História Simplesmente acontece.. (camren g!p) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Amor, Camila, Camren, Fifthhamorny, Intersexual, Lauren
Exibições 302
Palavras 1.386
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hallo!

Capítulo 6 - Capítulo 6


         Pov's Lauren

   09 de outubro 2014.

Fazia duas semanas e meia que não via Camila na escola, sei que não fui nada gentil com ela na última vez que nos vimos, acontece que aquele dia tinha discutido feio com minha mãe e meu humor não estava nada bom. A verdade é que meu humor nunca está bom.

Certo que não devia ter descontado nela, mas as vezes eu não consigo evitar, agora eu entendo porque Lucy sempre ironiza dizendo o quão gentil eu sou.

Faziam longos e tediantes dias, que não via aquela garota, eu queria muito saber porque ela não veio esses dias, sentia falta dela. Ops quero dizer sentia falta de zoar com ela.

Foda-se, não sou de ficar escondendo o que sinto, não é agora que eu vou fazer, estava preocupada com ela, eu sentia falta dela sim, sei lá, Eu sentia necessidade de manter-la perto e protege-la.

Claro que a maneira no qual eu a trato não é a melhor forma de demonstrar isso, eu definitivamente não era boa com essas coisas, talvez, só talvez eu melhore um pouco e peça desculpas quando eu a ver novamente.

Tinha até parado de mandar mensagens desagradáveis pra ela, já tinha perdido a graça implica, só queria saber se ela estava realmente bem, Ok isso foi muito gay, o que tá acontecendo comigo? O que essa garota está fazendo comigo?

Balanço minha cabeça, tentando me livrar dos pensamentos a envolvendo, levanto-me e vou até o banheiro fazer minha higiene matinal, tomo um banho, e sigo até o closet vestindo uma roupa qualquer.(mídia)

Meus dias aqui em casa estão cada vez piores, Clara e eu mal olhava-mos na cara uma da outra, por mais que tivéssemos nossos desentendimentos eu sentia falta dela, entretanto não daria o braço a torcer enquanto ela não decidisse morar em um lugar só.

Em breve entraria pra faculdade, e eu precisava de um lugar fixo, eu penso no meu futuro Ok? E eu não queria deixar meus irmãos pra trás, mesmo eles sendo insuportáveis as vezes, eram meus irmãos, aquela era a minha família.

Estou muito gay hoje.

Pego minha mochila, meu celular e as chaves do carro, desço as escadas, indo direto pra cozinha, encontrando todas à mesa.

_ Bom dia! _ digo bagunçando o cabelos de meus irmãos.

Posso não ser agradável, mas sou um pouquinho educada.

_ Para Laur! _ Reclama Taylor tentando arrumar a bagunça que eu fiz.

_ Bom dia! _ responde Chris nem ligando

_ Bom dia filha! _ cumprimenta Mike

Clara não diz nada, e não faço questão, apenas nos olhamos querendo matar uma a outra, dou de ombros, Pego apenas uma maçã, depois de me despedir, saio rumo a garagem.

(...)

Estaciono na escola 20 minutos depois, ainda estava cedo, então decido ficar no carro, e mandar mensagens pra meninas no grupo do whatsapp.

Lauren* _ Hey!

Vero*_ Olha quem resolveu dar o ar da graça!

Verônica sempre cheia de gracinhas.

Vives*_ Esqueceu as amigas Jauregay?

Mani*_ Alguma ela aprontou, pra chamar a gente assim!

Nossa que amigas eu tenho.

Lauren"_ Também na próxima não chamo mais.

Lauren"_ Lucy, Você está andando muito com a vero, pare enquanto há tempo.

Lauren"_ Nossa é isso que pensa da minha humilde pessoa Manibear, chateada aqui!

Eu sou uma pessoa tão doce!

Vero*_ Doce como uma mula só se for.

Lauren"_ Credo, estão me difamado aqui, ah vai sou doce Quando eu quero!

Elas eram muito loucas, e me animam muito quando estou pra baixo, mesmo elas estando longe, e sem saber o que está acontecendo, amo essas garotas.

Mani*_ A Laur está animadinha? ou só eu que percebi.

Vives*_ Eu também notei!

Vero*_ Transou né, palmito?

Lauren"_ Eu estou super normal, vocês estão imaginando coisas, e você só pensa em sexo Verônica!

Lauren"_ Não está dando mais conta do recado Lúcia?

Vives* _ Claro que dou conta do recado, só que ela está de castigo por me deixar esperando. E não me chama de Lúcia.

Ela odiava ser chamada pelo nome.

Mani*_ Se deu mal vero!

