre me dá algo a mais do que para os outros. Eu não sei o que está acontecendo com ela, mas essa é a Lauren que eu sempre enxerguei no fundo daqueles olhos verdes. Sorri ao pensar que ela talvez fosse a mesma mulher passou 6 horas comigo no carro, mas acho isso extremamente impossível. Nós iriamos gravar mais uma cena de pegação, as nossas personagens agora estavam deliberadamente em um caso. A cena era basicamente puro “sexo”. Tv e seus truques.

*** Gravações ON ***

Emma está em sua casa quando ouve batidas em sua porta. Ela não sabe quem é, ela reza para que não seja nenhuma cobrança, mas quando abre a porta um sorriso um tanto quanto sacana e desesperado cruza sua vista. Clarice está ali, na verdade ela não sabe nem o que lhe motivou a estar a porta da latina, mas ela precisava vê-la. Ela entra como um furacão, sem ao menos dar um oi para a cantora que estava estática a porta. Assim que Emma fecha a porta e se vira, é tomada por uma Clar desesperada por seus toques.

Os beijos eram intensos, mais do que deveriam ser. Até então elas mantinham o caso apenas em beijos trocados em banheiros e camarins, mas o corpo de ambos buscava por algo mais e talvez isso tenha guiado a empresária até a porta da latina e o mesmo desejo tenha feito a aspirante a estrela se envolver com a única pessoa com quem não deveria. Os beijos vão ficando cada vez mais profundos e elas sabiam que hoje era o dia em que seus corpos finalmente se conheceriam. Elas se separam por alguns segundos e trocam um olhar como se buscassem aprovação e reciprocidade para o que estava para acontecer.

Emma coloca suas mãos na barra na blusa da empresaria e a tira lentamente, aproveitando cada segundo daquela entrega da empresária. E assim elas seguiram até estarem apenas de lingerie. A cantora as guiou para a cama e lá todos os desejos foram sanados. O contato da pele branca da empresária com a pele morena da latina fazia com que qualquer outro tipo de contato simplesmente não significasse mais nada. Mais um olhar cumplice e cheio de desejo foi trocado e o amor das duas, até então um segredo guardado a sete chaves, fosse selado. Elas sabiam que agora seus caminhos estariam sempre traçados juntos.

*** Fim das Gravações ***

Lauren me olhou diferente durante toda a gravação, eu não entendia bem o que ela queria me dizer, mas todas as vezes em que nossos corpos se chocavam, era como se entrassem em ebulição. Eu não sabia distinguir quando era eu ou Emma mais, eu só sabia que nós duas tínhamos uma baita queda por um par de olhos verdes por mais arrogantes que eles fossem.

---- Fim do Flashback ---

- Eu jamais saberia te responder isso Camz, eu sinceramente não consigo entender o que te vez me aceitar mais uma vez na sua vida. Eu me lembro da nossa viagem, de como nos completamos em qualquer assunto que aparecesse no carro. Quando eu vi que eu estava vendo um lado seu que eu não conhecia, eu me assustei. Eu sempre vou pedir desculpas pelo que disse, e vou provar diariamente pra você que eu mudei. – Beijei ela, eu não aguentava mais ficar apenas a olhando. Ficamos naquele contato por um bom tempo até que o ar se fez necessário e nos soltamos. – Agora sobre meus irmãos, eu não sei Camz. Mas se você tiver do meu lado, sei que posso tentar.

- Então temos um acordo mocinha? – Ri e estendi o dedinho pra ela, que apenas me olhava rindo. – Um acordo de dedinho?

- Sim madame, um acordo de dedinho. – Entrelaçamos os dedinhos e ela me puxou para um beijo. Esse era muito mais intenso que os outros. Agora que a noite estava começando para nós duas.


Notas Finais


o hot não ta inteiro porque né, series sempre nos deixam na mão.
anyway, see you later guys.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...