História Simplesmente Eu - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer, Charlie Puth, Shawn Mendes
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Charlie Puth, Luke Hemmings, Michael Clifford, Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags 5sos, Calum, Charlieputh, Homossexualidade, Shawmendes
Exibições 8
Palavras 619
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oi , espero que goste :)

Capítulo 4 - Desencontro ou Encontro


Fanfic / Fanfiction Simplesmente Eu - Capítulo 4 - Desencontro ou Encontro

Os moradores já estavam se dispersando e aos poucos todos já haviam indo para o centro onde havia o show de uma banda local, Amber havia se afastado de mim no meio do desfile após receber uma ligação de sua mãe, eu nem esta me importando muito e realmente minha mente estava focada em descobrir quem havia enviado as mensagens. O sol estava se escondendo atrás das nuvens quando cheguei ao jardim municipal e o clima logo estava ficando nublado, olhei em volta e avistei um garoto de capuz sentado em um dos bancos do jardim.
Me aproximei com receio e me sentei ao seu lado esperando que ele expressasse alguma ação com a minha chegada, o silencio reinava entre nós e logo uma chuvinha fraca havia começado a cair, ele se virou pra mim e me olhou nos olhos.
Gosta de chuva?- ele me perguntou, era Luke com seus olhos azuis refletindo com o pouco de luz que sobrava no tempo nublado.
Fiquei em silencio por uns segundos o olhando e ele sorriu fraco sem mostrar os dentes tirando a blusa dele e colocando ela sobre minhas costas.
As mensagens eram suas?- o perguntei enquanto me levantei olhando as arvores.
Que mensagens?- ele me disse com uma expressão de quem não estava entendendo nada do que eu estava falando.
Nada, deixa pra lá... Eu vou indo então- tirei a blusa dele de minhas costas e a devolvi.
Não espera um pouco- ele disse apressando os passos para me alcançar.
O que você quer?- o olhei nos olhos enquanto andava.
As mensagens eram do Shawn eu acho... vi ele sair um pouco antes de você chegar, ele disse que você tinha o deixado plantado por bastante tempo... Perguntei o porquê dele querer falar com você e ele me disse que eu não tinha nada haver com a vida dele e saiu andando- ele disse enquanto vestia a blusa e nós andávamos ate um ponto de táxi que era coberto para fugirmos da chuva.
Serio?... O que ele poderia querer comigo - o olhei e ele sorria fraco enquanto me olhava, o sorriso dele era bonito ficaria anestesiado o olhando se ele não me dirigisse à palavra.
Sei lá... Ele não costuma se relacionar com os novatos da escola, veteranos você sabe o que dizem sobre eles, mais você e bonito vai ver foi isso... – ele desviou meu olhar quando chegamos ao ponto e se sentou no banco olhando a chuva cair.
Eu bonito? Você só deve estar brincando não pode ser – eu ri fraco e me sentei do lado dele.
Parece que estou brincando? – ele me olhou nos olhos e nossos rostos estavam realmente próximos me afastei um pouco e olhei a chuva cair tentando evitar o olhar dele.
Não costumo ser notado – falei meio baixo jogando uma pedrinha do chão em uma das poças que se formavam.
Você também não se esforça pra ser, talvez por isso - ele disse calmamente enquanto arrumava o cabelo olhando na tela do celular.
Talvez... Não quero me apegar a ninguém que eu possa um dia perder e ficar sofrendo pra sempre como aconteceu com meu pai – falei em tom baixo e olhei nos olhos
E você usa essa desculpa para se afastar de tudo e todos? – ele disse me olhando e sorriu fraco se aproximando e me  abraçando, fiquei sem reação e apenas retribui o abraço e ele quebrou o silencio.
Eu precisava disso tanto quanto você – ele se afastou um pouco e olhou nos meus olhos.
Você e bonito demais para ser desperdiçado se prendendo no seu próprio mundo Call- ele disse sorrindo fraco.
Valeu – foi a única coisa que pude dizer antes que ele se aproximasse e me beijasse.


Notas Finais


oi , sou o autor e espero que tenha gostado do desfecho que a historia esta tomando


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...