História Simplesmente Complicado - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias MasterChef Brasil
Personagens Henrique Fogaça, Paola Carosella
Visualizações 83
Palavras 880
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Fantasia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Heeeeey nenas! ❤

Feriadinho bom né?! Segue mais um capítulo pra fechar nosso dia com chave de ouro! 💕

Capítulo 6 - Massagem!


Fanfic / Fanfiction Simplesmente Complicado - Capítulo 6 - Massagem!

Paola deixa sua taça de vinho cair, fazendo cacos de vidros se espalharem pelo chão.

As amigas de Paola estavam perplexas, depois de anos, ver henrique na casa dela, era confuso. 


- Cheguei em uma hora ruim? - henrique pergunta enquanto se aproxima de paola. 


- O que está fazendo aqui? Mandei você ir embora - Ela diz baixinho. 


- Pois é, mas mudei de ideia - ele sussurra. 


Lu, Maria e Karla acharam melhor deixar os dois a sós, depois da revelação que Paola havia feito pra elas, decidiram que eles deviam aproveitar a noite. 


Paola insistiu para que as amigas não fossem embora, mas em vão. Elas saíram quase que correndo dali. 


- Acho que as suas amigas entenderam que queríamos ter uma conversa mais íntima - ele a agarra. 


- Você não presta! 


- E você gosta! - ele diz beijando ela. 


Henrique e Paola vão em direção ao quarto, sem desgrudar um do outro, os beijos eram cada vez mais intensos.


Ao chegarem no quarto, henrique tira rapidamente cada peça de roupa que Paola vestia, ela estava completamente dominada por ele. 


Enquanto henrique distribuía beijos lentamente no pescoço dela, ela retirava a camisa que ele vestia, em seguida desabotoava sua calça, deixando ele apenas de cueca box. 


- O que você quer de mim henrique?


- Tudo o que você quiser me dar - ele diz pegando ela em seus braços. 


Henrique vai em direção ao banheiro, e ao chegarem lá Paola logo percebe que sua banheira estava cheia de pétalas de rosas vermelhas. 


- Como você preparou tudo isso? - Ela pergunta o olhando fixamente. 


- Quando cê mandou eu ir embora, assim que suas amigas chegaram - até parece que você não me conhece né meu amor. 


Sem esperar nem mais um minuto, henrique ajuda Paola a entrar na banheira, em seguida ele se junta a ela, ele havia preparado tudo. 


Ao lado da banheira havia uma mesa, com alguns óleos para o corpo, henrique rapidamente passa um pouco em suas mãos. 


Por mais que delicadeza não fosse o forte de Henrique, ele massageia delicadamente as costas, deslizando sua mão até a bunda dela, os movimentos eram relaxantes, e excitantes. 


Paola não dizia absolutamente nada, ela curtia o momento, que por sinal era um dos melhores que já teve com henrique.


Ao perceber que Paola estava completamente relaxada, henrique faz com que ela vire de frente para ele. 


- E aí? Gostou da massagem? 


- Era tudo o que eu estava precisando Henrique - Ela diz enquanto alongava o pescoço. 


- Que tal ter um pouco de diversão agora? - ele entrelaça as pernas de Paola em sua cintura. 


Seu membro já estava duro, paola adorava saber que deixava ele assim. 


Ele introduz seu membro dentro dela, fazendo Paola gemer baixinho. 

Os movimentos de vai e vem eram lentos, fazendo com que assim o prazer duplicasse, e o desejo ficasse cada vez maior. 


Henrique tocava os seios dela, logo ele cola o seu corpo no dela, e por um momento os dois se tornaram um só. 


Paola gemia baixinho, o que dava mais tesão em henrique. 


- Você é minha Paola, e sempre será minha - ele diz selando um beijo em seus lábios. 


Henrique aumenta os movimentos fazendo com que os dois cheguem ao ápice juntos. 


Paola abraça henrique, e os dois ficam em silêncio por alguns minutos. 

Até que Paola pede pra henrique ir embora. 


- Vai ser sempre assim Paola? 


- Eu preciso que você vá embora henrique - a noite já foi agitada demais. - ela diz saindo da banheira, e vestindo um roupão. 


- Ok, eu vou, mas não vou desistir fácil.


Henrique sai da banheira, recolhendo suas roupas que estavam no chão, se aproxima para se despedir de Paola, e logo ela se afasta. 


Paola vê pela janela Henrique entrando em seu carro e indo embora. 

Ela deita sua cama, e pensa que tudo aquilo é loucura, apesar de ser uma loucura boa, que a atrai cada vez mais, ela temia com o que pudesse acontecer com o passar dos dias. 



(...)

Na manhã seguinte.. 


Paola acorda de bom humor, e logo dirigi até a sua pâtisserie, antes de iniciar os trabalhos daquele dia, ela reúne todos os seus cozinheiros e diz que quer mudar algumas coisas no cardápio. 


- Dona Paola, a senhora está radiante - diz seu sub chef. 


- Sério? Da pra perceber? - ela diz mexendo nos cabelos. 


- Sim, a quilômetros de distância - Não é mesmo pessoal? - ele diz em voz alta, e todos concordam. 


Paola agradece, e logo seu celular toca. 

Era André, avisando que estava na casa dela, e que ela havia esquecido da reunião que tinha marcado com ele. 


Ela se desculpa e logo segue em direção a sua casa. 


André estava encostado em seu carro, observando a horta que Paola tinha do lado de fora de sua casa. 


- André, eu.. - antes que pudesse terminar a frase, Paola tropeça, e André a segura encostando seu corpo no dela. 


Os dois se encaram, e Paola percebe que André á olhava diferente. 


- Me desculpe - ela diz enquanto seu corpo ainda está grudado ao dele. 


- Eu gostei, por mim ficaria assim com você o dia inteiro.. 



Notas Finais


Hummmmmmm! 😏


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...