História Sintonia - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Armin, Castiel, Kentin, Lysandre
Exibições 6
Palavras 326
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Orange, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Espero que gostem.
É minha primeira fic, comecei ela em 2013.
Então se já leram em outro site, é minha mesmo.
Como minha escrita mudou muito, talvez ela esteja um pouquinho diferente.

Boa leitura!

Capítulo 1 - Prólogo


Acordei, era segunda-feira, minhas férias tinham acabado e eu iria à escola e apesar de gostar de estudar, esse ano seria difícil, escola nova, estava no 2º ano do ensino médio. Infelizmente ou felizmente, alguns problemas e oportunidades proporcionaram essa mudança.

Levantei da cama com um pulo, sentada na cama, passei a mão embaixo do meu travesseiro, senti meu celular e fui ver as horas, demorei algum tempo para distinguir se eram 6 ou 8 horas, pois acabava de acordar e minhas pupilas estavam dilatadas, quando consegui diferenciar já eram 6:45 da manhã.

“Meu Deus, estou atrasada! Mas espera aí. Ah! Mittyh, como você é boba viu?!”

Havia colocado meu celular uma hora atrasado, sendo assim, ainda eram 5:45.

“Ainda está muito cedo, mas não quero chegar atrasada. Talvez isso me cause problemas e eu pretendo evitar, como as garotas do ano passado.”

Levantei, agora definitivamente, fui ao banheiro, olhei no espelho, estava pálida e com o cabelo bagunçado, escovei os dentes, joguei um pouco de água no meu rosto, tomei banho, um bem longo por sinal, afinal eram 5:45, com passos vagarosos adentrei a cozinha, abri a geladeira e não vi nada de que me interessasse, entortei a boca como se estivesse chateada.

“Ok, aqui não tem nada que eu quero. Acho que tenho algum trocado em cima da minha cômoda.”

Fui até o meu quarto e peguei o dinheiro que encontrei. Coloquei o uniforme, apesar de não ser obrigatório eu não gostaria de chamar atenção logo no primeiro dia, contudo quando as pessoas começassem a usar outras vestes, eu aposentaria o uniforme. Agora iria para uma nova escola, não gostaria de ser perturbada, deixaria de lado algumas roupas que considerasse “extravagantes” (roupas vitorianas); entretanto o cabelo verde continuaria presente.

“Mochila? Aqui. Celular? Também. Fone? Achei, mas esta faltando algo.”

Retornei a entortar a boca.

“Hora?!”

Olhei para o meu celular.

“Ainda é cedo!”

Comecei a rir, pois me lembrei da música do Legião Urbana.


Notas Finais


É só um pedacinho, postarei outros capítulos logo.

Beijinhos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...