História Signs - Capítulo 37


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Ally Brooke, Camila Cabello, Camren, Dinah Jane, Drama, Ficção, Lauren Jauregui, Normani Kordei, Norminah, Romance
Visualizações 143
Palavras 1.107
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Um capitulo pequeninho, mas ta valendo.
O LINK DA MUSICA QUE A LO CANTA VAI ESTAR NAS NOTAS FINAIS.

Capítulo 37 - Capítulo 37


Lauren POV

Fiquei dedilhando uns acordes no violão para ver o tempo passar. Fazia muito tempo que eu não me aproximava de um instrumento musical. Desde que meu pai se foi a alegria da música havia se esvaído de mim, mas agora que tenho a latina parece que a vida está colorida de novo. Só de pensar nela já havia um sorriso bobo no meu rosto. Comecei a tocar “Wildfire” do Seafret pensando nela, eu não poderia dimensionar tudo o que sentia por ela. Eu queria deixar essa bobeira de ser a escondidas de lado, mas sabia que Shawn não era um ex tranquilo e poderia tentar algo.

Estava tocando virada para a varanda quando senti mãos em meu ombro. Logo ganhei um beijo no rosto e o cheiro doce da menina invadiu meu pulmão. Eu fiquei quase inconsciente ao vê-la sentar do meu lado com um sorriso aberto, quase rasgando seu rosto. Acabei a música e ela bateu palmas para mim, eu fiquei corada com aquilo, afinal fazia muito tempo que eu não cantava para uma plateia.

- Você canta muito bem Lo, por que não me contou desse talento antes?

- Fazia muito tempo que eu não me sentia bem pra tocar. – Suspirei e ela passou a mão carinhosamente no meu rosto. – Agora me sinto inspirada de novo.

- Nossa! E o que fez você se inspirar novamente madame Jauregui? – Ela tinha um sorriso faceiro no rosto e ver aquilo só tornava meu dia mais completo.

- Você, Srta. Cabello. – Ela corou e eu achei aquilo extremamente fofo. – Você trouxe paz pra mim de novo e eu me senti à vontade para dedilhar algo.

Ela se arcou para frente e me deu um selinho um tanto quanto demorado. Por mim a gente ficaria ali se beijando o dia todo, mas eu tinha coisas para resolver com o babaca do Shawn.

- Então estava tocando essa música hiper-romântica pra mim, é? – Assenti com a cabeça e devo ter corado um pouco. – Se isso é uma tática de sedução, acertou em cheio. – Rimos e ela me deu outro selinho, esse mais rápido. – Mas agora tenho que ir, DJ está enlouquecida atrás de mim. Vai fazer algo a tarde?

- Infelizmente sim. – Seu rosto se traduziu em confusão. – Tenho uma reunião com o Shawn as duas.

- Aquele moleque não vai nos dar paz Lo. – Seu rosto agora era triste.

- Vamos dar um jeito, okay? Só me promete que vai estar do meu lado que eu sei que vai ficar tudo bem.

Ganhei um beijo decente dessa vez e quando acabou eu estava completamente sem ar. Levei ela até a porta e logo ela partiu para acalmar Dinah. Olhei no relógio e já eram 12h30 e decidi me arrumar para a tal reunião.

Camila POV

Eu tive a melhor noite da minha vida e eu nem sei como lidar com isso. O sorriso que estampa meu rosto provavelmente não vai sumir tão cedo. Lauren se tornou a pessoa mais carinhosa do mundo comigo e eu sentia falta de afeto que antes era muito bem-vindo dos meu pais, que por sinal a morena queria me ajudar. Mas eu também a ajudaria, afinal é pra isso que servem as amigas. Okay que nós extrapolamos alguns limites de amizade, mas acima de tudo eu vejo nela uma amiga que me deixa a vontade para que eu possa ser quem eu sou. Eu amo isso nela.

Acordei com milhares de ligações de DJ no meu celular, ela sabe ser insistente quando quer. Eu sabia que ela provavelmente estava apenas preocupada comigo, mas ainda sim ela era super protetora demais. E agora eu estava preocupada com essa “reunião” entre o meu ex e a minha atual. Se isso lhe parece estranha, imagina pra mim que gravava cenas beijando ela na frente dele. Cheguei na “minha” casa e senti um cheiro de café. A Jane nunca falha. Bebi um gole rápido e fui indo pro meu quarto deixar minhas coisas lá. Assim que abri a porta, vi um Dinah desesperada vindo em minha direção.

- KARLA CAMILA, AONDE VOCE ESTAVA? – Vish, a coisa está feia mesmo.

- Eu tava com a Lo, calma DJ.

- CUSTAVA ME AVISAR? EU QUASE CHAMEI A POLICIA! SUA PIRANHA.

Ri alto, DJ é desesperada e eu não duvidaria que ela realmente chamasse a polícia.

- Eu to aqui e ta tudo bem DJ – eu a abracei e ela logo retribuiu. – o Shawn chamou a Lauren pra uma reunião urgente.

- Mas o que será que aquela mala canadense quer? Será que ele descobriu sobre vocês Mila?

- Acho que não. Mas se for, ele tem que aceitar, nós acabamos o relacionamento há um tempo e a vida segue.

- Qualquer coisa eu dou uma porrada nele.

- Não precisa meu amor, mas obrigado.

Ficamos ali conversando até que eu recebi uma ligação de um número desconhecido. Achei estranho e geralmente eu não atenderia, mas algo me disse pra atender.

--- Ligação ON ---

- Alô?

- Kaki, aconteceu uma coisa urgente. – A voz da minha irmã soou chorosa e eu gelei na mesma hora.

- O que aconteceu Sofi?

- Mamãe sofreu um acidente e está no hospital. – Ela começou a fungar e lagrimas corriam pelo meu rosto. – Vem ver ela Kaki, por favor.

- Sofi, me manda o endereço daí que eu to indo agora. Me espera aí ta certo?

- Tudo bem, eu vou mandar. Até mais

- Até meu amor

--- Ligação OFF ---

Eu estava fora do ar, senti meu corpo pesar e simplesmente desabei em choro. Dinah, que havia acabado de sair do quarto, voltou correndo e me pegou no colo, não me deixando cair desfalecida no chão. Eu apaguei nos braços dela.

Shawn POV

Há alguns dias um detetive estava atrás de Camila pra mim, eu tinha certeza que ela tinha outro e estava certo, mas o que fez meu queixo cair foi saber que era outra. Lauren estava com Camila e foi cínica o bastante para negar isso olhando nos meus olhos. Eu tinha que me reunir com ela para que a mesma assinasse o contrato da segunda temporada, mas eu faria isso impossível. A mídia acharia que mais uma vez ela se achava maior que a empresa e desistiu do projeto. Posso garantir que isso seria o fim da carreira problemática da atriz e um sorriso faceiro surgiu em meu rosto.

Agora com Camila, aah Camila. Você não perde por esperar. Irá implorar pra ser minha de novo, eu garanto. Mas até que isso não acontece, vou deixar umas surpresinhas pra você, começando por hoje e por sua família.


Notas Finais


Seafret - Wildfire
https://www.youtube.com/watch?v=RHhkd2B87Q8

Prox capitulo é o encontrinho do mala com a esfinge albina.
comentem aí o que voces esperam desse meeting deles.
até mais galero.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...