História Simplesmente acontece (intersexual) - Capítulo 85


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Amor, Camila, Camren, Fifthhamorny, Intersexual, Lauren
Visualizações 1.091
Palavras 2.599
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello my lovers!
Espero que gostem do capítulo.
Boa leitura.

Obs: não revisei, erros arrumo depois.

Capítulo 85 - Capítulo 85


Fanfic / Fanfiction Simplesmente acontece (intersexual) - Capítulo 85 - Capítulo 85

Point Of View Camila Cabello| 30 de maio de 2016| segunda-feira| 20:00 P.M| Apartamento Cabello-jauregui.

_ Abre logo Camz! _ diz com pressa, pra que eu abrisse logo nosso apartamento.

Abrir a porta deixando ela entrar na frente, fazendo o mesmo em seguida e fechando a porta.

_ Vou mudar de roupa! _ fala subindo as escadas rapidamente.

_ Cuidado amor! _ digo negando com a cabeça e subindo atrás dela, tinha medo que ela se machucasse.

Ela estava bem animada hoje, pois começaria-mos a montar o quarto do bebê, jantamos até fora pra não ter desculpa e adiar mais isso.

Entrei em nosso quarto deixando nossas bolsas sobre a poltrona que havia ali, tenho boas lembranças daquele móvel, muito boas, tão boas que eu não via a hora de repetir.

Tirei meus sapatos deixando próximo a porta.

_ Camz? _ chama Lauren.

_ Sim amor! _ digo voltando minha atenção pra ela.

E porra como ela é gostosa, ela estava usando apenas roupas íntimas pretas.

Era tentação demais, porém eu precisava me controlar.

Eu não canso de dizer que gravidez fez muito bem a ela, as curvas mais acentuadas, até o brilho que ela emanava, me deixava esbabacada, minha mulher é linda de mais.

_ Depois dessa secada preciso de um litro de água! _ fala risonha.

_ Sempre me perco no quão linda você é! _ falo me aproximando e beijando sua bochecha.

_ Oow baby, sempre me deixando sem palavras! _ diz corada.

Eu adorava o poder que minhas palavras tinham sobre ela.

_ Como eu já disse, em falta de palavras, me beije! _ falo provocativa e assim ela junta nossos lábios em um beijo calmo, mas apaixonado.

Estava com saudades, por mas que façamos faculdade no mesmo lugar, e eu a deixe no trabalho antes de seguir pro meu, quase não tínhamos tempo pra um contato mais íntimo, era meio corrido.

Mas sempre que eu podia, dava um jeitinho de ficar grudada com ela.

_ Temos que pintar o quarto amor! _ diz ofegante encostando sua testa na minha.

_ Eu sei, é que você me faz perder a cabeça! _ confesso depositando mais um selinho em seus lábios e me afastando.

Já que estávamos sozinhas em casa, eu ficaria a vontade também, tirei minhas roupas e o short compressor, sim eu ainda usava essa porcaria, ficando apenas de cueca e top vermelhos, eu tinha a mania de combinar minhas peças íntimas.

_ Gostosa! _ fala Lauren dando um tapa em minha bunda me fazendo rir enquanto dobrava minhas roupas e deixava sobre a cama.

Eu sempre fui organizada, mas depois que vim morar com Lauren, eu não podia deixar nada fora do lugar ou ela surtava.

Sério ela sempre foi bem organizada com suas coisas, e depois da gravidez então, piorou, claro que havia momentos que ela tinha preguiça de arrumar, assim como eu, mas quando ela tirava pra arrumar, não podia ficar nada fora no lugar pelo menos pelo resto da semana.

E como eu sou uma boa namorada, fazia tudo direitinho pra ela não se estressar.

_ Aí Lolo! _ resmungo quando sinto ela beliscar minha bunda.

_ Eu sei que você gosta! _ diz provocativa sorrindo de maneira maliciosa.

_ Safada! _ falo

_ Sou mesmo, mas só com você, só com você amor! _ diz maliciosa saindo do quarto rebolando aquela bunda gostosa.

Vou logo pintar aquele quarto antes que eu desista e resolva fazer outra coisa.

Como Zayn já havia ido embora, o deixamos no aeroporto hoje de manhã antes de irmos pra faculdade, poderíamos caminhar pela casa do jeito que quiserssemos, ninguém apareceria a essa hora aqui mesmo.

Mesmo Lauren dizendo que Malik meio que era interessado em mim, e que tenhamos nos entendido, não queria ninguém vendo minha mulher praticamente sem roupa..

