História Simplesmente acontece.. (camren g!p) - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Amor, Camila, Camren, Fifthhamorny, Intersexual, Lauren
Exibições 408
Palavras 1.639
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que gostem...
Boa leitura.

Capítulo 14 - Capítulo 12


Fanfic / Fanfiction Simplesmente acontece.. (camren g!p) - Capítulo 14 - Capítulo 12

Pov's Camila.

 12 de outubro de 2014.

Acordei me sentindo um pouco mal, mas eu tinha que terminar aquele maldito trabalho, não tão maldito pois foi ele que me aproximou de Lauren, foi ele que fez com que tivéssemos uma conversa agradável.

Já que a entrega seria pra manhã seguinte, e eu não poderia me dar ao luxo de perder nada, já fiquei dias longe da escola devido a minha recuperação.

Então tratei de levantar, tomar um banho, tomar um café rápido e ir pra casa da Lauren, Mas no momento em que fui atendida por uma senhora, acho que era sua mãe, ela parecia um pouco abatida, sentir que Lauren precisava de mim.

Ela me disse que a relação das duas não estava nada bem, e pelo estado da senhora a minha frente, elas devem ter discutido.

_ Olá querida! O que deseja? _ diz ela simpática

_ Oh perdão, Sou Camila Cabello, amiga da Lauren, estamos fazendo um trabalho e ficamos de terminar hoje! _ digo

Eu era amiga dela, certo? Eu acho que sim, queria ser mais que isso, porém no momento está de bom tamanho.

_ Tudo bem querida, meu nome é Clara, mãe de Lauren, pode entrar! _ diz ela me dando passagem

_ É um prazer conhece-la senhora Jauregui! _ digo formalmente

_ Que isso, pode me chamar apenas de Clara, não sou tão velha assim, Lauren deve está no quarto ou na sala de música, fica ao lado do quarto dela, últimas portas do corredor, pode subir! _ informa ela

_ Obrigada senh.. quer dizer Clara _ falo depois de ela me repreende com o olhar

Tinha que agradar minha futura sogra, não é mesmo? Sonhar sempre é bom.

_ Tudo bem querida, fique à vontade! _ diz ela apenas aceno em concordância e subo

Eu iria pro quarto de Lauren, Só que escutei uma melodia de piano e fui em direção a sala de música.

Lauren tocava maravilhosamente bem, fiquei um tempo a olhando, mas ela parecia frustrada, com raiva, gostaria de saber o que está deixando minha Deusa assim.

Ela estava se levantando, quando me viu, veio correndo e me abraçou, demorei um pouco pra corresponder, pois estava surpresa com o gesto, mas quando o fiz ela se aconchegou em meus braços, pude sentir seu perfume.

Naquele hora eu sentir que estava com meu mundo, meu tudo em meus braços, eu sei que pode parecer clichê, entretanto era assim que eu estava me sentindo.

Quando ela me disse que iria embora, parecia que meu mundo tinha desabado, meu coração se partido, ela não poderia ir, não poderia me deixar com esse sentimento sozinha aqui, por mais que ela não soubesse o que eu sentia.

Logo agora que eu me apeguei a alguém, ela tem que me deixar? Só porque talvez ela me aceitasse como eu sou, mas eu não deixaria ela ir, eu daria um jeito nisso.

(....)

Já havia se passado algumas horas desde que ela me deixou em casa, não conseguir tirar ela da cabeça, eu estava preocupada, já tinha terminado nosso trabalho, e nada dela entrar em contato ou responder minhas mensagens, minha mãe queria conversar comigo pra saber porque eu estava tão pensativa, só que eu não quis.

Já se passavam das 23:00 horas, eu não conseguia dormir, quando recebi uma mensagem dela.

Lolo"_ Sua amiga não está nada bem e me pediu pra mandar essa mensagem pra você, ela está na rua xxxxxx, número xxx, venha de táxi pois o carro dela está aqui.! _ 

Não vou negar aquela mensagem me deixou em alerta, vestir uma roupa qualquer, como eu conseguiria um táxi a essa hora?

Tratei de ligar pra única pessoa que poderia me ajudar nessa situação.

Ligação On.

_ Acho bom ter uma boa desculpa pra me acordar a essa hora! _ fala Louis

_ Preciso de ajuda! _ digo

_ O que aconteceu? _ questiona preocupado

_ Vem me buscar, que falo tudo pra você no caminho!

_ digo passando meu endereço logo em seguida

_ Ok, chego aí em 15 minutos!_ informa

_ Obrigada! _ digo desligando a chamada.

Ligação Off.

Como prometido 15 minutos depois ele estava em frente à minha casa, sair em silêncio, dei as coordenadas pra meus amigo, e explique o que estava acontecendo.

_ Então sua crush é bem complicada, não é?_ 

_ Você não imagina o quanto Lou! _ digo

_ Espero que ela seja pelo menos bonita, pra valer todo esse esforço! _ diz ele

_ Bonita é pouco querido!_ respondo

Logo que chegamos entrei correndo naquele bar imundo, odiava lugares assim, Louis vinha atrás de mim.

Fiquei tão triste ao ver Lauren naquela situação, debruçada sobre o balcão, ela estava tão bêbada que não conseguiria nem se manter em pé, Lou me ajudou com ela.

