História Sing - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Deuce, Hollywood Undead
Personagens Daniel "Danny" Murillo, Dylan "Funny Man" Alvarez, George Ragan (Johnny 3 Tears), Jordon Terrell (Charlie Scene), Jorel "J-Dog" Decker, Matthew Busek (Da Kurlzz)
Tags Aventura, Banda, Romance, Show, Tour
Exibições 10
Palavras 2.225
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Demorei, mas é a vida. Eu criei uma fanfic onde vou postar musicas e poesias, agora as musicas que eu crio só vão estar em Inglês, mas a tradução de todas elas estarão na outra fanfic. Alem delas estarem inteiras lá, estará a tradução e algumas curiosidades da musica em si. Com aqui eu uso minhas musicas para por aqui, vou coloca-las lá também, então se quiserem saber sobre a musica é só ir nas notas finais que vou deixar o link aqui.

Voltando a fanfic, essa foi bem feels, mas é por que eu to em um momento da vida que eu não sei o que eu faço mais em relação a sentir algumas coisas, mas isso não importa. Desculpem algum erro ortográfico e bora para a fanfic.

Capítulo 11 - Do not hurt me when I tell you that I love you.


Fanfic / Fanfiction Sing - Capítulo 11 - Do not hurt me when I tell you that I love you.

Ficaram ali conversando e comendo algum lanche que “Barb” tinha feito. A mesma convidou Aron a dormir no sofá, porem ambos dormiram juntos na sala vendo Tv, ela sentada com a cabeça encostada no ombro dele e ele sentado com a cabeça para trás encostada no sofá, os dois com um cobertor por cima deles.

~*~*~*~*~*~*~*~

P.O.V Narrador

Depois de uma semana de shows, hoje era o dia em que Sweet Revenge iria em uma radio fazer uma espécie de ''contar sobre a banda, dizer como criaram o álbum, e cantar''. Hollywood Undead foi junto e eles ficaram eu um sofá no mesmo lugar da outra banda, porem SR estava numa mesa redonda junto com os moços da rádio um pouco a frente. Os meninos estavam lá pois queriam ver a outra banda, estavam muito interessados .

Então o Robert, o moço que faria as perguntas já avisou os outro que estavam entrando ao vivo.

- Ola minha gente, aqui é da radio 99m e hoje temos uma banda que cresceu da noite para o dia e esta fazendo sucesso em todo lugar que toca. Uma banda que nasceu fazendo covers e agora possui seu primeiro álbum que estou na Billboard como top 1 em vendas.. – Fez a pausa dramática- Sweet Revenge..

Assim sons de comemorações foram colocados e a banda riu com isso, logo Robert voltou a falar

- Ola, então já começando quem é o líder da banda? – Perguntou

- Olá- Todos da banda disseram, mas Ariel olhou rapidamente aos outros e eles assentiram – Não temos um líder, mas basicamente eu adoro tomar a iniciativa das coisas. – Disse Ariel com som amigável e calmo.

-Ah sim, primeiramente a banda é maravilhosa, ouvi o álbum e cheguei ate a chorar. - Brincou. – Mas então como a banda surgiu?

-Bom chega até ser engraçado, cada um fazia coisas distintas de musica... – Ariel contou sobre o começo da banda. Mas não era só Ariel que respondia Hope e Dazze respondiam também. Rafael e Andy brincavam, mas participavam também.

- Mas então, muitos fãns de vocês queriam muito saber a respeito de relacionamento. Recebemos muitas mensagens e textos nas redes sociais sobre isso, quero que cada um responda, por favor. – Disse Robert

-Bom eu sou casado e tenho uma filha e sou muito grato por isso.- Disse Dazze

-Eu estou a namorando a dois meses com uma garota incrível, e eu espero chegar até onde meu irmão chegou né’ Dazze?- Andy disse sorrindo

- Eu estou solteiríssimo, gatas venham - Rafa brincou

Hope e Ariel se entreolharam e ficaram um pouco coradas. – Bom eu estou namorando também, e a pessoa em si é muito engraçada e muito zuera, mas eu amo o jeitinho dele. – Hope disse enquanto ria e olhava de vez enquanto para Matt que estava um pouco para a sua direita.

- E então querida Ariel e voce, conte-nos. As perguntas, a maioria era sobre voce. – Rebateu Robert

-Ahh haha, não vou mentir que fiquei tímida ao ouvir isso. – Ariel corou violentamente. – Bom é meio complicado, mas eu.. estou gostando de alguém. – Respondeu calma, mas se percebia que a mesma estava muito nervosa.

-Hmmm e todos aqui nem tocaram ao nome de quem é, são misteriosos, mas Ariel ou Hope talvez, não poderiam dizer pelo menos o nome?- Robert estava realmente querendo saber sobre a vida delas.

Ambas se encararam e os outros chegaram a perceber, Robert riu mas isso piorou para as duas, elas não sabiam se podiam contar. Até que o celular de Ariel recebe uma mensagem, ela rapidamente lê e mostra para Hope. “Hope, Matt não liga se voce disser, mas Danny esta meio apreensivo.”

