História Since Forever and Forevermore - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Walking Dead
Personagens Beth Greene, Carl Grimes, Carol Peletier, Daryl Dixon, Glenn Rhee, Hershel Greene, Lori Grimes, Maggie Greene, Merle Dixon, Michonne, Personagens Originais, Rick Grimes, Sophia Peletier
Tags Beth Greene, Bethyl, Caryl, Daryl Dixon, Romance, Songfic
Exibições 61
Palavras 1.247
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


MAIS UMA PARA VOCÊS BABYS!

Boa Leitura para vocês meus amores <3

Capítulo 20 - Our New Stories


Fanfic / Fanfiction Since Forever and Forevermore - Capítulo 20 - Our New Stories

Glenn: Isso é maravilhoso. – disse contente após receber a notícia de que Beth está grávida. – Eu sabia que ela estava grávida. – disse convencido.

 

Maggie: Virou adivinha agora? – perguntou com a cabeça de lado.

 

Glenn: Talvez. – ele sorriu. – Daryl vai adorar saber. Ele sempre quis ser pai. – ele continuou sorrindo. Mas Maggie mudou seu semblante ao se lembrar que Beth não quer que Daryl saiba.

 

Beth: Esqueça isso Glenn. – disse descendo as escadas. – Daryl não saberá. – ela para ao lado da irmã que permanece calada.

 

Glenn: Como assim? Ele é o pai, tem o direito de saber. – disse completamente surpreso.

 

Beth: Não vai adiantar nada. Ele vai continuar longe e não quero que meu filho ou filha cresça com a ilusão de que um dia o pai voltará. – ela se senta em uma das poltronas da sala.

 

Glenn: Beth, ele foi para Houston apenas por um ano. Ele não ficará lá para sempre. – ele diz e gesticula indignado.

 

Beth: Isso depende muito. E se ele conhecer uma mulher lá? Tenho certeza que ele não voltaria. – disse encarando Glenn. – E também eu já sei o que vou fazer. – Glenn deu uma volta na sala e se sentou no sofá colocando as mãos no rosto mostrando total indignação.

 

Maggie: O que vai fazer? – ela disse e se sentou ao lado do marido.

 

Beth: Vou para Nova York! – eles olharam surpresos para Beth. – Vou morar no meu apartamento e trabalhar como advogada.

 

Maggie: Tem certeza disso?

 

Beth: Total. Eu tenho amigos lá e conheço um escritório de advocacia que precisa de uma advogada. Sim, eu já liguei para lá. – Glenn fazia questão de expressar o quanto estava insatisfeito com tudo aquilo, mas não podia fazer nada.

 

Glenn: Certo, se quer se mudar para NY e esconder o bebê do Daryl,quem sou eu para impedir as merdas que você está fazendo na sua vida? – ele se levantou e foi para fora da casa, Maggie pensou em acompanhá-lo, mas antes quis dizer algo para a irmã.

 

Maggie: Escuta, você é adulta e sabe o que quer fazer da vida, eu concordo com o Glenn, mas se você quer assim é melhor correr atrás. – ela abraça a irmã e vai atrás do marido.

 

Beth se levantou e foi para a janela onde viu Glenn e Maggie indo em direção ao túmulo de Hershel, pouco depois ela avista Jimmy indo até a casa, ela se adianta e abre a porta para que ele pudesse entrar, Jimmy entra e antes que conseguisse falar qualquer coisa Beth faz um pedido.

 

Beth: Vem para NY comigo? – as palavras saltaram da boca dela. Jimmy ficou surpreso, até porque ele pensava que Beth o odiava depois daquele beijo.

 

Jimmy: Quando? – ele e Beth sorriram.

 

Beth: O mais rápido possível, estava pensando em comprar as passagens semana que vem. – ela disse ansiosa.

 

Jimmy: Ok, mas... por que essa pressa para ir para NY? – disse curioso.

 

Beth: Estou grávida do Daryl. – Jimmy sentiu o mundo dele desabar. Para ele que sempre foi apaixoado pela Beth, escutar isso foi a pior notícia de todas. – Eu não quero que ele saiba, por isso quero ir embora. – essas palavras impediram o surto que Jimmy estava prestes a ter.

 

Jimmy: Oh meu Deus. – ele suspirou aliviado. – Se quiser eu vou com você comprar as passagens. – ele sorriu.

 

Beth: Eu digo que estou grávida e você só pensa nas passagens?

 

Jimmy: Foi mal. Eu preferiria que o filho fosse meu, mas eu posso ser o pai que esse bebê não vai ter. – ele se aproxima da Beth e coloca uma mecha do cabelo dela atrás da orelha.

