História Silêncio - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Oneshot, Rin, Song-fic, The Lost One's Weeping, Tokyo Teddy Bear, Vocaloid
Visualizações 8
Palavras 625
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Fantasia

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - One-shot


Fanfic / Fanfiction Silêncio - Capítulo 1 - One-shot

    Na escuridão, esquecida de todos, está ali a pequena tola. Sentada, encostada em uma grade com buracos em forma de losângolo. Pernas encostadas em seu peito e braços apertando uma pelúcia desgastada. Seus cabelos cacheados grudavam um pouco em suas bochechas avermelhadas, lágrimas os colando nelas. Seus olhos vermelhos, o polegar em sua boca sangrando de tanto ser mordido e as pernas tremendo incontrolávelmente. Sua roupa era inacreditável, fantasiosa e meiga.

Do outro lado da grade, uma garota de cabelos lisos e louros estava de pé. Braços cruzados, uma carranca em seu rosto. Seus olhos dourados não tinham nenhum brilho, assim como suas roupas de cores escuras.

-Ei, o que vamos fazer? - a loira perguntou olhando de rabo de olho para a outra.

-Nada. - entre sussurros e suspiros, a maior proferiu com seus lábios tremendo.

-Nós temos que fazer algo! - violentamente se virou, batendo na grade com os braços para segurar a mesma. Sua expressão de angústia e incerteza demonstrava o quão desesperada estava.

- Não há mais nada para ser feito. Acabou. - murmurou com o som da grade se esvaindo.

- Não pode ter acabado! Temos que fazer algo! - esbravejou com sua alta voz.

- O que? - a morena se levantou devagar, virando-se com calma para a outra. A menor rangeu os dentes, apertando a grade com força para então a soltar.

- Eu não sei... - enfim falou com a voz rachando.

-Você sabe. - disse mais alto a maior. - Mas, assim como eu, não quer o fazer. Sabe que isso não vai dar certo, não é? Não importa o quanto negue, você deseja fazê os outros felizes, mas perdeu suas esperanças assim como eu.

- ... Eu sei que não vai dar certo. - sussurrou deixando seus joelhos enfraquecerem para ajoelhar-se, e um pouco depois a morena fez o mesmo com mais cautela porém.

Observou a mais velha voltar para a mesma posição de antes, mas com o celular em mãos. Enquanto mordia seu polegar nervosamente, apertou o botão de gravar áudio. A dona dos olhos dourados a observou, ouvindo a melodia suave de sua voz.

- Mãe, pai,minhas desculpas a vocês. Meus joelhos estão trêmulos, chupando o meu polegar. Irmão, irmã,vejo vocês depois. Eu, uma imprudente, sobre esses sapatos gastos.

Assim que foi enviado o dispositivo foi direto ao chão.

-Vamos. - disse enquanto a grade se estilhaçava como vidro. A menor se levantou e segurou em sua mão, se deixando ser levada pela outra garota.

"Eu sei que tem ainda alguém que gosta de nós. Então por que às vezes, não, sempre, dizemos que estamos sozinhas, que estamos tristes?"

Pensou a loira.

"Você estava certa o tempo todo?"

Levantou a cabeça que antes estava abaixada.

"Não há ninguém para nós? Para onde estamos indo? Sequer há algum lugar para ir? Eu não quero ir embora, eu só quero desaparecer. Você esteve chorando esse tempo todo, mesmo tão madura não consegue superar que te abandonaram? Eu já superei, se bem que me abandonaram faz muito mais tempo do que te abandonaram."

-Você pensa demais. Por isso não se concentra em nada e vai mal em todas as suas provas.

-Do que adianta saber entender as expressões na lousa se não consigo star a corda em meu pescoço?

-Você sabe quem foi que desistiu. - a morena continuou a puxar para o desconhecido a garota.

- Por que estamos indo embora?

- Eu não quero ser abandonada, mesmo que ninguém se importe.

-Então vai abandonar outras pessoas?

-Não estamos cansadas de ser abandonadas? - parando abruptamente, a mais velha abaixou a cabeça.

-Ei, o que vamos fazer? - perguntou baixinho a morena.

-Não importa mais. - a loira sussurrou, e então tudo ficou em silêncio. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...