História Simplesmente Acontece... - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Ámbar Benson, Gaston, Luna Valente, Matteo, Nina, Simón
Tags Alegrias, Amores, Dores, Gastina, Lutteo, Rancor, Simbar(so Dps), Soyluna
Visualizações 48
Palavras 1.002
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS


Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Helloooo!
Bora pro capitulo, mas antes, gente, eu resolvi mudar, Matteo vai ter uma Mãe ok?Na verdade uma madrasta que ele chama, e considera como mae.!

Capítulo 11 - O Pedido! ❤


Fanfic / Fanfiction Simplesmente Acontece... - Capítulo 11 - O Pedido! ❤

Pov's Nina:

- Chego em casa e me deparo com uma cena de partir o coração de qualquer um, a Luna sentada no sofá chorando muito, já estava até soluçando.

- Amiga? O que houve?- Nina diz preocupada.-

- É, É, É O MATTEO AMIGA, ELE ESTA MUITO MAL.- diz chorando muito.-

- Como assim mal Luna, me exolica direito.

- Eu acabei de falar com ele, ele estava no hospital, fez alguns exames e está com Pneumonia elevada, está internado. -Diz entre choros.-

- Não Fica assim amiga, eu prometo a você que ele vai ficar bem.-Diz a abraçando.-

-Luna não fala nada, apenas continua a chorar, e retribui o abraço da amiga.-

- Nina, amanhã vou visita-lo. - diz limpando as lagrimas e indo ao quarto.-

- OK. - grita Nina pois Luna já estava longe.-

-Quebra de tempo.-

Pov's Luna:

- Estou muito preocupada com o Matteo, já são..-pega o celular e olha a hora.- 5:55 e eu ainda não dormi, só vou dormir quando vê-lo, preciso dize-lo que eu o amo, eu confirmei meus sentimentos, e sim, eu o amo, amanhã mesmo eu falo com ele.

- 8:30.-

- Luna Levantou as 8:30 fez suas higienes Matinais, chegou na porta do quarto...-

-NINA, JA FUI, ESTOU INDO AO HOSPITAL.- Gritou Luna, mas Nina não acorda pois estava cansada.-

- Luna Vai, e chega no Hospital.-

-Bom dia, é queria saber o numero do quarto do paciente Matteo Maurício Balsano!.-Diz Luna.-

-Bom dia, aguarde um minuto, vou verificar aqui no sistema.-responde a recepcionista.-

- Certo.-

Luna vai até as cadeiras de espera, até que a recepcionista a chama.

- O quarto é o número 123, no final do corredor a direita, assine seu nome completo aqui onde está ezse "x".-Dá uns papéis para Luna assinar.-

-Luna assina e vai até lá, quanso chega na sala, vê o Matteo cheio de tubos, e não aguenta, começa a chorar muito, até que ele acorda.

- Menina Delivery?-Diz bem baixinho e calmo.-

- Oi Mauricinho.- Vai até ele enxugando as lágrimas.-

- Porque você está chorando?Eu estou bem, não quero ver você chorando por um babaca como eu.-Diz ainda baixo.-

- Para Matteo, você não é babaca, e para de falar, voce não pode se esforçar.- dá um beijo em sua testa.-

- Assim que eu sair daqui, eu vou te dar um abraço bem forte, e tenho uma coisa importante para te falar.

- É, eu tambem tenho,agora descansa, eu não vou sair daqui.

- Derrepente uma mulher entra na sala.-

- Quem é você? - Pergunta a Moça.-

-  Eu sou a Luna, sou uma amiga do Matteo, e a senhora quem seria?

-  Sou a Mãe do Matteo, prazer, Rebeca.

- Mãe? O Matteo me disse que não tinha mãe.

- Na Verdade, eu sou a Madrasta dele, mas eu e ele somos como Mãe e filho.

-  A ok! Bom, a Senhora pode pegar meu número?Para quando precisar de mim, eu venho voando para aqui. -Pega um papel,uma caneta e anota.- Ai, esse é meu número, eu só vou agora, porque eu deixei minha amiga em casa sozinha.

-  Pode ir tranquila.

Luna Vai.

-Luna? Você ainda está ai?-Pergunta Matteo.-

- Não meu bem, sou eu agora, sua mãe.

-  A Luna já foi?

- Sim, ela disse que deixou uma garota em casa sozinha, então teve que ir, mas me deixou o número dela caso precisasse. 

- Mãe, amanhã eu vou estar melhor,? Vou para o Blake?

- Não, você só vai semana que vem.

- Se passa uma semana e Matteo já estava melhor, todos os dias Luna ia o visitar, ja chegou a dormir lá no hospital para ficar com ele.-

- Hoje eu vou pro Blake, vou poder falar com a Luna.-Matteo diz contente- Tchau Mãe, Tchau Pai!

- Tchau amor.- dizem os dois juntos.-

-Luna estava tão ansiosa para a volta do Matteo que ja estava na escola.-

Matteo chega...

- Matteo! - Exclama Luna ao abraça-lo.-Vamos entrar,  vim cedo porque tinha que falar com você.

- Eles entram, e vão até a porta de um banheiro-

- Pode começar! - Diz Luna.-

- Não, primeiro as damas.- da um sorrisinho.-

-Ta certo, bom, eu queria que você soubesse, que desde o primeiro momento em que eu te vi, eu senti que iamos ter uma bela amizade, mas tambem sabia que não sentia só isso, não somente amizade, e sim algo além disso, algo que ultrapassa as barreiras de sentimentos, um sentimento tão forte que eu não queria admitir que o sentia, mas quando você ficou doente, eu só conseguia pensar no pior, e eu me dei conta a partir do momento em que eu te vi naquela cama de hospital, cheio de tubos ao seu redor, eu percebi, que o que eu sinto por você, é amor, não sei se você gosta de mim, mas eu amo você e eu precisava me expressar, e dizer o quão importante você é em minha vida.

- Matteo a olha com Lágrimas nos olhos, e fica inativo por alguns tempos, então ele não fala nada, apenas a beija. -

-  Luna, o que eu queria te falar é que, você é, e sempre será a pessos certa pra mim, com quem eu quero passar o resto da minha vida, casar na igreja com você de vestido branco e eu no altar a espera da noiva mais linda desse mundo, ter filhos, ficarmos idosos juntos na lareira de casa, sentados em uma cadeira de balanço, em uma tarde ensolarada, com um chá com biscoitos abraçados, e eu vou estar, te esperando nem que já esteja velhinha gagá, como diz aquela música, Luna Valente Benson, eu te amo com todas as minhas forças, com toda minha alma e coração, eu te amo, Você quer namorar comigo?- Nessa hora ele tira uma caixinha do bolso com dois aneis e se ajoelha fazendo Luna cair em lagrimas.-

- Sim, sim, sim, mil vezes SIIIM.- Deu um beijo em Matteo.-

- Derrepente todos os alunos começam a aplaudir, eles estavam tão ocupados demonstrando o amor que tinha um pelo outro que nem prestavam atenção em todos que estavam ao seu redor.-

- ELES SE ABRAÇAM E VOLTAM A SE BEIJAR.-

- Meu amor, vamos ao Roller hoje, a Juliana quer nos da um aviso. 

- Certo meu amor.


CONTINUA...



Notas Finais


Iai amores? Que tal? Gente, se tiver muito Lutteo me desculpem é que eu tenho mais criatividade em questão de Lutteo, não tanta em Gastina, me desculpem, Jajá outro capítulo. I LOVE YOU SOO MUCH! ❤
MEU LUTTEEEEEO ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...