 

Beth: Obrigada Jimmy. – ela sorri. – Se não se importa, eu vou precisar sair.

 

Jimmy: Tudo bem, eu vou esperar aqui.

 

Beth: Ok. – Beth sorri e sai da casa. Ela percebe que o casal não está mais no túmulo do pai e vai até lá. Ela se deita ao lado da lápide e observa o céu azul, sem nenhuma nuvem. – Por que você se foi tão cedo? Se você soubesse o quanto eu preciso de você. – algumas lágrimas escorrem pelo rosto dela.

 

Flashback On

 

Beth: Papai, papai, papai. – a pequena garotinha corre até os braços do pai que trabalhava na plantação de tomates.

 

Hershel: O que minha menininha está aprontando?

 

Beth: Eu nada, mas a Maggie está me assustando com aquela boneca feia dela. – ela faz bico e o pai ri dela.

 

Hershel: Ai ai, eu vou precisar jogar aquela boneca fora? – ele se senta na grama com a filha.

 

Beth: Ótima ideia papai. – ela sorri.

Hershel: Já disse que não precisa ter medo da boneca, ela não vai fazer nada. – ele passa a mão no cabelo da filha.

 

Beth: Não adianta, eu sempre vou ter medo dela. – ela abaixa a cabeça. – Eu sempre vou precisar de você para me proteger. – ela levanta e braça o pai.

 

Hershel: E eu sempre estarei aqui para te proteger.

 

Flashback Off

 

Beth: Eu já não tenho mais você para me proteger.

 

Houton, Texas POV’ Autora

 

Daryl batia tanto em Ed que Morgan foi obrigado a tira-lo de cima do homem. Daryl tentou lutar contra Morgan para que ele o deixasse acabar com aquele maldito, mas para Morgan aquilo já era o suficiente. Morgan o jogou para longe de Ed, que estava ensanguentado e com o rosto inchado e roxo. Daryl olhava para a mão cheia de sangue e sentia ódio toda vez que pensava no que aquele desgraçado tinha feito com a menina.

Ele se levantou e encarou Morgan, estava um pouco tonto, mas conseguiu falar com Morgan.

Daryl: Esse cara precisa apodrecer na cadeia. – ele disse apontando para Ed. – Na verdade, ele merece morrer só pelo simples fato de existir.

Morgan: Eu te entendo, e vamos dar um jeito nisso. Obrigado pelo que fez, eu não teria dado conta.

Daryl: Não precisa agradecer, não por isso. – ele vai até a cozinha e lava suas mãos. – Onde a mulher foi?

Morgan: Carol é o nome dela, o seu amigo levou ela e Sophia para algum lugar.

Daryl: Vou ligar pro Ian e perguntar. – ele tirou o celular do bolso. – Quer ajuda com ele?

Morgan: Não, eu vou ligar pra a polícia e resolver isso. Qual o seu nome?

Daryl: Daryl Dixon. – ele foi até Morgan e estendeu a mão.

Morgan: Morgan Jones. – ele apertou a mão de Daryl com firmeza.

Daryl: Vamos Ian, me atende cara. – ele começou a bater o pé direito por causa da ansiedade.

 

Telefonema On

 

Ian: Fala Daryl.

Daryl: Graças a Deus! Onde vocês estão?

Ian: Estamos no hospital St. Joseph. Eu trouxe Carol e a filha para cá para ela fazer alguns exames.

Daryl: Ok, eu estou indo para aí.

Ian: Avisa o Mongan Jones que a esposa dele está aqui e que o filho deles está na casa do Lucas, um amigo de escola dele.

Daryl: Eu aviso. Tchau Ian.

Ian: Tchau.

 

Telefonema Off

 

Daryl: Eles estão no St. Joseph, e seu filho está na casa do Lucas!

Morgan: Minha esposa deve estar lá com elas no hospital.

Daryl: Isso mesmo. Merece um balinha pela esperteza. – ele disse irônico e fez Morgan rir. – Eu vou pra lá. Eu só não sei como chegar.

Morgan: Aqui. – ele tira as chaves do carro do bolso e joga nas mãos de Daryl. – Pode ir no meu carro, tem um GPS, você sabe usar?

Daryl: Claro que eu sei. – disse balançando as chaves. – Obrigado. Eu peço para mandarem notícias.

Morgan: É bom mesmo. – ele sorri e Daryl sai em direção ao hospital. 


Notas Finais


É isso por hoje meus amores.
Espero que tenham gostado!
Thanks Guys!!"


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...