História Simplesmente dói, JB - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, JR, Mark, Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae, Markbam, Pepigyeom, Yugbum, Yugson
Exibições 30
Palavras 1.627
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Altas tretas
Altas pegações
Altas mesmo sexy dance !

Aah vou morrer mesmo

Capítulo 15 - Meu Bumie 5/5


Fanfic / Fanfiction Simplesmente dói, JB - Capítulo 15 - Meu Bumie 5/5

POV Yugyeom

Naquele dia houve tantas lágrimas, dores e muita coisa errada na minha vida...

Flash Back 

Eu Kim Yugyeom, estou ainda mais apaixonado por Im Jaebum, fiquei muita das vezes cego por amor que havia me esquecido que o hyung estava namorando o Youngjae.

Eu não evitava mas ele, queria estar perto dele. Sentir ele. Pode parecer clichê, mas eu não estou nem aí se é ou se deixou de ser. Eu escolhi isso, só me deixe viver por um tempo.

– Bom dia, Gyeomie. - ele veio sorrindo e me dando um beijinho na bochecha.

– Bom dia hyung, mas não faça isso aqui. - controlei a minha respiração para que ele não percebe-se que estava nervoso, não que eu estava tentando me manter calmo MAS não dá.

– Só está nós dois aqui, Baby boy. - ele me deu um beijo e foi descendo a língua até o pescoço.

– Céus... - gemi baixo quando ele encontrou o meu ponto doce, estava querendo manter ainda mas a calma mais ela foi dar uma volta com a minha sanidade e a vergonha.

– JÁ DISSE QUE NÃO JACKSON! - as vozes dos outros membros estavam se aproximando da cozinha e o hyung tratou-se de se afastar.

Eles entraram e Bambam veio saltitando e me dando um beijo na testa eu gritei de nojo e ele me bateu.

– Você está sendo infantil, agora venha se sentar tenho algo a dizer a todos. - ele sussurrou para mim ouvir eu ri e antes que ele saiu o puxei pelo o braço.

– Vai contar que está namorando o Mark? - ele concordou levemente e eu gargalhei e chamei a atenção dos outros na mesa, ele me chutou e eu concordei parando.

Me sentei no meio de Jaebum e Jackson, estava sorrindo animadamente com oque o Bambam iria me dizer ou melhor nos dizer, ele mordia os lábios e estava tremendo.

Vi Mark segurar sua mão e dizer bem baixo que estava tudo bem, sorri mas logo senti minhas bochechas vermelhas quando as mãos de Jaebum estava na minha coxa, Bambam me mandou um olhar malicioso e eu franzi as sobrancelhas para aquilo.

– Bom oque eu quero dizer é que estou namorado... e é com o Mark. - ele estava com nervos a flor da pele e mantinha o máximo não chorar ou até mesmo gritar.

A reação dos outros membros não foi diferente da minha, menos Jackson, ele estava encarando a mesa mas não estava com uma boa impressão ágora, tentava ao máximo manter as mãos de Jaebum longe do meu corpo e queria deixar o clima Alegre.

– Chochochocho! - gritava sorrindo e rindo, minha mão foi puxada e eu olhei quem a segurava, era o Jackson ele estava ESMAGANDO a minha mãozinha.

– Ficamos feliz por vocês, nem acredito que esconderam isso dá gente, - Youngjae riu.

– O Yugyeom sabia. - Bambam apontou pra mim e eu arqueei as sobrancelhas para o dedo dele, minha mão foi solta e senti um aperto na minha coxa.

– PORQUE VOCÊ NÃO NOS FALOU MAKNAE!? - Youngjae berrou me deixando quase surdo, mostrei a língua pra ele e o mesmo caiu sentado rindo.

– Eles disseram para não contar, e como um bom amigo eu fiz isso, têm algo contra? - disse quase irônico quando senti outro aperto na coxa desci as mãos levemente até a calça do hyung e apertei o pênis dele contra a calça skinny e cueca ele me pareceu gemer abafado.

– Tínhamos que ir comemorar não acham? - Jinyoung que até agora não havia dito nada se pronunciou bem calmo na minha opinião.

– BALADA! - eu e Bambam gritamos em uníssono deixando os outros nos olhando, fui descendo lentamente para me sentar na cadeira.

– Okay, mais não será hoje. Teremos ensaios amanhã e nossa próxima turnê será no Canadá então vamos praticar. - Jaebum hyung sorriu nervoso sentindo minha mão ainda no seu lugarzinho especial, sorri retirando a mão de lá e ficando comportado.

– AIGOOO, só porque eu queria ir, mais que droga. - Bambam saiu da cozinha e fui me levantando para ir pra sala, Jaebum estava me seguindo mas apenas ignorei e continuei o meu caminho.

Corta tempo, POV Youngjae

Jaebum está agindo diferente comigo, está sendo mais rigoroso e ao mesmo tempo ele está sendo tão dócil com o Yugyeom e me deixando simplesmente de lado somente para dar atenção à ele. Depois da alta revelação de Bambam e Mark notava o quão nervoso Jaebum e Yugyeom estavam, olhei para baixo disfarçadamente e vi que a mão do meu namorado estava na coxa de Yugyeom, e mão do maknae estava no meio das pernas do outro.

