História Sing! (Park Jimin) - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias ASTRO, Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Eunwoo, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinjin, Jinyoung, Jungkook, Mark, MJ, Moonbin, Personagens Originais, Rap Monster, Rocky, Sanha, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Visualizações 19
Palavras 1.245
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 23 - Acidente


Cap 23

•1 ano depois•

Bruna: Bom dia Camila - comprimentei a recepcionista do hospital

Camila: Bom dia Dr.Bruna - falou se curvando atrás do balcão

Bruna: Daqui a 5 minutos mande entrar o primeiro paciente - falei para a mesma

Camila: Sim Dr.Bruna - falou e eu entrei na minha sala

Assim que eu entrei fui logo ligando meu computador e tirando meus aparelhos médicos da gaveta, fui ao banheiro e botei meu jaleco, quando sai, me sentei em minha mesa e logo a primeira passiente entra.

Xxx: Bom dia Dr. - falou se curvando

Bruna: Bom dia - me levantei e me curvei para a mesma

Depois de um tempo conversando com ela, passei uma receita médica pra ela é a mesma agradeceu e saiu, não demorou muito e outro paciente entra.

•4 horas depois•

Depois de atender todos os pacientes, fui para meu horário de almoço, avisei a Camila que daqui a 1h eu voltava e que nao iria atender mais ninguém hoje.

Sai e fui direto para o meu carro, logo fui em direção ao escritório de jimin, chegando la comprimento as recepcionistas e subo até o 31° andar, chegando la vou ate a porta 950 e bato na mesma.

Jimin: entra - falou do outro lado da porta

Bruna: Oi amor - falei abrindo a porta e logo depois fechando a mesma

Jimin: Oi - falou ainda concentrado nos papeis em sua mesa

Bruna: Vc não vai almoçar hoje? - perguntei mas o mesmo não respondeu - ok, se vc estiver tão ocupado ao ponto de me ignorar eu vou embora - falei irritada e o mesmo olhou para mim

Jimin: Desculpe, eu estou tentando resolver um caso muito complicado - falou e eu assenti - espere um pouco que já eu vou almoçar com vc - falou e eu me sentei no sofá que tinha no canto da sua sala e logo peguei o celular

No mesmo tinha 1 mensagen de uma paciente minha, abri a mesma e li

•Mensagem on•

Sun: Dr

Sun: Vc está no hospital?

Bruna: n

Bruna: pq?

Sun: É sobre meu filho

Sun: ele acabou de sofrer um acidente

Sun: me ajuda Dr, por favor

Bruna: estou chegando

•Mensagem off•

Bruna: jimin amor, tenho que ir - falei indo até o mesmo e dando um selinho nele

Jimin: Mas o almoço? - perguntou confuso

Bruna: hoje não vai dar, estão precisando de mim do hospital - falei logo fechando a porta

Desci rapidamente indo direto para o meu carro, assim que ligo o mesmo dei partida e no meio da caminho me deparo com um carro capotado e um caminhão batido, no chão tenham 3 pessoas mortas e dentro do caminhão tinha mais dois, logo acelerei o carro indo direto para o hospital.

Chegando lá me deparo com minha passiente chorando, logo Moonbin aparece e me explica tudo, e nós vamos direto para a sala de cirurgia.

O menino tinha batido a cabeça e tinha um corte profundo na barriga, logo começamos a cirurgia na barriga pois alguns órgãos saíram do lugar.

Quando terminamos eu e Moonbin fomos até a mãe do menino e a mesma estava aos prantos, fui acalmar ela e Moonbin explicava a situação para o tio do menino.

Bruna: Fique calma sun - falei - vai da certo, a cirurgia foi bem sucedida - falei e a mesma parou de chorar um pouco

Sun: obg Dr.Bruna, obg por salvar a vida do meu filho - falou

Bruna: Não me agradeça,não fiz mais que minha obrigação - falei e a mesma me abraça e logo Moonbin veio até mim

Moonbin: Se vc não tivesse chegado antes, esse menino não resistiria - falou e eu assenti - bom trabalho - falou

Bruna: pra vc também - falei e o mesmo sorriu

Fui para minha sala junto com Moonbin e ficamos conversando, até eu ouvir um batido na porta e logo grito um "entra" e a porta se abre revelando o jimin.

