História Simplesmente Amor ❤ - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, D.O, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, JR, Jungkook, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, Tao, V, Xiumin, Youngjae, Yugyeom
Tags Bangtan Boys, Exo, Got7
Exibições 59
Palavras 1.252
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Harem, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiiiiiiiiiiiiiiiiiii, vortei com mais um cap. Néh. E... eu sei que eu to um tempinho sem postar... Eu tava com um bloqueio de criatividade ENORME. ENTÃO ME DESCULPEM. É só isso. Bezus.

Boa Leitura~

Capítulo 18 - " Fiquei com eles... Tô ficando putinha ein..." (Manuella)


Fanfic / Fanfiction Simplesmente Amor ❤ - Capítulo 18 - " Fiquei com eles... Tô ficando putinha ein..." (Manuella)

Todo mundo dormiu em casa.. E adivinha quem teve que acordar as 4:00 da manhã para procurar o Pedro? Exatamente... EU!

Eu: PEDRO?! Pedro?! Cade você desgraça?! – Falei indo para o quintal e lá estava ele... Deitado perto da piscina com uma garrafa de Vodca na mão. – Eu ainda te afogo na privada...

Tirei meus sapatos e empurrei ele na piscina e logo pulei também. Ele acordou e eu o ajudei a sair da piscina.

Pedro: Oque que se tá fazendo?

Eu: Acordando você, salvando a sua vida. Sabe que horas são?! Eu to aqui! Eu tava procurando você! Eu podia tá dormindo, mais não! Eu to aqui!

Pedro: Ai dor de cabeça.... Não grita pelo amor de Deus.

Eu: Vamos entrar, eu preciso trocar de roupa. – Digo revirando os olhos.

Pov Pedro Onn

Eu sempre achei a Manuella linda, mais ela está tão sexy assim... Com o vestidinho branco colado no corpo...

Manu: Posso saber por que tá me olhando com essa cara? Ainda tá bêbado?

Eu: Não, eu já estou bem. – Falo entrando. – Quer ajuda para subir a escada?

Manu; Quero. – Ela diz jogando uma toalha na minha cara.

Eu: Continua delicada, feito um coice de mula. – Falei e ela riu.

Manu: Não vou mudar, sinto muito. – Depois que eu me sequei eu peguei ela no colo (Estilo Noiva), e comecei a subir as escadas.

Quando cheguei lá em cima, ela pediu para que eu a colocasse no chão, mais eu quis levar ela até o quarto dela.

Manu: Obrigada. – Ela diz me dando um beijo na bochecha.

Eu: De nada. Manu... Eu quero... Sua ajuda e talz.....

Manu: Iih, lá vem. Diga.

Eu: Eu quero ficar com a Sayu...

Manu: Vou falar com ela. Não se preocupa, ela vai aceitar. – Ela sorriu.

Uma das coisas que eu mais gosto nela é o sorriso dela... Acabei não resistindo e roubei u beijo dela, no começo ela tentou me empurrar mais depois ela já começou a acariciar a minha bochecha e fomos obrigados a nos afastar pela falta de ar.

Eu: Desculpa..

Manu: Tudo bem. Vai trocar de roupa, vai acabar ficando doente ainda. – Ela disse entrando no banheiro dela. Sempre se preocupando...

Pov Manuella Onn

Aigoo, como ele faz uma coisa dessas?! Ele ainda tá bêbado, é isso. Eu vou tomar banho, dormir e vai tudo ser um sonho. Isso! Tomei meu banho e ainda enrolada na toalha fui até a minha cama e me joguei na mesma logo dormindo.

Acordei com um certo ser chamada Anne gritando igual uma doida.

Anne: ACORDA FIA DO CAPETA!

Eu: Para de gritar desgraçada!

Anne: .... Hoje é sábado néh?!

Eu: É!

Anne: Então desculpa, pode voltar a dormir. Me enganei.

Eu: Eu vou te matar. Depois que eu colocar um roupa. – A Anne se sentou na minha cama e eu coloquei minhas roupas intimas e depois um shorts e uma blusa aleatória. E comecei a correr atrás da Anne.

Quando chegou na escada eu liguei o Foda-se e desci correndo mesmo. Ela foi para a cozinha onde todos estavam.

Anne: ALGUÉM ME SOCORRE!

Eu: O FILHO DA PUTA QUE AJUDAR A ANNE MORRE JUNTO COM ELA! – Eu pulei em cima da Anne e antes que eu pudesse dar na cara dela o Jimin me pega e me joga no ombro me levando para o quintal. Onde o filho da puta me joga na piscina. – JIMIN SE VOLTA AQUI! SE VOCÊ SUBIR A ESCADAS EU PROMETO POR TUDO QUE É MAIS SAGRADO QUE EU TE JOGO DE LÁ DE CIMA!

