História Simon says


Escrita por: ~


Sinopse:
Quando o líder do maior grupo de encrenqueiros da cidade de Rock Springs encontra o corpo de um dos membros em sua casa após uma reunião, todos viram suspeitos. O maior desafio do delegado Jim Hopper, no entanto, não será descobrir o assassino, mas sim sobre como funciona esse maldito "seu mestre mandou" comandado por Simon Petersburg.
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Abigail, Acampamento De Escrita, Assassinato, Dawson, Dickinson, Emdji, Investigação, Katherine, Nicholas, Original, Pawel, Policial, Richard, Simon
Exibições 946
Comentários 54
Palavras 18.403
Terminada Sim

Fanfic / Fanfiction Simon says
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Bissexualidade, Cross-dresser, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Seu mestre mandou fazer um prólogo
4
175
956
 
2.
Seu mestre mandou usar salto alto
2
110
1.521
 
3.
Seu mestre mandou se sentir desconfortável
3
92
1.602
 
4.
Seu mestre mandou refletir
4
90
1.575
 
5.
Seu mestre não manda nos mortos
4
66
1.510
 
6.
Antes de seu mestre mandar
7
72
1.509
 
7.
Seu mestre não fode ninguém
6
70
1.577
 
8.
Seu mestre sabe que todos temos fraquezas
4
65
1.543
 
9.
Seu mestre não é tão ruim
2
57
1.901
 
10.
Seu mestre está temporariamente inativo
4
52
1.561
 
11.
A verdade por trás de seu mestre
9
57
1.648
 
12.
O fim do mestre
5
40
1.500

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~Marfemos
Capítulo 12 - O fim do mestre
Usuário: ~Marfemos
Usuário
Essa história mexeu comigo!! Você me fez pensar em todas as pessoas que tinham sonhos e objetivos no futuro. O Nicky queria algo e a morte dele faz com que a gente nem pense, não pense que ele é o garoto que queria ser escritor e sim o garoto que morreu e deixou os amigos tristes. Nós pensamos mais em como os amigos dele se sentiram do que no próprio Nicky e com você mostrando ele assim, me fez pensar nele como o garoto que queria ser escritor, é como se mudasse o personagem principal da história, mesmo nós não conhecendo quase nada dele!! E o fato dele ter uma história que não vai dar pra você contar, nos faz querer saber mais, como se assim, desse pra compensar a morte dele! Eu realmente adorei sua história e todos os seus personagens.

Kisses;)
Postado por ~IWantUYaYa
Capítulo 12 - O fim do mestre
Usuário: ~IWantUYaYa
Usuário
VIC POR SHIPPAR ERRADO

Não tenho culpa se todo mundo é tão homo, muito bem, obrigada!

EU JÁ DISSE QUE AMO ESSA HISTÓRIA? Mesmo acabando, tenho certeza que eu vou ler, e reler, e ler de novo, mostrar pros meus filhos, mostrar pras minhas primas, mostrar pro meus gatos e mostrar para Deus, para ele ver que tem oito maravilhas no mundo, e não apenas sete.

Eu gostei MUITO de todos os personagens. Cada personagem é bem único, com sua personalidade, gostos e jeitos, e cada um deles são cativantes. Você sempre quer descobrir mais e mais, e o clímax em sua história estava simplesmente incrível! É como se nós, leitores, fossemos os pais do Nicky e a nossa droga fosse esta história ( Srry not srry, baby Nick ).

A maneira como você escreve é na medida certa: nem muito complexa, nem muito simples. Os leitores talvez precisem ler com atenção para não deixar alguns fatos passarem, mas ainda sim, está perfeita! Eu simplesmente tento me basear nas histórias que eu gosto para evoluir na escrita, e a sua, é simplesmente meu melhor exemplo!

O epílogo tão esperado fechou com chave de ouro a história, com o funeral do Nicholas e o nome do Dicky, além do mais, este final com todos os personagens se dando bem e a Abigail relembrando do amigo, foi simplesmente comovente em minha opinião. ( Aquariana consegue achar algo comovente, produção? )

A história foi bem pensada, o enredo foi bem pensado, as personagens foram bem pensadas! Sua imaginação é grande, então pode ter certeza, você ainda vai muito além com esta escrita e criatividade.