Vero*_ Isso é praga da Jauregui, só foi ela falar que aconteceu, tem certeza que tu não é uma bruxa desfaçada menina?

Lauren" _É talvez seja uma bruxa!

Vives* _ Agora falando sério, o que trás você ao nosso humilde grupo?

Lauren"_ Nada demais, só queria saber. Quais as novidades por aí?

Mani*_ Nós vamos nos mudar pra Miami! ( Emoticon animado)

Vives*_Conseguimos entrar pra faculdade de lá!

Vero*_Era pra você está com a gente Jauregui!

Devo ter esquecido de mencionar, as meninas tinham acabado de completar 18 anos, eu seria a próxima, elas Já estavam com tudo pronto pra faculdade, eu estaria com elas se não fossem as benditas mudanças, tive que repetir um ano, se não fosse por isso já teria concluído o colegial.

Lauren"_ Eu sei vero, mais ano que vem eu entro quem sabe não vá pra Miami, perturbar vocês! E parabéns meninas.

Lauren"_ Agora eu tenho que ir, falo com vocês mais tarde, minha aula vai começar!

Eu estava me despedindo pois vi minha nerd, saindo do carro de um idiota, queria saber da onde surgiu essa raiva, eu não tenho nada com ela, seria ciúmes?

Cara, eu não posso sentir essas coisas, eu só me fodo no final.

Vero*_ Desde de quando Lauren Jauregui presta atenção nas aulas!

Lauren"_ Desde do momento que a professora e gostosa!

Menti? Claro que menti, mais não seria mal educada e deixa-las no vácuo.

Vero* _ Essa sim é a Jauregui que eu conheço!(emoticon safado)

Lauren" _ Vai se ferrar Verônica!

Vives*_ Tchau Laur, depois reclama de ficar sem sexo, né senhorita Iglesias?

Mani _ Tchau laur, até mais tarde, se ferrou de novo Vero. (Emoticon rindo)

Eu até acharia graça da situação, mas no momento tudo o que eu queria era saber que era aquele idiota.

Pego minhas coisas, tranco meu carro e sigo até eles, os dois se despedem com um abraço, e ele segue o caminho dele.

Entro na sala, como se nada tivesse acontecido, até porque não aconteceu, Camila não era nada minha, porque eu estava sentindo essas coisas? Deve ser só coisa da minha cabeça, não posso está gostando dela, não posso.

Como era quinta-feira, teríamos uma aula extra de biologia, e ainda nem tínhamos começado o trabalho, culpa de quem? Dessa vez não é minha.

Sei que mencionei que sou irresponsável, mas depois de saber que as meninas conseguiram entrar pra faculdade, eu queria isso também, então eu me esforçaria um pouquinho mais.

Sento em meu lugar enquanto ela fala com o professor, achava engraçado e fofo, a maneira que ela gesticulava quando estava falando.

Ok Jauregui, tu é muito trouxa mesmo, cadê aquela garota marreta, que não liga pra ninguém, meu Deus?

_ Quando pretende fazer o trabalho? _ questiono assim que ela senta ao meu lado

_ Bom dia pra você também! _ diz

_ Responde minha pergunta, Camila! _ falo rude

Ótimo jeito de melhorar as coisas idiota.

_ Não se preocupe, sábado irei até sua casa é só me passar o endereço! _ fala

_ Porque não estava vindo? E quem era aquele garoto?_ pergunto de uma vez

_ Ciúmes Jauregui? _ questiona irônica

_ Eu ciúmes de você, se toca garota, apenas curiosidade, pois já devíamos ter começado o trabalho! _ defendo-me

_ Eu nem deveria lhe responder, mais sou bem diferente de você, então ele é meu irmão e eu não vi por motivos pessoais, Agora se me der licença quero presta atenção na aula! _ fala

Aquilo doeu! Porque doeu? Será que ela se sente assim quando a trato mal, mais um motivo pra deixar de ser babaca.

_ Nossa essa eu mereci!_ mumurro

Tinha algo de diferente Nela, não sei explicar, e eu estava gostando disso.

(...)

Sexta- feira chegou e passou que eu nem vi, Camila estava me ignorando, saiu mais cedo do colégio, escutei algumas meninas a chamando de aberração novamente, eu queria saber o porque daquilo.

Teria perguntado pras garotas o porque de a chamarem assim, mas nunca se sabe quando é mentira ou não, tentei pergunta pra Cabello só que as únicas palavras que trocamos foram sobre o bendito trabalho, mais amanhã ela viria pra cá, e não escaparia das minhas perguntas ou eu não me chamo Lauren Jauregui....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...