História Six Degress of Separation


Escrita por: ~


Sinopse:
Primeiro, você pensa que o pior é um coração partido
O que vai matar você é a segunda parte
E, em terceiro, é quando seu mundo se divide ao meio
E, quarto, você vai pensar que se curou
Quinto, você vê a pessoa com alguém
E sexto, é quando você admite
Que pode ter feito alguma coisa errada

x Pela visão do Tony x
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias Capitão América, Homem de Ferro (Iron Man), Os Vingadores (The Avengers)
Personagens Anthony "Tony" Stark, Steve Rogers
Tags Capitão América, Homem De Ferro, Marvels Girl, Steve Rogers, Stony, Stony É Vidinha, Tony Meu Crush Eterno, Tony Stark
Exibições 351
Comentários 15
Palavras 2.964
Terminada Não

Fanfic / Fanfiction Six Degress of Separation
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
First
5
147
900
 
2.
The Second Part
6
111
788
 
3.
And The Third
4
93
1.276

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~Mwestergaard
Capítulo 3 - And The Third
Usuário: ~Mwestergaard
Usuário
O que a senhora faz com a minha pessoa, que eu nunca sei por onde começar a comentar? Essa fic me deixa sem palavras, sério!

Ah...O Tony não muda mesmo... É só o Steve sorrir e ele o perdoa, volta e esquece. Talvez porque o Steve seja o único a quem ele se permite apoiar, sgurar, recorrer ou simplesmente porque o ama demais.
Sabemos que Tony coloca o Ste em um pedestal, afinal, ele cresceu ouvindo sobre todas as suas qualidades, por isso creio que Tony já era apaixonado pelo Capitão América bem antes deles se conhecerem pessoalmente e depois foi Steve quem cuidou de Tony bebado, foi Steve quem o salvou. Por outro lado, nas hqs foi o Tony quem achou o Steve congelado, então foi a voz de Tony que Steve ouviu pela primeira vez, foi o rosto de Tony que ele viu pela primeira vez Pode não fazer sentido para você, mas para mim... Bem, que o ship é cheio de ligações, tensões e atrações todo mundo sabe, todos têm que admitir! E você demonstrou tudo isso sem nem escapar um pouco das características dos personagens. Quando Steve cuidou de Tony, quando Tony sorriu para o Steve. Isso são eles! Porque? Oras, é Stony! Se o Steve não cuidar do Tony, não é stony. Se o Steve não magoar o Tony, não e Stony. Se o Tony não perdoa-lo, não é Stony!


" He's my friend" " So I was" Isso me trouxe vários feels. Foi uma das partes na qual eu mais notei a dor de Tony. Uma das partes em que eu pude ver que a raiva era pelos pais, mas a dor ela da traição. Oras, claro que se Steve não protegesse Bucky, Tony o mataria e talvez até se arrependeria depois. E Steve não poderia deixar isso acontecer, afinal, Steve ama o Bucky, mas da forma mais fraternal possível! Mas Tony estava mergulhado no ódio e então tudo tornou-se mais complicado do que seria.

Quando Steve escondeu a verdade de Tony, ele estava (de novo) protegendo o Tony. Eles tem essa obsessão maluca de proteger um ao outro. Da onde a ideia maluca do Ultron surgiu, hm? Tudo por uma "alucinação" do corpo do Capitão estendido no chão. Eles literalmente se amam, só faltam dizer em palavras. Logo depois queSteve cravou o escudo no reator e Tony apertou forte os olhos, o olhares que ambos trocaram tiveram inúmeras palavras para descrever, mas todas praticamente sinônimas. No azul celeste, a dor de ter chegado aquele ponto, do arrependimento, da súplica por perdão quase que em telepatia. No castanho, a dor da traição, do rancor, da indignação pelo lado que o louro escolheu. E quando Tony gritou " Esse escudo não pertence a você, foi meu pai quem fez" Ele pode até querer nos enganar, mas estava nítido que ele queria que Steve voltasse e o pedisse perdão. Mas Steve fez o contrário e foi isso que mais doeu. Mas qual minha surpresa não é?! Eles nunca colaboraram mesmo!


Enfim, eu amei o capítulo, amei poder voltar ao " So I was", amei poder ver Steve cuidando de Tony, amei ver o Tony sendo o trouxa que sempre foi pelo Capitão América ( Rsrsrs Representa!). Amei tudo! Não vejo a hora de vê-los tocando um ao outro! Se é que vão chegar a esta fase, mas se não chegar não tem portancia, tive o prazer de poder sentir o sentimentos deles apos a guerra, após cairem. Afinal se tem uma frase que a marvel deixa claro que shippa Stony tanto quanto nós é: Unidos venceremos, divididos cairemos.