Quando Yugyeom saiu para sala o Jaebum foi atrás dele, eu também fui não iria entregar o Jaebum de bandeja ao Yugyeom.

Os dois ali no mesmo sofá estava me deixando com raiva, Yugyeom estava corando e Jaebum sorria olhando para a TV que passava um desenho bobo, meus olhos correram até as mãos deles e vi que uma de Jaebum tinha sumido, olhei para o rosto do maknae e agora ele suava e gemia entre os lábios tentando se manter controlado.

– Jaebum, eu quero ir comprar sorvetes, vamos logo. - usei a voz mais fofa e chamei a atenção dos dois, bingo! Jaebum ia se levantando mas só ouvimos a voz de Jinyoung.

– Eu vou com você Youngjae, também quero sorvetes, vamos logo com isso. - Jinyoung surgiu do nada e isso fez com que Jaebum se sentasse e ficasse mais próximo de Yugyeom, me levantei bravo mas não deixei minha raiva transparecer e saí com o Jinyoung.

Volta de tempo, Kim Yugyeom narrativa

Depois que fui para a sala puis na TV um desenho, estava bebendo um pouco de suco, nossa sala era enorme cabia nos 7 e mais 5 pessoas. Jaebum veio e se sentou do meu lado, ele olhou descaradamente para a coberta que cobria minhas pernas, ele sorriu e eu ignorei por alguns minutos.

Estava querendo descanso mas não estava tendo que aguentar esse ser do meu lado. Escutei o barulho do meu botão e do ziper ser aberto e a mão atrevida dele brincar com o meu pênis.

Youngjae hyung estava do nosso lado sentado numa poltrona, mordia meu lábio inferior com força.

– Jaebum, eu quero ir comprar, sorvetes, vamos logo. - ele chamou-o e o mesmo foi levantado para ir, ele virou o rosto para me olhar e sorriu de lado me fazendo revirar os olhos.

– Eu vou com você Youngjae, também quero sorvete, vamos logo com isso. - Jinyoung hyung surgiu do nada me fazendo resmungar baixo, Jaebum se sentou do meu lado novamente e esperou para que aqueles dois saísse da sala, e quando saiu todos eu tive vontade de matar o meu hyung.

A Coco estava passando na nossa frente e antes que o meu hyung me atacasse de novo, a peguei no colo e fiquei brincando com ela.

– Coco, você roubou o Yugyeom de mim. - Jaebum tirou a Coco dos meus braços e fez algumas caretas para ela, eu apenas ri e isso chamou a atenção dele.

Ele colocou a Coco no chão e veio subindo em cima de mim, já eu, fui deslizando para baixo até que o mesmo cansado e me jogou no sofá e me fez cócegas.

– Atrapalho? - a voz de Bambam suou e o Jaebum olhou para cima e o Bambam sorriu.

– B-Bambam! - eu gaguejei nem um pouquinho surpreso, ele deu a volta e ainda nos olhava com intensidade.

– Desculpa atrapalhar o momento de vocês, mas JB hyung eu preciso do Yugyeom. - Bambam pois a mão no queixo e nos encarou.

– Está certo. - ele saiu de cima de mim e me mandou um do tipo 'ainda vou te pegar' meu corpo todo estremeceu quando ele me falava aquilo pelo o olhar.

– Parem de se comerem pelo os olhos. -  Bambam disse sem nenhum medo e eu o encarei com a sobrancelha arqueada.

Ele me contou que Jackson trancou o Mark dentro do quarto e como o Bambam não consegue arrombar a porta chamou por mim.

– MARK HYUNG!? - gritei batendo na porta e escutando um resmungo eu já estava sem paciência então acabei chutando a porta com força e abrindo-a.

Com certo barulho o Jaebum veio correndo até o nosso encontro, ele e nós olhamos dentro do quarto.

Mark estava deitado e seus pulsos eram apertados por Jackson, entramos e o hyung afastou Jackson de Mark. Então logo notamos que Mark olhava de relance para mim segui-lo.

Quando saí e o hyung também fomos para a sala discutir os assuntos.

– Yugyeomie obrigado! - Mark me abraçou com força me fazendo arfar de dor.

– Não foi nada, hyung. - sorri me afastando e olhando-o nos olhos, ele sorriu e apertou as minhas bochechas e saiu.

***

Jaebum e eu estava nos agarrando na cozinha e como já era de noite ninguém iria suspeitar, logo alguém ascendeu o interruptor e nem notamos o barulhos de lágrimas e fungações.

– Como você pode! - era a voz de Youngjae hyung nos separamos e nos olhamos nos olhos e depois para o hyung.

– Jae... - o hyung tentlu toca-lo mais apenas foi negado.

– Acabou!!!! - ele saiu pela a porta e nos deixou acabado na cozinha, toquei o rosto dele e sequei as lágrimas dele com beijinhos doces e o mesmo sorriu me arrastando para o quarto dele.

O hyung me mandou fazer uma das minhas novas sexy dance e só me lembro de ter acordado no dia seguinte com o meu Bumie em cima de mim



   


Notas Finais


Esse capítulo saiu com muita força da minha cabeça.
E se houver um erro eu corrijo depois.
Aproveitar e obrigado! 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...