História Simples Acaso - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Potter, Astoria Greengrass, Draco Malfoy, Fred Weasley Ii, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Minerva Mcgonagall, Molly Weasley II, Ronald Weasley, Rose Weasley, Scorpius Malfoy, Ted Lupin, Tiago S. Potter, Victoire Weasley
Tags Adolescência, Drama, Gravidez, Harry Potter, Malfoy, Nova Geração, Romance, Rose Wesley, Scorpio
Visualizações 28
Palavras 2.735
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Escolar, Famí­lia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


E aqui mais um cap, para quem for fã de Tiago e Ariane um cap praticamente só dos dois, claro tera muita surpresa nele, la embaixo recado!!

Capítulo 19 - Uma pequena reunião - parte II


Os dois caminharam e, silencio até a entrada da torre da Grifinólia.

–O que vai fazer aqui Potter?- perguntou Ariane intrigada.

–Pegar minha varinha, espera aqui- falou Tiago falando a senha entrando na sala da comunal, dentro de alguns minutos retornou – pronto agora vamos – falou abrindo o mapa do maroto para ver setinha algum professor em ronda.

–Potter, é só uma conversa – disse Ariane ripida.

–Ariane, confia em mim pelo menos uma vez certo?

Os dois andaram mais um pouco até chegarem na torre de Astronomia, Tiago entrou e pediu para que Ariane aguardasse do lado de fora.

–Quero fazer uma surpresa para você – disse para ela.

–Potter não estou gostando disto – falou irritada.

–Vamos Ariane você já esta aqui. Que mal há em esperar alguns minutos?- Ariane não respondeu só deu de ombros.

Tiago entrou e cerca de cinco minutos depois abriu novamente a porta da torre dando passagem para que Ariane entrasse. A garota se surpreendeu quando viu como a Torre havia mudado e ficado linda. Tinha varias flores espalhadas, e para surpresa de Ariane suas preferidas, também tinha varias velas que dava um cheiro agradável e uma iluminação perfeita, no meio tinha um banco de jardim.

–Esta linda – falou Ariane – perfeito!

–Obrigado, teria caprichado mais, mas o tempo foi pouco – disse humildemente –venha senta-se aqui – falou pegando a mão de Ariane e levando até o banco.

–Agora Potter o que significa tudo isto? – perguntou Ariane.

–Eu quero conversa com você, Ari. – ele se arrumou no banco de uma forma que ficava bem em frente a ela – Ari eu sei que tenho sido um burro, estupido , idiota e tantas outras coisas, mais eu quero que você saiba que eu estou disposto a mudar tudo isto se você me perdoa e me der uma chance- Ariane não falava nada e nem demostrava nenhuma emoção, Tiago continuou – Ariane Grengass Malfoy, eu Tiago Sirius Potter, quero que você saiba e que sem você eu não sei o que é ser feliz, nenhuma outra garota faz meu coração acelerar, ou minha respiração parar quando esta perto de mim, nenhuma outra garota faz eu me sentir completo como é quando a tenho em meus braços, nenhuma tem os olhos mais brilhantes que você ou me traz tanta alegria pelo simples fato de existir. Sei que durante estes anos nós brigamos muito, mais tudo que fiz foi para que você me notasse, mesmo que fosse para me odiar, e eu Thiago não quero ser seu namorado Ariane, pois para mim é muito pouco, eu quero passar cada dia, cada manha e cada noite ao seu lado, Ariane você aceita se casar comigo?

Tiago terminou mostrando um anel de ouro branco com uma esmeralda verde, no tom exato da cor da Sonserina, Ariane olhou assustada para Tiago nunca imaginou aquilo nem em seus sonhos, não sabia o que falar nem como agir.

–Eu..eu – Ariane olhava para o anel e olhava para Tiago – como vou saber que tudo que fala é verdade? – perguntou.

–Ari quando eu vi que eu poderia te perde para aquele Henrique eu quase enlouqueci, não pude deixar de me achar o homem mais idiota no mundo, perde a mulher que eu amo, porque eu te amo Ariane, por orgulho? Não jamais. Então resolvi me declarar, mais só o namoro e pouco para mim, eu quero você para sempre Ariane.- Ariane abriu um lindo sorriso, Tiago também.

–Eu aceito Tiago, serei a futura senhora Potter – falou o beijando. Tiago colocou o anel no dedo esquerdo de Ariane e permaneceu ali a noite inteira, teria muito para aproveitar já que teriam que enfrentar os familiares em breve.

Enquanto isto na festa da sala precisa, Alvo reclamava com Rose por não ter conseguido conversa com Corinne ainda.

