História Silêncio - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saint Seiya
Visualizações 54
Palavras 534
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Slash
Avisos: Homossexualidade, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Sendo franca, foi só uma ideia meio fantasiosa sobre os acontecimentos após as doze casas, no ponto de vista do Milo. Particularmente non é "extremamente triste" como a ideia original, nem sei :'3 É só um poison&ice bem simplista que escrevi e sequer tinha interesse em postá-lo.

Capítulo 1 - O "herói" que morreu


Silêncio


 Pois bem, digo que foi estupidez de sua parte, mesmo que​ venham aos montes afirmando seu ato heróico. Sejamos sinceros, você morreu, deu sua vida à alguém que julgou mais merecedor, heróico? Para mim: tolice, chegar a métodos tão extremos apenas para ceifar a própria vida.

 Além disso, eu sou egoísta demais para aceitar sua morte. Ignorei todos fingindo seguir em frente, e sozinho me permitia as lágrimas, culpando alguém que sequer sabia de seus ideais suicidas. Acima de tudo, eu me culpava, de mesmo depois que você dissera tudo para mim, com aquele estúpido ar de despedida e sumiu das minhas vistas, eu continuei ali, parado. Esperando algo que nunca viria, assistindo tudo como um bom espectador, sabendo o final que resultaria a vir ao meu assombro pessoal.

 E mesmo depois que restou apenas a angústia, a perda, eu só pude fingir ser forte o suficiente para seguir em frente. Uma força que não vinha de meus punhos, e sim de minhas próprias emoções, estás que estavam em frangalhos, implorando para um término de tudo. Perder-ti, foi como uma faísca ao álcool, e mesmo que tudo findasse em um incêndio, eu seguiria ali, como um fiel observador, uma sombra, um pobre coitado que perdera seu ponto seguro, o pilar de sua vida.

 E mesmo que tudo acabasse. Eu teria que continuar traçando este caminho, sem pausas ou meia volta, apenas seguindo em frente, independente dos obstáculos. Independente se fosse você como meu novo inimigo, independente do que eu desejasse, eu era um guerreiro de um único propósito, assim como um dia você foi, e depois de tudo, sua lealdade continuava igual, enquanto eu apenas seguia como um fraco, sonhando com o momento que você acabasse com minhas dores.

 Acredito que tudo era infindável para mim, mesmo que tomasse um novo rumo, era tudo igual. E assim que cai, machucado, derrotado, ninguém me salvaria, ninguém sequer daria minha falta. Mas você sim, você viria, me seguraria, me diria que tudo estava bem, que minha força me ajudaria, e que você jamais sairia do meu lado.

 Indago-me se você, mesmo depois da morte, me observava, seguia ao meu lado, como se sente ao ver essa figura tão precária que um dia foi seu amigo? Sentes repulsa? Vergonha? Ou simplesmente fecha a cara para isso tudo, fingi que nada acontece, não iria se importar com o estado que me encontro?

 Sinto sua falta. Quero poder abraçá-lo, ter certeza de que está vivo, de carne e osso, conformar-me no seu cheiro familiar. Um desejo impossível, já que acima de tudo, tínhamos missões, às vezes semelhantes, outras não. E tudo que eu poderia fazer, era fingir que não tinha emoções dentro de mim, que eu apenas vivia para guerras e lutas sangrentas, que eu não teria medo de nada, nem permitiria-me a sentimentos.

 E infelizmente, eu sinto cada pequenino sentimento. Sinto medo, eu choro, eu sinto saudades, e amo-te, mais que qualquer outra pessoa, e poderia desistir destas aparências idiotas apenas por ti. Mas você está morto, eu estou vivo. Não poderíamos viver juntos novamente, e mesmo que eu viesse a falecer, nada mudaria. Nada. Meu amor seria apenas um silêncio, assim como tudo que eu sentia.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, ou algo do tipo. Críticas e opiniões são sempre bem-vindas​, desde que não ofendam, sim? c:


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...