Jimin: Oi - falou indo comprimentar o Moonbin - e ai cara - falou abraçando o mesmo

Moonbin: e ai - fala abraçando o jimin

Bruna: Vcs parecem dois adolescentes - falei

Moonbin: isso é bom - falou e eu ri junto a jimin é logo ele sai da sala deixando so eu e jimin

Jimin: Oq aconteceu pra vc sair daquele geito? - perguntou

Bruna: Aconteceu um acidente grave com um filho de uma paciente - falei e o mesmo assenti - o menino estava voltando da escola junto com seus vizinhos e um caminhão bateu no carro dele fazendo o carro capotar, os 3 vizinhos que estavam junto com ele morreram na hora, já ele sobreviveu por pouco - falei

Jimin: Mas ele já tá melhor ? - perguntou e eu assenti - que bom - falou aliviado

Bruna: Vamos comer alguma coisa? - perguntei e o mesmo assentiu e nos nós fomos para um restaurante almoçar

Chegando lá pedimos a comida é jimin puxou um assunto.

Jimin: desculpe ter ti ignorado mais cedo - falou

Bruna: Não, tudo bem - falei

Jimin: Eu peguei um caso um pouco complicado - falou - uma mulher estrupou o filho 4 vezes e o pai que a guarda dele, e ele tem todas as provas de que ela mautratava o filho, e eu de alguma forma tenho que defender a mulher - falou - chamei a Gabi hoje mais cedo no meu escritório para a mesma me ajudar e a mesma falou que as provas não são o suficiente, e ela tem razão - terminou

Bruna: Quais as provas? - perguntei

Jimin: marcas na pele do filho - falou - eu posso muito bem dizer que isso foi quedas que ele levou no Colégio - falou - mas eu nao posso mentir então chegamos a uma conclusão, vou defender ela de qualquer maneira, mas ela não tem um pingo de chances de ficar com o menino - falou e eu assenti

Logo a comida chegou e nos comemos, depois nós voltamos para o escritório de jimin e eu fui na sala da gabi que ficava na frente da do jimin, logo bati na porta e a mesma libera minha entrada.

Bruna: Oi viada - falei - tá ocupada ? - perguntei

Gabi: Não - falou e eu me sentei na cadeira a sua frente

Bruna: como vai a vida - perguntei

Gabi: Nada não, só que o JB me pediu em casamento - falou e eu dei um grito

Bruna: o JB oque ? - perguntei

Gani: Isso mesmo que vc ouviu - falou

Bruna: meu deus, parabéns - falei e a mesma agradeceu

Não demorou muito e o Jackson entra na sala com ums papeis em maos.

Jackson: Gabi, tem um caso aqui que acho que vc vai gostar, é tua cara - falou indo ate a mesma

Jackson: Brunaa - falou me abraçando assim que percebeu minha presença

Bruna: Oi Jackson -falei sorrindo - como que tá sua noiva?

Jackson: Bem, obg por perguntar - falou e eu sorri

A gabi pega o papel das maos de Jackson e começa a ler

Gabi: Jackson - gritou

Jackson: Oq foi? - perguntou rindo

Gabi: tu ainda pergunta - falou irritada

Jackson: Não gostou ? - perguntou ainda rindo

Gabi: Não - falou e eu peguei o papel da mão dela

Nele tinha escrito, "tiririca toma o lugar do Matheus Ceará na Praça é nossa e Matheus Ceará pedi processo".

Jackson: o Matheus Ceará ta oferecendo 30 mil conto - falou

Gabi: Eu quero - falou pegando o papel da minha mão e eu e o Jackson começamos a rir da mesma

Continua?


Notas Finais


Desculpem a demora, estava sem tempo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...