–Alvo vai falar com ela, eu vi o Drake saindo com uma garota pelo que conheço dele não vai voltar mais – falou Rose.

–Têm certeza Rose? – perguntou Alvo receoso.

–Tenho Alvo, se ele aparecer eu te chamo.

Alvo foi até onde Corinne estava, junto com Leyla, Escorpio e Lorkan. Os amigos dela sabiam do namoro deles e nem se importaram dos dois terem saído. Foram para um canto bem afastado da sala, ondo tinha uma sala privativa.

–Estava louco de saudades Corinne – falava Alvo enquanto beijava a namorada.

–Eu também amor – respondeu Corrinne. Eles ficaram ali um bom tempo.

–Ei Escorpio o que você tem cara?- perguntava Lorkan – estamos em uma festa anima-se, olha quanto gatinha. Aquela ali não é a Bruna da Cornival, olha que gata voamos lá falar com ela?- disse animado.

–Não estou a fim Lorkan, vai você cara – falou levantando-se indo de encontro a Rose que estava sentada sozinha em um canto afastado – oi- falou assim que chegou.

Rose não respondeu nem se quer o olhou.

–A bebe esta bem?- perguntou.

–Esta – falou seca sem olha-lo.

–Quando é sua próxima consulta?

–Não te interessa – disse ríspida.

–Vai começar? Você sabe que me interessa.

–Escorpio já te falei que para mim e minha filha você esta morto, então me deixe em paz – falou e se levantou irritada- estou indo para o dormitório – disse para a Molly assim que encontrou a prima dançando com Jason.

–Você esta bem?- perguntou Molly.

–Sim só estou cansada e com sono, tchau – disse saindo da sala precisa.

Rose saiu depois de menos de cinco minutos, Drake voltou. Foi até onde Escorpio estava.

–Viu a Corinne vim busca-la, esta tarde – falou procurando a irmã com os olhos.

–Deixa depois ela volta comigo – falou Escorpio – como foi lá com a garota da Lufa-lufa? – perguntou para desviar o assunto.

–ela é gostosinha, mais ficava se fazendo de difícil queria ficar só nos beijinhos, sabe que para mim não têm esta a dispensei logo – falou com sua típica cara da garanhão – mais não desvia o assunto cada a Corinne?- Drake estava desconfiado Escorpio percebeu logo.

–Talvez ela já tenha ido embora, pergunta lá para a Leyla – Escorpio apontou para o outro lado do salão onde Leyla conversava com Henrique, perecia que os dois estavam se dando bem.

–Não vou atrapalha-la, é tão difícil ele se interessar por alguém que não seja você - falou Drake – o que me intriga é Corinne ela esta estranha, tenho certeza que me esconde algo.

–É coisa de sua cabeça – falou Escorpio.

Neste momento Alvo e Corinne saíram abraçados de dentro do reservado que ficava bem em frente onde Drake e Escorpio estavam. Os dois se beijavam intensamente e sorriam, Escorpio levantou-se na hora que viu segurando já Drake.

–CORINNE ZAMBINE O QUE SIGNIFICA ISTO?- berrou Drake chamando a atenção de todos na festa.

–Drake o que faz aqui? Você não tinha ido embora – respondeu Corinne assustada.

–E ISTO É MOTIVO PARAVOCE SE AGARRAR COMO UMA QUALQUER COM ESTE AI? – falou irritado, Drake só não batia em Alvo porque Escorpio e Lorkan o segurava – O QUE VOCE ESTAVA FAZENDO COM ELA POTTER!!

–NADA ZAMBINE, EU E SUA IRMÃ ESTAMOS NAMORANDO DESDE DO NATAL! – berrou Alvo.

–VOCE O QUE? CORINNE ISTO É VERDADE?

–É SIM – enfrentou a garota – EU O AMO DRAKE E NEM VOCE ENM NINGUÉM VAI EMPEDIR DEFICARMOS JUNTOS!

–NÃO?NÃO! VEREMOS- falou indo para cima de Corinne e separando de Alvo – QUERO VER O QUE O PAI VAI FALAR QUANDO SOBER, TERA SORTEDE CONTINUAR AQUI EM HORGWATS.

–VOCE NÃO PODEFAZER ISTO COM ELA!! – gritava Alvo desesperado -A SOLTE ZAMBINE!!! – Gritou inda para cima dele, mais foi parado por Alex e Fred – A SOLTE ZAMBINE, EU AMO SUA IRMÃ, VOCE NÃO PODELEVA-LA!!!

–EU NÃO POSSO MAIS MEU PAI SIM!! ELE ODEIA VOCES POTTER, POR CULPA DO SEU PAI, MINHA MÃE MORREU, ELE PREFERE VER A CORINNE MORTA A NAMORANDO COM ALGUM DE VOCES! - Drake falou muito irritado, ninguém entendeu o que tinha tido a ver a morte da mãe de Corinne com os Potter.