_ Oi Camz! _ diz ela meio embolada escondendo o rosto no meu pescoço, confesso aquilo me deixou arrepiada.

_ Ela deve algo? _ Questiono ao dono do bar

_ Não, está tudo pago, aqui estão as coisas dela! _ diz ele me entregando celular e chaves.

Existem poucas pessoas como ele no mundo, qualquer um não teria nem ligado pro que poderia acontecer com ela, mas em vez disso ele a ajudou, fiquei imensamente grata por isso.

_ Obrigada! _ agradeço e saímos logo Dalí

Louis me ajudou a coloca-la no banco do passageiro, do carro dela.

_ Tem certeza que consegue sozinha a partir daqui? _ questiona ele preocupado

_ Tenho sim, obrigada Lou, amanhã passo lá no salão e falo melhor com você! _ digo

_ Tudo bem Mila, tome cuidado! _ diz ele me dando um beijo na testa e indo pro seu carro.

Entrei no veículo e Lauren estava dormindo, pelo visto a noite seria longa, dei partida e fui em direção a minha casa.

(...)

Estaciono o carro em frente à minha casa, Saio do veículo, e vou pra porta do passageiro, ela veio o caminho todo dormindo o que eu agradeci a Deus, mas como eu vou colocar ela pra dentro?

_ Lo acorda! _ digo a balançando ela apenas mumurra coisas sem sentido.

_ Lo por favorzinho, preciso que me ajude aqui, vamos pra casa! _ peço e aos poucos ela vai abrindo os olhos

_ Eu não quero ir pra casa, eu não tenho casa! _ diz em tom choroso

_ Shiiu, não vamos pra sua casa, estamos na Minha, vem baby! _ digo pegando um de seus braços e apoiando em meus ombros a ajudando a sair do carro.

Fecho o veículo, e caminhamos entre tropeços até a entrada, abro a casa com um pouco de dificuldade mas consigo, agora só falta as escadas, só espero não cair com ela.

Porém pra meu alívio e Também desespero, minha mãe apareceu no início da escada e veio logo me ajudar, Lauren não se opôs a nada em momento nenhum, ficava apenas calada.

_ O que aconteceu filha? _ pergunta Sinuh

_ Ela se desentendeu com os pais, e acabou descontando na bebida! _ digo assim que chegamos em meu quarto.

_ Quer ajuda com o banho? _ indaga minha mãe colocando Lauren em minha cama

_ Não, eu assumo daqui! _ digo e ela se retira do quarto

O bom da minha mãe é que quando estamos em uma situação, que não queremos papo, ou nos conseguimos resolver sozinhos ela não se mete no meio.

Deixei Lauren deitada em minha cama e fui até o closet escolher uma roupa pra ela, peguei uma cueca nova, e um conjunto de moletons cinza deixei na bancada da pia, tirei seus sapatos, sua jaqueta e depois a ajudei a ir pro Banheiro.

_ Consegue tomar um banho sozinha? _ pergunto aquele silêncio estava me deixando mais preocupada com ela

_ Acho que sim! _ fala devagar

A deixo em baixo do chuveiro e saio de lá, eu não me aproveitaria da situação só pra ver-la nua, eu não sou desse tipo.

Depois de um bom tempo, escuto ela me chamar.

_ Camz preciso de ajuda! _ Ela parecia um pouco mais sóbria, nada que um banho gelado não resolva, não é mesmo?

Entrei no banheiro, e a encontro sentada no chão, ela já estava vestida com as roupas que lhe reservei.

_ O que houve?_ pergunto abaixando ao seu lado

_ Tá tudo girando! _ fala meio confusa fazendo bico, não consegui conter o riso

_ Calma eu vou te ajudar! _ digo enxugando seus cabelos e a levando de volta pra cama, a cobrir e quando ia sair do quarto ela me chama.

_ Onde você vai? _ pergunta

_ Dormir no sofá! _ digo.

_ Não Camz, dorme aqui comigo por favor! _ pede ela

Como negar um pedido desses?

_ Tudo bem! _ digo apagando as luzes e deitando ao seu lado.

So que eu não esperava era que ela fosse se aconchegar em mim, ficamos um tempo em silêncio, pensei que ela tivesse até dormindo, até que ela fala.

_ Porque você mudou Tanto? Sinto saudades da minha nerd! _ mumurra sonolenta.

_ Eu continuo sendo sua nerd! _ sussurro pra ela

_ Obrigada Camz! _ diz e agora sim ela dormiu,

Fiquei a olhando dormir, parecia um anjo.

Lauren Jauregui estava prestes a cair, e se caísse não sei se ela conseguiria levantar novamente, ela poderia parecer forte, durona por fora, mas por dentro ela estava prestes a ruir, e eu sentir isso apenas olhando em seus olhos, nas poucas horas de conversa que tivemos ontem.

Porém eu não deixaria isso acontecer, eu seria seu porto seguro, sua âncora, seria o que ela precisasse que eu fosse. Porque eu amava aquela garota com todas as minhas forças, não sei em que momento ela conquistou meu coração, mais eu amava aquela mulher, e lutaria pra ter-la pra mim.


Notas Finais


Comentem..


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...