História Silent - Capítulo 44


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Chaz Somers, Justin Bieber, Pattie Mallette, Ryan Butler
Tags Akatsuki, Amor, Atração, Drama, Fama, Inovar, Justin Bieber, Pessoas Mudas, Problemas, Romance, Segredos, Sentimentos
Exibições 459
Palavras 428
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 44 - Não é um capítulo.


Não é um capítulo. Nem sei se devia/posso fazer isso. Mas senti a necessidade.

Sei que muitas de vocês esperavam um retorno. Aliás, eu botei a palavra "hiatus" no meu perfil. Mas eu venho aqui (sendo que é minha fic mais popular, suponho, e portanto mais pessoas irão ver) dizer que não irei voltar. O motivo é bastante simples.

Eu não escrevo mais.

É triste. Mas já faz um ano desde a última vez em que eu escrevi um capítulo. Em que a inspiração envolveu-me em seus braços e me tomou como sua. Palavras já não parecem organizadas para mim; elas são uma bagunça. Não fazem sentido nem separadas nem juntas.

Eu até tento - mas as palavras? Elas fogem de mim. Correm bem para longe. Os cenários mágicos que eu costumava descrever antes se foram. Eu acho que não tenho inspiração porque não tenho imaginação, e não tenho imaginação porque não tenho motivação.

Porque estou falando isto aqui, então?

Porque ainda noutro dia uma amiga mencionou este site aqui, e eu me lembrei de vocês. De todos os comentários, todos os favoritos, os capítulos que eu amava escrever. Eu pensava que as coisas só poderiam ficar melhores. Que a felicidade que vocês me deram iria preservar para todo o sempre. Que meus dedos iriam sempre clicar nesse teclado com ferocidade, amor e magia. Mas o mundo não funciona assim.

Quero então agradecer por tudo. Foi a época mais feliz da minha vida. A única vez - repito, a única! - em que minhas palavras foram lidas, escutadas, observadas. A única vez em minha vida que alguém tirou tempo da sua vida para me ouvir.

Mas como alguém pode me ouvir quando eu não falo nada?

Eu não consigo escrever mais.

Eu só quero agradecer - por todos esses comentários lindos, que vocês deixam aí mesmo quando sabem que eu não entro nesse lugar há muito tempo. Pelos favoritos não só dessa fic mas sim de todas as outras. Pelas amizades que fiz, e que perdi, por não saber manter uma conversa, lidar com uma situação social, me convencer a mim mesma que não importa, elas irão se esquecer de mim de qualquer forma.

Só queria agradecer.

Espero que minhas histórias, embora infantis e pouco elaboradas, vos tragam ondas de felicidade e inspiração, pois é só isso que eu quero transmitir com o que eu escrevo. Ou com o que eu escrevia, de qualquer forma.

Sinto muito por desapontar todo mundo.

(Também estou desapontada).

Toda a felicidade que me deram... Eu não vou esquecer.

Até um dia :-)

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...