As meninas, meus pais e sogros queriam nos ajudar a montar o quarto de Matthew, mas Lauren e eu decidimos que seria uma coisa só nossa.

Até porque, Norminah tinham Ivy, Ally e Troy os gêmeos, e Larry, estava organizando o aniversário de dois anos de Alice, estavam bem ocupados, Vercy estava atoladas na faculdade, e ainda ajudavam as meninas quando podiam com os bebês, apesar de Vero sempre reclamar, eu sabia que ela gostava, e não duvido que logo, logo ela queira um bebê também.

Meus pais estavam curtindo a vida, já que os filhos estavam criados, e eles mereciam isso, assim como meus sogros, a melhor coisa que Lauren e meus cunhados fizeram foram convencer eles a ficarem, estava sendo bom pra todos, e meu filho iria crescer com toda a família por perto.

Já meus irmãos e meus cunhados, Chris e Taylor, estavam terminando a escola, e fazendo muita besteira por aí, só viviam juntos e isso era ótimo, um ajudava o outro a sair das merdas que aprontavam, claro que sem Sinuh e Dona clara saber.

_ Camila? _ grita Lauren me fazendo correr pro quarto de Matt, que seria de frente para o nosso.

Já havíamos tirado os móveis e arrumado no quarto de hospedes, o quarto que escolhemos era o segundo maior, assim teria espaço pra tudo que quisesse-mos fazer.

Ela estava parada analisando o quarto vazio.

_ Vamos começar isso! _ digo.

_ Essa parede vai ser cinza, essas duas brancas e essa com o papel de parede! _ fala ela apontando cada uma.

Mandona.

_ Como você quiser amor! _ falo começando a mexer mas tintas, claro que eram sem cheiro pra não prejudicar Lauren.

Se eu sabia o que eu estava fazendo? claro eu tinha pedido ajuda pro papa e ele me ensinou direitinho.

Coloquei jornal por todo o quarto, pra não correr o risco de sujar o chão, Lauren me mataria se isso acontecesse.

O quarto era em um tom de coral bem claro, quase rosa, e o quarto do nosso filho, seria nos tons preto branco e cinza, sim Lauren que decidiu.

Primeiro pintei de branco o a tal parede que ela queria cinza, assim secaria primeiro e eu poderia pintar da cor que ela queria, assim que terminei ali fui pintar o restante, o coisinha que da trabalho, Lauren me ajudava nas coisas mais simples, nos retoques, pois eu não queria ela fazendo esforço.

Assim que o quarto estava todo branco, ou quase já que eu não pintei onde colocaria o papel de parede, passei o cinza onde ela queria, terminado com as tintas.

_ Podemos colocar o papel de parede amanhã, o que acha? _ questiono.

_ Tudo bem, vamos dormir já são 23:20! _ fala já com sono.

Nossa, uma coisinha dessa demora pra caramba.

_ Vai deitar, eu vou limpar isso aqui e já vou! _ digo.

_ Tudo bem Amor! _ fala me dando um selinho e saindo do quarto.

Recolhi todos os jornais do chão e joguei no lixo, peguei o restante das tintas e guardei no cantinho da faxina.

Eu estava faminta, então resolvi fazer um lanchinho, depois de bem alimentada, retornei ao quarto de Matthew.

_ Eu vou terminar isso é agora! _ resmungo pra mim mesma, lendo as instruções.

Era fácil então depois de entender tudo, começo a aplicar o papel de parede, depois de mais uma hora ali, estava tudo pronto, e eu cansada, mas  limpei o restante da bagunça e prontinho, amanhã era só comprar os móveis.

Voltei pro quarto, e encontrei Lauren dormindo nua, sem as cobertas, eu não entendia esse calor todo que ela sentia, mesmo com o ar ligado ela parecia suada.

Porém era uma bela visão.

Fui até o banheiro tomei um banho rápido pra tirar a tinta e o suor, vestir apenas uma cueca e me deitei ao seu lado, caindo no sono rapidamente.

__________&________

Point Of View Lauren Jauregui| 01 de junho de 2016| 08:00 A.M.

Estava esperando Camila vim tomar café, pra poder saímos e comprar os móveis do quarto do nosso filho, já que ela havia terminado tudo ontem mesmo.

Então resolvemos não ir pra faculdade, e agilizar as coisas já que ela estava de folga hoje, e eu não tinha nada pra fazer no Studio.