Jimin: Como é vingativa! Ixi filha, se acalma. Conta até dez. Vai.

Eu: Jimin... Eu não vou contar até dez merda nenhuma. E SE NUM ME PEDE PRA FICAR CALMA NÃO, SE TÁ ME OUVINDO. Eu só acho que to ficando com dor de cabeça de tanto gritar. Me ajuda? – Falei estendendo a mão. Ele me olhou desconfiado mais segurou a minha mão e eu o puxei para dentro da piscina.

Jimin: Filha da mãe! Vem cá minina! – Ele disse me segurando pela cintura.

Eu: Me solta! – Falei rindo. E ai começamos a jogar água um no outro e ficamos rindo um tempão e brincando até percebermos que temos plateia.

Jimin: Ér... Vamos sair? – Ele disse corado.

Eu: Só se for agora. – Falei sentindo minhas bochechas queimarem. Ele me estendeu a mão e saímos da piscina.

Mon: Que fofo miga, MaJim... Sempre shippei. – Ela disse me jogando uma toalha. – Fico feliz de ver vocês se entendendo. Quando estava internada, Jimin ficava 24 horas olhando pra você. Teve até uma vez que eu vi uma lágrima escorrer pelo rosto dele enquanto te olhava.

Eu: Estávamos bêbados. E... Eu o perdoo. Por mais que eu ainda esteja um pouco magoada pelas coisas que ele me disse. Mais, tudo bem.

Mon: Não se sinta assim. Ele se arrepende. Eu vejo isso nos olhos dele.

Eu: Bom, eu vou tomar meu segundo banho do dia.

Mon: Como assim segundo?

Eu: Pedro bebida piscina = eu me joguei com ele.

Mon: Tendi. Eu... vou fazer café pra você está bem?

Eu: Tá. Obrigada Omma. – Falei sorrindo.

Mon; De nada. Eu levo pra você no seu quarto. – Ela disse bagunçando meu cabelo e sorrindo.

Fui até o meu quarto e deixei a porta entre aberta para a Mon. Peguei um vestido vermelho vinho e entrei no banheiro e comecei a tirar a minha roupa. Depois entrei no pequeno box e tomei um banho relaxante. Fiquei encarando a minha banheira um tempo. Eu estava com vontade de encher ela e entrar e ficar lá o resto da minha vida. Mais eu me enxuguei e vesti meu vestido que é um pouco curto, ajeitei meu cabelo e passei um batom vermelho bem clarinho. Sai do banheiro encarando o Suga deitado na minha cama.

Eu: Oque faz aqui?

Suga: Tem um tempo que a gente não conversa. Então, eu vou te fazer companhia enquanto toma seu café da manhã.

Eu; Okay. – Falei me sentando na cama e abrindo meu potinho de danette.

Suga: Você precisa falar com a Neide. Não sabemos se ela lembra de alguma coisa que...

Eu: Toma. Liga pra ela e coloca no viva voz. – Falei jogando meu celular pra ele. E ele ligou e ela logo atendeu.

Neide: Oi, Manu!

Eu: Oie querida! Tudo bem?

Neide: Tudo ótimo, eu que deveria ter te ligado pra agradecer. Tem mais alguém ai com você?

Eu: Não, tá no viva voz porque eu to na banheira e meu celular não é a prova d’agua.

Neide: Ah sim. Continuando... Obrigada! Foi a melhor noite da minha vida! – Suga ia começar a rir e eu botei a mão na boca dele.

Eu: Que isso. Vai querer um segundo encontro com o Matheus?

Neide: Ele é um fofo, eu adorei ele. Mais não faz o meu tipo entende?

Eu: Entendo sim. É uma pena.

Neide: Err... Bom, vai na minha festa néh?!

Eu: Vou sim claro, quase a me esquecendo de parabenizar você. Parabéns Neide! Eu entregarei seu presente na festa está bem?

Neide: Que isso, não precisa. O encontro já foi o presente. Você deve ter gasto uma fortuna com tudo. Não se preocupe.

Eu: Então.. Está bem. Fico feliz que tenha gostado! Eu tenho que desligar agora, até depois!

Neide: Até!

E então o Suga desligou.

Eu: ELA CAIU DIREITINHO SUGA!

Suga: ISSO PROVA O QUANTO ELA É UMA ANTA! A GENTE CONSEGUIU! UHHUUUU!!!! – Ele gritou e eu sem pensar dei um beijo nele. Foi só um selinho e... Me deixou envergonhada.


Notas Finais


Então néh, espero que tenham gostado. E que historia é essa da Manu ficar com os três amigos dela?! Tá ficando putinha ela ne naun? Bom, faz parte néh?! São só amigos! E ficaram! Nada de mais! E mais uma vez, um beijo pra quem quiser e até o próximo! ^^

Obs: Comentem suas criticas e opiniões. Desculpe qualquer erro. ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...