-Bom - Hope toma a frente enquanto Ariel achava uma resposta. – Meu namoro é muito recente, mas é Matthew Busek do Hollywood Undead. – Hope sorri e ri timidamente

- Sério? Que maravilha, vocês estão fazendo Tour juntos não? – Hope confirma – Parabens ao casal. E voce Ariel? – Robert estava sorridente

- Prefiro não comentar, sabe como é... Não temos certeza do futuro – Ariel disse e Robert sentiu que o clima piorou um pouco então logo pediu para tocarem uma musica na versão acústica.

– Então, gente agora vamos escutar uma musica dessa incrível banda e já já voltaremos com mais perguntas.- Disse Robert

- Essa musica é muito importante para nós, e foi a ultima do álbum, diferente da demais ela é a única mais puxada para o romântico.. Essa é Until Dawn. –Disse Ariel

A banda em si uns pegaram o violão e Hope pegou seu Cajon acústico e assim começaram. Com o ritmo lento e o violão praticamente fazendo um som perfeito, a musica claramente era diferente das demais.

Sadness seems to increase every second.
I feel broken, but nobody needs to know, right?
I've wished all the best for you, I swear, I wished,
But you did not care. Do not cry for the things that have passed

Ariel começou a cantar e fechou os olhos enquanto começava um ritmo lento e calmo, demonstrava a dor perfeitamente.

Live for death, suffer for sadness, cry for happiness, die for life. I just wanted a sign ..

As pausas em momentos perfeitos traziam sentimentos a todos que estavam naquela sala, tanto as pessoas que estavam ali por simplesmente trabalharem ali, quando os curiosos da radio, quanto Robert que olhava atentamente, quanto os meninos do Hollywood Undead. Ao irem traduzindo, sentiam um aperto no coração.

I just wanted one last request, one answer.
What do you imagine when they say my name to you?
Do you even think of an illusory future?
Sometimes the best we do is pretend and pretend

 

Enquanto Ariel cantava essa parte, Johnny perguntou a Danny. – Essa musica parece ser uma mensagem a voce Danny, mas como foi dito, eles criaram essa musica há muito tempo e nem nos conheciam antes. - Brincou. – Eu amo o timbre da Ariel. – Disse

- Sim é muito lindo, cara ela parece que consegue fazer a gente lembrar-se de todas as merdas que aconteceu com a gente, parece que lembrados das perdas e dores que já tivemos. – Jorel disse.

- Ariel, tenho medo de magoá-la, mas eu admito.. eu amo ela, não sei como foi possível em muito pouco tempo eu começar a gostar dela, mas ela é tão diferente de minha ex-mulher, mas é tão bom.. Ve-la cantar essas coisas e saber que quem cria a maioria dessas letras é ela, me machuca por não fazer idéia que ela existia antes de conhecê-la. – Desabafou Danny

Jorel passou a mão nas costas de Danny em um sinal claro para o mesmo relaxar, todos ali consolaram Danny, mas voltaram a atenção na musica.

Save me, all I can do is keep falling. Save me, until dawn.
For the tears, unspoken words, for scars, every thought not told, for every suicide, lives not lived. But I just wanted one last request, one answer.

Ariel abriu os olhos e encarou Danny, porem logo baixou o olhar e voltou com a postura frágil de que a qualquer momento pudesse quebrar, ela parecia tão vulnerável nessa musica, não era como nas outras em que ela tinha uma postura firme e confiante. Que quem se mexe com ela poderia ser destruído, agora era a Ariel, ela mesma, sem nenhuma armadura.

What do you imagine when they say my name to you?
Do you even think of an illusory future?
Sometimes the best we do is pretend and pretend

 

Hope ajudava Ariel nessa parte e aquilo ficava magnífico, as duas possuíam vozes que se encaixavam uma na outra. Uma melodia forte e tão destruidora, porem Hope mostrava mais confiança na voz e na postura do que Ariel.

I feel broken, but nobody needs to know, right?
I feel terribly good when I'm with you.
Even more, when I'm by your side
But at the same time you save me, you let me fall ...
I feel like I'm one of them all.

Assim a musica foi parando até chagar o fim, e então Ariel abriu os olhos e todos da sala bateram palmas. Eles voltaram a mesa e se sentaram novamente e esperaram por Robert. Que logo voltou a falar

- Magnífico, gente, essa é a banda Sweet Revenge com novidades e musicas de arrepiar, gente, essa musica mexeu comigo, eu entendo o porquê são tão famosos agora. – Robert dizia enquanto mexia nos áudios da sua mesa.