Drake puxou Corinne que tentava se separar de Drake para fora da sala, a garota estava chorando muito, Escorpio, Leyla e Lorkan foram atrás pois tinha medo de Drake fazer algo que depois se arrependeria contra a irmã. Não tinha mais nenhum clima para a festa, todos foram embora, Alvo estava desolado, foi direto para seu dormitório, só havia um pensamento em sua cabeça, o que faria se Corinne fosse embora? Como ficaria sem ela? É muitas coisas seria reveladas no outro amanhecer, amanhecer de um novo dia e de muitas fofocas.

– Corinne me fala que você não esta namorando o Potter- falou Drake assim que chegaram no salão.

–Estou Drake eu o amo – falou Corinne – ele é um rapaz excelente e me respeita Drake...

–Não me importo Corinne, você não pode namora-lo o papai nunca ira permitir.

–Porque Drake? Não entendo o papai odeia os Potter mais eu vocês nunca me falaram o motivo.

Drake sentou-se ao lado da irmã, a raiva que tinha nos olhos aliviou-se um pouco enquanto conversava com ela.

–Você era muito pequena Corinne, na verdade nós dois éramos, mais papai me contou esta historia a alguns anos, você sabe papai trabalha com pesquisas de poções de curas, mais o ministério desconfiou que ele fazia algumas poções através de experimentos em magia negra, o que é verdade – disse - mais na época não era. Ele e mamãe se dedicavam a muitas pesquisas e eles estavam na sala de poções quando os aurores chegaram para inspecionar, mamãe estava muito concentrada em uma poção e assustou-se quando foi interrompida, por instinto de defesa lançou uma maldição no auror que a interrompeu e o outro lançou outra nela a matando – Drake terminou triste.

–Mais não foi o Sr. Potter, foi?- perguntou Corinne.

–Não, mais ele fez de tudo para abafar o caso e o culpado da morte de nossa mãe não ser mandado para Askaban, ele não queria manchar a honra do seu departamento, acusou mamãe de ter reagido a prisão quando os aurores descobriu que eles estavam fazendo poções com Magia Negra, o papai só não foi preso pois o Tio Draco é um ótimo advogado e conseguiu provar sua inocência, mais depois de tudo isto tanto tio Draco como o papai odeia os Potters. Terminou Drake.

–Agora entendo Drake a posição sua e do papai, mais isto não muda o que sinto por Alvo e nunca vai mudar – falou Corinne decidida.

–Veremos Corinne, quando papai souber.

McGonagall estava em sua sala, havia acabado de voltas do café da manhã e se surpreendeu assim como todos em Horgwats com o noivado de Ariane Malfoy e Tiago Potter, não pode deixar de ficar feliz pelos dois, apesar de saber que enfrentariam muitas coisas. Estava aguardando seus antigos alunos e se preparando psicologicamente para aquele encontro.

–Com licença diretora- disse Harry e Gina entrando na sala.

–Entrem Senhores Potter, como vão?- levantou-se para cumprimentar seus antigos alunos.

–Estamos bem, só um pouco intrigado com que viemos fazer aqui. Ainda mais porque não foi a senhora que nos escreveu e sim o proprio Tiago me pedindo para vim – falou Harry.

–Não se preocupe ao contrario das outras vezes, ele não fez nada – disse a Diretora - vou mandar chama-lo assim que outro casal chegar.

–Podemos saber quem, diretora?- perguntou Gina. Mais neste momento Draco e Astória entraram.

–Bom dia –cumprimentou Draco e Astória cordialmente – Diretora nossos filhos estão bem? – perguntou Draco.

–Sim senhor Malfoy, irei mandar chama-lo – falou.

Passaram alguns minutos, todos em silencio. Draco não entendia que os Potter vaziam ali, e Harry se perguntava a mesma coisa. A porta da sala se abriu e por ela entrou Ariane e Tiago demãos dadas e com um sorriso no rosto.

–Bom dia - os dois cumprimentaram os pais juntos ainda de mãos dadas. Draco e Harry não tiraram o olhar das mãos dos filhos.

–O QUE SIGNIFICA ISTO? – Draco gritou para Ariane.

–Não grite Draco, ninguém aqui é surdo – falou Astória baixo porem, irritada com a atitude do marido – Ariane querida vocês estão namorando?

–Não mamãe – falou Ariane sorrindo.

–Graças a Merlin!! – falou Draco – não aguentaria isso. Uma Malfoy namorando um Potter! - disse arrogante.