_ Bom dia amor! _ fala Camz parando na minha frente com um sorriso lindo no rosto.

_ Bom dia Camz! _ digo me levantando e lhe dando um beijo em sua bochecha.

_ Bom dia filho! _ fala se inclinando e depositando um beijo em minha barriga, ganhando um chute como resposta a fazendo sorrir mais ainda.

Eu havia acordado antes dela, e feito nosso café, coisa rara de acontecer recentemente, ela sempre tinha que me acordar pra que eu não me atrasasse.

_ Come alguma coisa antes de saímos! _ digo me sentando novamente.

Ela ia até o armário pra pegar cereal, mas eu a impedir.

_ Nada de cereal, tem bolo, panquecas, café, frutas, e suco, você não vai comer só essa porcaria! _ digo.

Se deixar Camila passa o dia comendo isso.

_ Chata! _ diz sentando e me mostrando a língua.

_ Assim como eu, você deve se alimentar direito, o você acha que teremos tempo quando ele nascer? _ indago.

_ Você tem razão, vou aproveitar isso agora, acho que minha bunda até esta menor por falta de comida! _ diz brincalhona.

_ Ela está ótima, mas se melhorar não sou eu que irei reclama! _ digo.

_ Lauren, Lauren, não começa! _ fala olhando seriamente pra mim.

_ Eu não fiz nada! _ defendo-me.

Tomamos nosso café tranquilamente, ela me ajudou a limpar as coisas e assim saímos de casa rumo a loja de móveis.

(....)

_ Olha esse aqui amor! _ fala Camz chamando minha atenção.

Era um beço simples, todo branco, sem muito detalhes, a poltrona de amamentação, e a comoda também eram no mesmo estilo.

_ Eu gostei, vamos levar, e escolhemos os outros itens de decoração! _ falo.

E assim fizemos, escolhemos um trocador, quadros para enfeitar as paredes, tapetes, uma pequena cabanhinha, uma mesinha para desenho muito fofa, algumas almofadas, além de outros acessórios decorativos, tudo nos mesmos tons.

Dona clara irá querer me matar quando ver a cor do quarto do neto, mas a Camz aceitou então estão ótimo pra mim.

_ Teria possibilidade de fazer a entrega hoje mesmo? _ indago me referindo aos móveis, já que não seria possível levá-los no carro.

E o mesmo estava praticamente lotado de coisas.

_ Claro senhoritas, os entregadores farão logo a montagem se preferirem! _ responde o atendente.

_ Melhor ainda! _ digo

Depois de uma compra dessas, claro que eles entregariam e fariam isso, gastamos bastante.

_ Poderia ser entregue daqui a duas horas? É tempo que chegamos em casa! _ fala Camz e o rapaz concorda, olhando descaradamente pra minha mulher, sabia que ela vindo com essa barriga de fora me daria trabalho.

_ É só colocar o endereço aqui! _ fala ele estendendo o papel a Camila que escreve rapidamente.

_ Tudo bem, agora vamos amor, obrigada! _ digo pegando em sua mão e a arrastando pra fora dali.

Já havíamos pago mesmo.

_ Porque essa pressa toda? _ questiona.

_ Você é muito lerda Camila, o idiota lá estava te olhando muito! _ falo.

_ Depois eu que sou a ciumenta! _ fala risonha.

_ Isso rir! _ digo soltando sua mão e indo até o carro, mas ela me alcança antes, me virando pra ela e colando nossos lábios.

_ Não precisa de ciúmes, até porque não tenho interesse em homens, e nem se fosse mulher, eu já tenho a minha e estou muito feliz com ela, te amo! _ fala no meu ouvido assim que encerramos o beijo.

_ Também te amo! _ falo a abraçando e sentindo seu cheiro delicioso.

_ Está tudo bem agora? Podemos ir? _ indaga me fazendo olhar em seus olhos e eu assinto em concordância.

Caminhamos até nosso carro, sim eu tinha um, mas Camila sempre me levava onde eu queria, então eu não usava muito, ela me ajudou a entrar e tomou seu lugar e começou a dirigir.

Agora nos iriamos comprar, a bolsa que eu levaria pra maternidade, mamadeiras, fraldas, chupetas e depois voltavamos pra casa.

Roupas ele já tinha mais do que o suficiente, toda vez que uma das meninas, ou Clara e Sinuh nos viamos, Nathan ganhava mais roupas.