Annyeong!
Postado por ~Sagittaurus
Capítulo 12 - O fim do mestre
Usuário: ~Sagittaurus
Usuário
Todas as minhas teorias que estavam erradas não chegam nem perto da maravilha que foi essa história.

O limite de palavras pro epílogo foi triste, seria muito bom ter um aprofundamento da relação do Nicholas com a avó e kaia detalhes sobre as rehras do jogo que ele formulou. Mas mesmo assim eu avho que Simon Says terminou de maneira maestral. De forma um tanto nostálgica e com jeito de que vai deixar saudade.

Olha eu gostaria de dizer que: estou esperando você arranjar tempo no meio da correria da sua vida, pra você escrever uma outra fic assim (com sorte sem limite de palavras nos capítulos) com vários capítulos e sem desafios novos a cumprir toda vez para que a gente possa receber o máximo de você sem nenhum tipo de limitações.

Eu já te parabenizei no último capítulo, mas eu queria fazer isso de novo. Porque a história ficou incrível, sua escrita e o desenvolvimento do enredo foram excelentes; mas também porque de forma mágica Simon Says era sempre lançada em dias péssimos pra mim e eu me envolvia lendo de forma que as coisas ruins se amenizavam e eu podia lidar com elas com mais clareza depois. Ontem foi um dia desses. Infelizmente ontem eu não consegui ler. Mas hoje quando acordei foi a primeira coisa que eu fiz depois de beber café, e olha moça, meu dia já ta ganho.

Parabéns :)
Postado por ~Sagittaurus
Capítulo 11 - A verdade por trás de seu mestre
Usuário: ~Sagittaurus
Usuário
KARINE PELO AMOR DE DEUS, MINHA MENTE FEZ POW E EXPLODIU, MEU CÉREBRO FOI PRA TODOS OS LUGARES
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH

Que sacada de gênio cara, apesar do Nicholas ter me deixado com dó, foi foda. É o melhor capítulo. Eu vou ficar ansiosa pelo epílogo, embora ache que já nem tem tanto pra se explicar. Eu não consegui comentar nos outros capítulos, no anterior a esse eu comentei mas acho que meu comentário não foi pq a internet tava um cu e tal, mas mano. Manoooo. Ai que, que foi isso? Essa fic <3 pra sempre entre os favoritos. Tenho que indicar isso pras pessoas lerem tipo aaaaaaaarh mindfuck. Parabéns senpai estou te aplaudindo de pé <3
Postado por ~IWantUYaYa
Capítulo 7 - Seu mestre não fode ninguém
Usuário: ~IWantUYaYa
Usuário
- tiro virtual -

EU TO NO CHÃO

Eu não sei mas o que está acontecendo, sério, confuser. Então acho que meu comentário nem vai ser grande, pq eu to girando aqui. Rolando no chão estou, espumando pela boca estou.

Eu não lembro se comentei capítulo passado, caso não, perdoe-me por isto. Ando corrida, e estou lendo poucas histórias, apenas as que eu sinto mais afeição. E a sua é simplesmente ótima, por isto guardo um tempo quando não estou estudando para ver se tem notificação, e se caso tiver, vir ler! Eu me impressiono muito com esta sua história, com personagens que passam rapidamente e se vão, mas como a gente entende bem o conceito deles. E, no caso, eu simplesmente adoro como cada vez mais nós, leitores, aprendemos sobre o Simon e seus conceitos. Em minha opinião e visão, ele é o melhor personagem até agora.

Quando li que o corpo foi identificado como a Dawson, estranhei. Eu poderia até dizer que fiquei chocada, mas não, pelo simples fato de que eu acho que isto ainda não é a resposta para tudo isto, e que talvez este não seja o corpo dela, e sim apenas um armação. Bem, minhas ideias estão pulsando! Tenho simplesmente muitas teorias sobre a história que não caberiam todas aqui.

Gosto do modo como descreve cada reação de cada personagem. cada interação deles com o ambiente a volta, e como isto fica curto e bonito de se ler. É simplesmente adorável a sua escrita sem erros, e eu adoraria ver mais trabalhos seus do que apenas este.

Bem, acho que fico por aqui. Por enquanto, está história está me surpreendendo bastante, e eu espero cada vez por mais e mais, como se fosse um vício! Não desista dela nunca, pois se não, eu mesma irei tratar de te matar e te esconder na garagem da minha casa, porque não tenho porão.

Annyeong!