–Tiago explique-se -falou Harry que ainda olhava para o filho.

–Não papai, não estamos namorando. Estamos noivos -falou Tiago estendendo a mão de Ariane para que todos vissem o anel.

–O QUE?!! – berraram Harry e Draco.

–Nunca!! – falou Draco.

–Tiago olha onde você esta se metendo, você a engravidou? - perguntou Harry nervoso.

–AH. EU TE MATO SEU DESGRAÇADO!!! – Disse Draco indo para cima de Tiago.

–Para pai!! – falou Ariane – eu não estou gravida!

–Por enquanto – falou Tiago.

– Não atrapalha Tiago – falou Ariane brava para o noivo - Pai, Sr. Potter nós não estamos pedindo a permissão de vocês, estamos somente os comunicando que eu e o Tiago iremos nos casar, vocês querendo ou não pois somos de maior e não precisamos da permissão de vocês. – falou com autoridade.

–É isto mesmo papai, ficaria feliz se você e a mamãe nos apoiasse nesta decisão, mais se não eu continuarei com ela da mesma forma.

–Vocês têm certeza disto filho? – perguntou Gina.

–Tenho mãe – respondeu firme.

–Então Ariane, não importa seu sobrenome seja bem vinda a família – falou Gina indo abraçar a futura Nora.

–Obrigada sra. Potter – falou com um sorriso.

–Me chame de Gina querida.

–Gina como você vai concordando com as coisas assim?- falou Harry – Tiago é muito nove ele nem sabe o que é amor ainda como ele sabe que esta fazendo a coisa certa?

–Harry nós começamos a namorar quando você era mais novo que o Tiago e estamos juntos até hoje, então não fale dele – disse firme. Harry ficou quieto.

–Filha – chamou Astoria – querida é isto mesmo que você quer? Têm certeza? Casar não é fácil meu amor, tem que ter paciência e tantas outras coisas. Cada dia é um dia diferente.

–Mamãe eu amo o Tiago e sei que serei feliz só com ele, ao meu lado – disse olhando para Tiago – eu tenho certeza do que eu estou fazendo.

–Então querido seja bem vindo a família – disse abraçando Tiago e Ariane.

–Astória, eu não vou deixar a Ariane fazer isto! – falou irritado Draco.

–Draco, meu amor se você não apoiar você perdera nossa única filha. Ela é teimosa tanto quanto você e tenho certeza que para ela deixar de falar com você ou não permitir você fazer parte da vida dela será muito fácil, então o que restaram a nós? – Draco parou olhou para Tiago, olhou para Ariane e respondeu arrogante como de costume.

–Não vou falar que aprovo, mais se você fazer minha filha sofrer eu juro que te mato!! – disse de uma forma que Tiago não duvidou nem um segundo de sua ameaça.

–Pai?- perguntou Tiago olhando para Harry.

–Não tenho nada a dizer Tiago a não ser que seja feliz e que tenha cuidado, você viu a família que você escolheu – disse olhando para Draco mais não com raiva era quase um divertimento na voz.

Tiago e Ariane se abraçaram mais uma vez e seus pais pode ver nos olhos dos dois a felicidade que reinava ali, não tinha felicidade maior que ver seus filhos felizes.

Ariane entrou no salão comunal da Sonserina, Escorpio estava ali sozinho. Foi e sentou-se ao lado de Ariane.

–Como f com o papai?- perguntou olhando para a irmã.

–Foi difícil, mais por fim entendeu – disse deitando a cabeça de Escorpio em seu colo.

–O que você tem maninho, você anda tão triste. O que aconteceu fala para mim?- pediu com carinho.

–Eu queria ser assim como você Ari, corajosa e destemida. Sinceramente ainda não sei o que você faz na Sonserina, você deveria ter ido para Grifinolia – Ariane riu do comentário do irmão, mais ficou seria logo em seguida.

–Não fale assim Escorpio você também é corajoso – falou.

–Não. Não sou. Sou um fraco e covarde. – disse suspirando pesadamente.

–Escorpio – falou Ariane o fazendo levantar e olhar para ela- Nunca mais diga isto, você não é fraco você não é covarde. Não sei o esta acontecendo mais seja o que ou quem for irmão, lute pelo que você acredite. Se for uma garota lute por ela, se fou um sonho não deixe de sonhar, confia em mim eu sempre estarei ao seu lado e tenho certeza que mamãe também. E outra Escorpio acredite quando falo, a nossa felicidade minha e sua são as maiores alegrias de nossos pais, então seja o que for se isto te fara feliz papai e mamãe estarão! – terminou abraçando Escorpio.

–Obrigado Ari – disse mais animado – não vou desistir vou lutar pelo que eu quero.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...