- Obrigada. – A banda disse ao mesmo tempo

- Então The Pieces of a Broken Heart, esse álbum maravilhoso, como ele nasceu? Por que justamente essa temática? – Robert pergunta

- Bom todo mundo quando esta triste com alguma decepção amorosa procura por musicas que falem sobre isso, voce necessita ouvir uma musica que diga o quanto voce se sente sozinho, de como voce queria estar com alguém ou ate mesmo.. Tudo o que voce chegou a fazer pela pessoa e ela.. Simplesmente resolveu te deixar.. – Ariel disse com o tom de voz mudando um pouco para manhoso no fim da frase

- Então nós pegamos nossas decepções amorosas ou familiares, pois a família ou a ausência dela nos magoa também, e então cada um escreveu o que sentia esse álbum cada um tem uma musica e cada um criou uma. Obviamente como Ariel se encarrega por cantar, ela cria mais do que os outros. – Diz Hope tomando a frente vendo que Ariel estava meio triste.

- Fora que atualmente todos os adolescentes sofrem disso, e muitas vezes não tem amigos ou família, ou sentem medo de dizerem isso e serem chamados de fracos. O amor.. Matou mais do que qualquer guerra, amor familiar, amor de alguém que goste.. Isso machuca e então nós resolvemos lidar com isso, usar algo que todos os cantores amam escrever, mas nenhum sabe realmente se expressar. - Dazze disse confiante, mas ele passou a ser visto com um homem de verdade, não tendo vergonha de dizer que já sofreu por amor.

- Gente vocês são incríveis, mas chegamos à nossa ultima pergunta, que na verdade são duas, pois engloba a outra.. Como é fazer um Tour com Hollywood Undead, a banda favorita de todos vocês, e como é a convivência? – Robert não podia fechar de outra forma se não fosse com chave de ouro.

Cada um disse o que achava na parte de Hope e Ariel as coisas começaram a ser divertidas e tensas ao mesmo tempo.

- Bom, praticamente eu e Ariel surtamos quando vimo-los, sabe né’? A banda favorita que voce sonhava em casar com eles, e do nada vira realidade? Pega a gente de surpresa, mas foi um sonho pra mim, namorar com o meu ídolo favorito é maravilhoso, e ah meu deus, todos são incríveis, não tem como responder isso. Convivência e o Tour são maravilhosos também, ficamos amigos e contamos um com o outro, fazemos festas juntos e adoramos comer em “família” é realmente uma família nova para mim. – Hope dizia belamente, empolgada e lançava sorrisos lindos durante sua fala, era uma moça muito linda.

- Devo concordar, a gente ganhou uma família nova, são aqueles amigos iguais aos de escola, que no primeiro dia você acha estranho, mas da uma semana e todo mundo já se ama, haha – Ariel riu. – Cada um deles, tem um jeitinho de ser, e conhecê-los e ver que eles são os mesmo do show e das entrevistas é muito bom. Não são iguais aos que passam ser uma coisa no show e depois é totalmente rude ou grosseiro com os fans. É uma ótima banda, fico feliz por te-los aqui. – Ariel disse indiferente, mas dizia com um brilho no olhar.

Tudo o que ela mais queria dizer naquele momento era como Danny estava dominando sua cabeça e como ele estava presente em cada pensamento que ela tinha. O quanto ele a respeitava e era bom com ela, o quanto foi gentil e a mostrou que a novos caminhos a seguir do que a solidão, que mesmo duas pessoas feridas podiam se ajudar e crescer juntas. Que não importava o quanto estavam longe ou perto, ambos adoravam o outro de uma maneira incrível. Ou ate mesmo que ele a ajudava a seguir em frente e derrotar seus medos mesmo só com um olhar. Ah aquele olhar que ambos trocavam quando tinham que fingir que nada estava acontecendo, ou como era divertido esperarem todos saírem para se beijarem ou esperar um momento certo para fugirem ao mundo só deles. Ou como era bom dormir com ele ao seu lado e saber que seu coração estava se regenerando.

Mas ela não podia, não sabia se Danny iria aprovar, ela tinha medo de que falassem que ela só esta usando ele para ganhar fama, ela TEM medo que falem coisas que ela não é, ela não queria estragar nada, então sobrou estragar o próprio coração novamente por guardar todos esses sentimentos. Era ruim não poder dizer o quanto ama alguém..

É terrível amar alguém tão fortemente, mas ter medo que ela encontre alguém melhor, ou desista de voce após te fazer promessas e dizer que te ama também...

 

“Outra vida vai para a faca
Eu não podia deixar de respirar porque eu não quero morrer..
Agora que eu vejo
Eu vejo você enterrado,
Seis metros abaixo
Não é certo você pode ouvir como eu choro..
Eu não podia deixá-lo viver porque eu não quero morrer..” - IDWD

 


Notas Finais


Bateufeels 1 :')

Desculpem qualquer erro ou concordância errado, comecei a escrever bem inspirada mas agora ao postar e colocar tudo certo eu estava com sono então { sorry } vou corrigir mais tarde.
*
Enfim, espero que tenham gostado. e o link vai estar aqui em baixo caso queiram ver a musica, deixe um comentário se for possível, e fara uma leitora triste muito feliz :v

** https://spiritfanfics.com/historia/diario-de-yuu-7142249 **

Até o próximo bye bye

Com amor Yura


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...