Já tínhamos o bebê conforto, carrinho, e a cadeirinha pro carro, presente dos meninos, meu pai e sogro, parece até que se juntaram pra comprar, já que os mesmos apareceram quase ao mesmo tempo em casa com os presentes e ainda por cima combinando, tudo em vermelho e preto.

(...)

_ Falta alguma coisa? _ indaga Camila colocando as sacolas no carro.

_ Acho que não, compramos tudo o que Dona Sinuh e a Mama falaram! _ digo olhando a lista.

_ Pensei que iriamos falir! _ diz.

_ Não ainda não! _

_ Vamos comer algo e iremos pra casa!_ fala Camz.

Entremos no carro e seguimos pro restaurante mais próximo, comi até não aguentar mais.

(...)

_ Isso aí mesmo! _ falo assim que um dos entregadores/montadores colocou o beço lugar.

Era apenas isso que estava faltando, o quarto já estava todo pronto e decorado, estava perfeito.

_ Obrigada, irei levá-los até a porta! _ fala Camila guiando os homens pra fora do quarto, enquanto eu admirava tudo.

Cada coisinha no seu devido lugar, não via a hora de meu pequeno nascer e ele aproveitasse tudo que quando tinha ali.

_ Ficou perfeito! _ fala Camz me abraçando por trás e depositando um beijo em meu pescoço.

_ Realmente, estou tão ansiosa pra chegada dele amor! _ confesso.

_ Eu também Lern, quero tanto pegar essa coisinha no colo, e poder mima-lo muito! _ diz.

._Falta pouco, mas parece que quanto mais esperamos mais demora! _ digo

_ Calma baby, logo estaremos aqui mesmo, observando ele dormir! _ fala

_ Preciso arrumar as roupinhas dele! _ digo.

_ Eu faço isso, vá descansar! _ diz.

_ Tem certeza? _ questiono.

_ Sim amor, vou só passar as roupas pra cá, estão todas lavadas certo? _ pergunta e eu concordo.

_ Então, eu passo tudo pra cá, arrumo a bolsa dele com o que a mama falou e logo me junto a você! _ fala.

_ Ok, irei tomar banho! _ falo e ela me segue até nosso quarto, eu vou para o banheiro e ela para o nosso closet.

Já que eu não tinha mais nada pra fazer poderia tomar um banho de banheira, coloquei a mesma pra encher, enquanto me desfazia das roupas.

Coloquei alguns sais de banho na água, e entrei na mesma com cuidado deixando meu corpo relaxar.

...

_ Amor? _ ouço alguém me chama.

_ Lern acorda! _ chama mais uma vez me fazendo despertar.

_ O que houve? _ indago.

_ Você dormiu na banheira amor, vamos sair! _ diz Camz, logo me ajudando a sair dali e secando meu corpo.

Eu estava sonolenta ainda, então deixei ela me ajudar, ela me guiou até o quarto e me entregou um vestido e uma calcinha no qual eu vestir rapidamente, Camila parecia já ter tomado banho, quanto tempo eu fiquei ali?

_ Deite, que vou buscar algo pra comermos enquanto assistimos um filme! _ diz.

_ Prefiro maratona de OITNB! _ falo animada.

_ Você e essa série, tudo bem podemos fazer essa maratona! _ diz rindo.

_ Trás bastante comida, tem banana Camz? _ pergunto.

_ Sim, eu acho que ainda tem! _ fala.

_ Trás, tô com vontade, mas é só pra mim! _ digo.

_ Isso é injusto, você sabe que amo banana! _ diz com um bico.

_ Ta bom eu divido com você! _ falo.

_ Melhor namorada! _ grita Camila saindo correndo do quarto, mas volta depois me dando um selinho e saindo de novo, o que me ocasionou muitas risadas.

Camila voltou alguns minutos depois com alguns salgadinhos, frutas, suco, não podia descuidar  da minha alimentação, ela se deitou ao meu lado e logo me aconcheguei em seu corpo, iniciando o episódio.

_ Eu não gosto de laranja, mas talvez ficasse gostosa nessas roupa! _ comento assim que termino de mastigar.

_ Eu fico linda em tudo meu amor, e seria bem interessante nós duas presas, seria mas interessante eu te foder em uma cadeia! _ fala.

Porra.

_  Fantasia Camz? Questiono.

_ Muitas, e pretendo realizar todas com você! _ diz deixando um beijo molhado no meu pescoço.

Puta que pariu, ficou tão quente derrepente.

Essa latina me mata.


Notas Finais


Comentem..


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...