História Simplesmente acontece - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~HarryLight

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Original, Yaoi
Exibições 19
Palavras 665
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oii ^^ desde já agradeço por você estar lendo essa fic💜
Aqui é a Tae-Tae-san, mas o HarryLight é o coator, então em cap em cap a escrita vai mudar um pouco, mas peço que respeitem da mesma maneira.
Vamos ao cap!

Capítulo 1 - O inicio de tudo


Fanfic / Fanfiction Simplesmente acontece - Capítulo 1 - O inicio de tudo

-Anda!- Hope me empurrou para fora da casa, apresada e impaciente.

-Calma- Pedi irritado, atravessando a porta

Hope estava desse jeito só de pensar na probabilidade de chegarmos atrasados, mas eu não ligava muito para isso, só de chegar na escola já estava bom o suficiente.

Eu não entendia o porquê dessa pressa, mas sabia que se perguntasse, ela me mergulharia em argumentos contra-versos.

No caminho da escola, conversavamos sobre nossas expectativas sobre o primeiro dia de aula.

Hope não parecia muito esperançosa, Argumentou que esse ano seria como qualquer outro e, de qualquer jeito, ainda estaríamos com as mesmas pessoas.

Porém, neste ano eu estava sendo otimista, estava pensando em como seria se entrasse novatos para eu por conversa em dia ou apresentar a escola, seria divertido conhecer pessoas novas.

Depois de um tempo, conseguimos finalmente achar nossa sala, e adentramos no local, suspirando aliviados pelo o professor ainda não ter chegado.

-Isso foi sorte- Disse Hope soltando o ar embora com um tom alarmado- Fica ligado na próxima vez, isso não acontece todas as vezes.

-É, eu sei- Falei descontraído, procurando por algum lugar disponível para sentar.

Haviam quatro lugares livres, mas infelizmente, nenhum deles eram próximos uns dos outros.

Nesse ano, nós não sentariamos perto.

-Boa sorte sem mim por perto- Intimidei Hope com um sorriso travesso.

-Boa sorte você, eu sei que você tem vergonha até de falar um "Oi"- Brincou ela, nem esperando pela a minha resposta e logo sentando em um dos cantos da sala.

-Não, não tenho- Respondi-a, procurando um lugar para mim.

Assim que o achei, sentei e pus meus óculos.

Eu queria trocar idéias com os meus colegas de classe, mas o professor já havia chegado.

-Temos algum novato nesse ano?- Perguntou o educador curioso- Quem for, levante a mão.

Ninguém levantou, deixando-me levemente desapontado.

Olhei para o lado, e encontrei Hope com um de seus olhares que dizia “Eu não te falei?".

Nesse momento, um barulho forte foi ouvido da entrada da sala, e se tratava da porta, que foi socada por um aluno arfando.

Ele entrou sem falar nada, acompanhado de outro garoto, que também não parecia disposto a falar.

-Mas o que foi isso?- Perguntou o professor emburrado, voltando para fechar a porta- Quem são vocês?

Os dois continuaram sem falar nada até sentarem nos lugares que sobraram.

-Mark, sou novato- Apresentou-se o loiro, o primeiro que havia entrado.

-Sam...- O outro já parecia um pouco mais tímido, mas não se impediu de completar a frase- Sou novato também.

Claro, o professor deu-lhes um sermão, mas não por muito tempo, pois sabia que teria de dar a aula.

Eu estava começando a ficar curioso sobre como eram esses dois, mas decidi ficar calado até o intervalo.

Sam tinha cabelos negros e olhos castanhos, aparentava ser um tanto maior que eu -O que não me impressionou, já que todo mundo era maior que a minha pessoa-, e tinha um ar curioso ao redor, assim como Mark.

Falando nele, esse aparentava ser apenas um pouco mais velho.

Seu cabelo era um loiro claro, seus olhos eram negros e ele tinha um certo jeito de valentão, pelo o que eu pude perceber até agora.

Passou-se as aulas, e eu havia esquecido completamente de trocar uma palavra com eles, então ao término, fui direto para a minha aula de natação.

Dessa vez, eu estava caminhando sozinho, já que apenas eu fazia o esporte.

De repente, eu me senti um completo idiota por ter esquecido de Mark e Sam.

Eles tinham uma áurea tão curiosa que os rodeava que estava me deixando cada vez mais com vontade de conhece-los.

Será que nesse ano eu continuaria o mesmo e só teria a minha irmã e Ariana, que não veio, como amigas novamente?

Eu tirei meu óculos e pus na bolsa, e continuaria meu caminho, se não fosse por uma dor excruciante no meu pé.

Uma bicicleta passou por cima dele.

-Ei você!- Disse me contorcendo, fechando meus olhos- Atropelou o meu pé e não vai dizer nada?

-Não preciso- Falou o garoto de forma displicente.

Abri meus olhos para ver quem fez isso, e arregalhei meus olhos ao ver quem era.

O garoto que Atropelou o meu pé era Mark.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...