História Jauregui Cabello ( camren) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, Lendas Urbanas
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camren, Norminah
Visualizações 368
Palavras 541
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Ficção Científica, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Lady of the underworld


Lauren Jauregui :

-Senhora - Louis entrou com um envelope em mãos -, bom dia - se ajoelhou. 

-Diga - encarei ele. 

-Asmodeus deixou isso para senhora - me entregou o envelope com outra reverência. 

-Pode sair - falei ao pegar o envelope. 

Minha cara senhora, creio que tenha acompanhado as sequências de desastres acontecendo entre os humanos, das quais te consideram culpada, gostaria de me acompanhar à uma visita à Terra a fim de punir os culpados?  

           Respeitosamente, Asmodeus. 

Ri daquele convite, saudade meu velho amigo. 

-E aí satanás - Dinah apareceu na minha sala. 

-Respeito morreu né? - fuzilei ela com os olhos. 

-Olha - me encarou com os braços na cintura -, pode voltar esses olhos na cor estilo Jauregui, que comigo não funciona - riu - te conheço desde...  Sempre. 

-Ok Dinah - ri - chame a.. 

-Cheguei - Normani falou entrando voando na sala - e aí capeta - me encarou sorrindo ao pousar. 

-O respeito foi parar no cú né? - revirei os olhos

-Para de ser chata - Dinah reclamou analisando as asas da namorada. 

-O que diz aí?  - Normani disse encarando o envelope em minhas mãos. 

-Asmodeus me convinando para uma visita à Terra - falei simples. 

-Vamos né?  - Dinah e Normani falaram juntas me fazendo rir. 

-Qual finalidade?  

-QUAL É - Normani gritou decepcionada - curtir, beber, pegar mulher - se conterceu de dor após Dinah enfiar sua espada nela -, que merda - retirou a lâmina cheia de sangue me fazendo rir -,  ela vai pegar mulher - sorriu de lado pra namorada. 

-Vai se foder - lançou um olhar mortal pra Normani -, enfim,  me encarou, o Diabo precisa sair as vezes. 

-É verdade - Normani me encarou - como será que vão te chamar dessa vez?  - nos encarou pensativa - Hades? Jauregui?  Lúcifer?  Demônio?  Satanás?  Bicho ruim? Lauren? 

-Entendi - ri da sua afobação. 

-Vamos..?  - falaram manhosa. 

-Vamos - me levantei do trono expondo minhas enormes asas. 

-SATANÁS SE LEVANTOU - Dinah saiu correndo e gritando enquanto ria. 

-AVISE ASMODEUS QUE ACEITO O CONVITE - minha voz ecoou por todos os cantos do inferno. 

Enquanto descia as escadas da área do trono minhas proporções iam diminuindo até os padrões humanos, me transformando numa humana extremamente gostosa. 

-Vamos - saí andando com as garotas me seguindo já nas devidas proporções. 

Por onde passávamos ouvia-se ranger de dentes e gemidos sofregos, os demônios se curvavam, e os humanos sofriam recebendo seu castigo. 

O foda é que hoje todos me culpam pelos males do mundo, por exemplo, se um louco mata uma criança eles não aceitam que foi apenas a maldade humana, imaginam que foi intervenção minha, minha “benção", que eu insentivei. 

Mal sabem eles que eu apenas assisto eles se destruindo e caindo, onde receberam meus castigos, e olha, nesse quisito faço juz ao nome “devorador". 

Passamos pelo portal e saímos em uma das canções que tenho espalhadas pelo mundo, essa localizada em Miami.

Uma das minhas favoritas. 

Com uma simples ordem minha tudo ficou perfeito, tudo arrumado. 

-É tão bom ser amiga do Diabo - Dinah falou se jogando em um dos sofás. 

Ri do jeito dela. 

-Ja providencie roupas para nós, hoje, balada - falei rindo e subi


 





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...