História Silêncio - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alexandre Nero, Giovana Antonelli
Tags Alexnero, Gioanto
Exibições 113
Palavras 355
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Ficção, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Poker fechado


 

- Nero, para de beber!

 - Vai ficar me controlando agora?

- Não estou te controlando, estou apenas tentando ajudar um ator famoso de milhares de paparazzis por ai. - olhei dentro dos olhos dele

- É... Verdade .. Desculpe - ele empurro com a mão a bebida afastando ela de si

 

 Quando ele largou a bebida ele ficou me encarando por alguns minutos, mas fiquei quieta.

 

- Você tem saudade?

- Oi?

- É ... Saudade.. Saudade do passado, saudade de coisas boas.. - ele disse olhando  para alguns casais presentes no bar
 

-Tenho, tenho muita saudade. - abaixei a cabeça, não pude não pensar no Davi. 

- O que foi? - Alexandre disse com os olhos fixados nos meus. Cara, por que ele faz isso? Meu deus. Ele não sabe o que esse olhar faz com uma pessoa.

- Nada.. Eu só lembrei de uma pessoa - dei um sorriso amarelo

 - Eu também lembrei de alguém. - sorriu.  Percebi que essa pessoa aparecia a todo momento em seus pensamentos. Claro.. eu já sabia quem era.
 

- Por a caso o nome dessa pessoa começa com a letra g e termina com a letra a? - ele sorriu logo de cara

Giovanna.. - apenas abaixou a cabeça,  e eu pude perceber algumas lagrimas. Por um momento esqueci que ele ainda estava bêbado, mas sabe, eu vejo nos olhos dele que existe uma dor gigante.

- Você gosta mesmo dela, né?

- Muito...

- Engraçado, você

- O quê?

- Você fala isso pra mim. Eu sou uma estranha! Como você fala essas coisas assim. Diz que gosta mesmo da atriz que você já fez par com elas  em duas novelas. Só falta você dizer que vocês já tiveram um caso.

- E pior que já tivemos mesmo

- Alexandre! - eu só botei a mão no rosto e não pude conter meu nervosismo. Ele falava aquilo tudo com maior calmaria.  

 - Eu devia falar menos - riu 

- Eu também acho seu louco - dei um tapa de leve no ombro dele 

- Poker fechado?

- Poker super fechado! - tampei minha boca 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...