História Silver Linings - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias David Bowie
Personagens David Bowie, Personagens Originais
Exibições 19
Palavras 313
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Lemon, Lírica, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Continuando a história de amor....

Capítulo 6 - Medo de Amar....


         Silver


Ainda estranha com os beijos de David,o parei e fitei um pouco o seu rosto de traços marcantes e suspirei. -David me leve pro curso,por favor...-digo tentando não o encarar. -Mas por quê,Silver?Tem medo de mim?-diz ele sem entender o que estava acontecendo. -Tenho medo de que me aconteça algo e que me arrependa depois...-respondo honestamente. -E que medo seria,Silver?-pergunta ele com os olhos em mim,como na lanchonete. -DE TE AMAR, DAVID!-respondi praticamente berrando com ele dentro do carro. E então ele sorri,passando sua mão em meu rosto e suspirando me responde: -Então era isso,amada Silver?-diz mais baixinho e se aproximando do meu rosto,roçando seus lábios aos meus e eu a respirar pesado. -Pois saiba que a minha intenção não é te machucar menina,e além do mais eu quero você assim, desse jeitinho...doce e delicada,Silver!-diz ele,puxando o meu corpo para o dele, praticamente me sentando em suas pernas e sentindo suas mãos em minhas costas me causando arrepios involuntários. -Coisinha preciosa,não tenha medo de mim...prometo não te fazer mal,eu juro...-disse ele a beijar meu pescoço. -Prometo que não terei...-disse completamente curvada em seu corpo,sendo tomada por ele sem qualquer cerimônia ou contratempo.


      
         David



Não quis acreditar que ela tinha medo de me amar,então pus todo o meu sentimento na mesa...é claro que a partir dali lhe daria uns amassos,mas a verdade mesmo é que eu queria levá-la pra longe dali e lhe amar do jeito que ela merece. Foi aí que tive a feliz idéia de tirá-la do meu colo e a pôr no banco do carro novamente. -O que houve,eu te machuquei?-disse ela sem entender o ato. -Não querida,vamos sair daqui,quero te levar num lugar especial!-a respondo pedindo que colocasse o cinto de segurança,certo de que a levaria pra casa de praia que eu tinha no litoral, pra que nós ficássemos à vontade e nos amássemos sem alguém a nos impedir.


Notas Finais


E então é isso! (*_*)



Não sejam fantasminhas e comentem à vontade.
Kisses!
:*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...