História Sinto sua falta - [ Park Jimin ] - Capítulo 47


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Drama, Jhope, Jimin, Jin, Rap Monster, Romance, Suga
Visualizações 177
Palavras 693
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Todo fim de semana um capitulo novo,espero que gostem.

Capítulo 47 - 10 - Maldita babá


Fanfic / Fanfiction Sinto sua falta - [ Park Jimin ] - Capítulo 47 - 10 - Maldita babá

S/n on.
Depois que limpei a sala com a babá ela me despençou "Vá e fique com seu marido." Deixei o material de limpeza no chão,fui até as crianças,dormiam,fui ao nosso quarto,Jimin estava sentado na beirada da cama,olhando fixamente para um lugar qualquer,seu rosto machucado me machucava mais que tudo,cheguei de mancinha e o obraçei pelas costas passando os braços por sua cintura. Ele respirou fundo e senti suas mãos pequenas cobrirem as minhas,me virei para ele para ver seus olhos,eram distantes,eu sabia que ele estava pensando no pior.

Jimin on.
Eu estava no quarto pensando,e se Bambam me atacar novamente,ou pior atacar minha mulher,ou meus filhos? Eu estou enlouquecendo,seria certo contratar seguranças? Eu devo ter tanto medo dele? Mal pude defender S/n esta noite,quando cai com ele no chão aquela cena se repetiu,o olhar ferroz de S/n para mim,ela segurando no rosto de Bambam o tratando como um bebê,me chamando de idiota e falando aquilo,sacodo a cabeça para tentar esquecer,vejo no chão um broche,S/n o tinha a um tempo,era um presente de Bambam,eu sabia porque investiguei,agora ele ali no chão mostrava que ela não se importa mais com ele,fiquei feliz,mas triste por S/n ter perdido um amigo. Quando ela chega por trás me abraçando,volto a respirar e toco em suas frageis mãos e olho para a minha machucada,seu rosto esta colado as minhas costas e eu sinto sua respiração,me mecho e ela fica na minha frente,olho em seus olhos e penso. Eu não aguentaria ver ela em outros braços,oh S/n eu te amo tanto,eu queria mudar tudo isso e ter uma vida tranquila,com você e nossos filhos.

Narrador on.

Jimin passou o resto da noite sobre os cuidados de S/n que pediu para que a Babá voltasse para casa,seus serviços ali havia acabado.

Na manhã seguinte o celular de S/n e Jimin tocava sem parar fazendo os mesmo se levantarem,S/n pegou no seu e atendeu. Era Namjoon aos berros.

- Que diabus aconteceu?! Em que encrenca Jimin se meteu novamente?!
- Calma Namjoon...como ficou sabendo..ai meu Deus.
- S/n passe para o Jimin..Agora!

Jimin tinha a expressão séria e confusa que logo se transformou em ira. Ele desligou o celular e bateu no travesseiro com muita raiva. S/n tocou em seu ombro afim de fazer ele parar. Ele respirou fundo e se jogou na cama.

- Aquela infeliz babá gravou tudo e postou na internet.
- OQUE?
- Nossa briga de ontem...está em todos os lugares.
- Eu não acredito...

Jimin não saiu da ilha com sua familia,Namjoon iria ao seu encontro,como lider ele tinha que cuidar de seus meninos.

Jimin on.

Nunca foi agressivo com mulheres,nem mesmo quando S/n me provocava,eu não levantava um dedo para ela. Mas essa babá me dispertou uma ira,maior do que sinto por Bambam. Meu rosto estava doendo,mesmo tomando uns remedios nada mudava,mas eu sorria para S/n não se preucupar. Nam iria chegar em breve e me ajudar a ter uma reconciliação com Bambam ou apenas fingir uma,aulas de teatros enfim vou colocar em pratica. Fui ao quarto da crianças S/n estava brincando com elas que me olharam estranho por causa dos machucados,me sentei ao seu lado,ela mantinha a cabeça baixa quando segurei em seu queixo e a fiz me olhar nos olhos.

Jim - Porque chora?
S/n - Estamos ferrados...
Jim - Vamos sair dessa jagi.
S/n - Os armys estão...est..estão fazendo hater comigo.
Jim - Vai ficar tudo bem..deligue o celular.
S/n - Minha mãe esta preucupada com nos..
Jim - Diga a ela que estamos bem.
S/n - Era o nos...eu e as crianças...
Jim - Jagi?
S/n - Ela acha que deviamos ir para o Brasil...viver pacificamente na minha cidade natal.
Jim - Pera...você considerou?
S/n - Eu estou com medo.
Jim - E vai me deixar?!
S/n - Você vem junto! Nunca o deixarei Jimin!
Jim - Mas parece disposta a me deixar aqui...

Me levantei ainda mais zangado,agora minha sogra quer me tirar S/n e as crianças,eu não vou permitir que isso aconteça. A campainha toca,vou correndo a porta,quando abro é Namjoon,que me abraçou como um pai.







S/n - Se eu encontrar essa babá...ela vai querer nunca mais me ver.


Notas Finais


Gostaram?!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...