Continue com essa fanfic maravilhosa, com a escrita e história maravilhosa e que me trás todos os sentimentos que direciono para esses dois!

Beijos
Postado por ~IronyMan
Capítulo 3 - And The Third
Usuário: ~IronyMan
Usuário
"Hold, hold on, hold onto me
'Cause I'm a little unsteady
A LITTLE UNSTEADY."
Chegarei citando musga, porque sim. A postagem é livre, e eu também! E sem contar que; essa musga é do Tony!

Vamos começar, para que não me perca dentre meus pensamentos, ainda mais caóticos que o normal.

A guerra interna do Tony... Me mata. O simples fechar de olhos, desejando que aquilo a sua frente não fosse uma miragem, foi de partir o coração. 💔
Absurdamente bonito, e ao meu ver, muito bem interpretado.

O simples fato de colocar Steve Rogers, cuidando do Tony, arrebatou de vez meu coração. Afinal, era essa uma tarefa que, outrora, apenas Virgínia Pepper Potts estava encarregada.
A interação entre eles, deixou mais que escrachado o sentimento de ambos. Mesmo que os bobos tentem - SEM NENHUM SUCESSO - esconder.

Não preciso mencionar que eu morri, né?
"Sorry, Tony. But he's my friend."
"SO WAS I."
(Vá num vídeo qualquer do YouTube, e garanto que você consegue ouvir o exato momento que o coração do Tony... Se rasga ao meio.) 💔

Enfim, não me estenderei hoje, por motivos de: estou tão bosta, que é capaz de estragar tudo.
Mas, amei a escolha de palavras. "Apaziguar" tem um charme, ao meu ver, obviamente.
É isso, meu chantilly. Perdoe o terrível comentário. Não desista de mim. Rs
Espero ansiosamente pelos próximos, sim?

Beijos 😘
Postado por ~ApoioStony
Capítulo 3 - And The Third
Usuário: ~ApoioStony
Usuário
Completamente envolvida!
Leio e releio todos os capítulos tanto desta como a História Six Degress of Conciliation; e simplesmente me emociono.
A introspecção de dos protagonistas é absolutamente sólida. O Ship STONY assume tamanha dimensão que parece realmente andar paralelamente com o universo cinematográfico marvel. (ao meu ver é claro!)

Estou encantada.

Ansiosa pelos próximos capítulos!!!
Postado por ~Mwestergaard
Capítulo 2 - The Second Part
Usuário: ~Mwestergaard
Usuário
Meu Deus, estou completamente sem palavras!

Só Deus sabe o quanto chorei com o Tony... Sabe? Eu não aprendo mesmo! Eu não posso vê-los sofrer. Apesar de que já acostumei um pouco quando a parte que sofre é o Tony (Sério, ele sofre muito. Ele ganha de mim no papel de trouxa), ainda tenho dificuldade em vê-lo sofrer. Ainda dói meu coração quando o vejo nesse estado: Trocando a noite pelo dia e a comida pelo uísque. Eu me coloco nele, me coloco neles. Em guerra Civil, eu chorei tanto ( Acho que as pessoas no cinema devem ter me achado uma louca, mas sou mesmo foda-se) cheguei a soluçar e abraçar forte o pote de pipoca. Quando o Steve levantou no alto o escudo, eu jurei que ele iria matar o Tony. Eu fechei os olhos e murmurei pra mim mesma "Você não vai matar ele...". Minha melhor amiga me cutuco e cochichou pra mim " Calma, Mari. Ele não o matou" e eu ainda pude pegar o último olhar que eles trocaram. Mas minha maior dor, foi quando o Steve jogou o escudo no chão. Aquilo representou muito mais que um simples escudo no chão. Muito além dele ter desistido do manto do Capitão América. Simbolizou pra mim um término, o fim.

Talvez o melhor de guerra civil tenha sido as fanfics que ela deixou, fanfics como a sua. Por mais que doa, que nos faça sentir na pele o que eles estão sentindo de forma mais aprofundada, de forma escrita, concreta, ainda sim é seu melhor lado. Trás com elas - às vezes- o reatar do ship. Em outras, trás a dor, mas ainda sim é bom poder "saber " o que eles sentiram lá. É bom ter uma ideia, mesmo que seja as NOSSAS ideias, do que eles pensaram na guerra. Talvez isso signifique masoquismo, mas como eu disse mesmo? Eu sempre fui louca.

Eu não poderia encerrar a fanfic sem comentar sua forma peculiar e incrível de escrever. É brilhante, sensacional! Envolvente e profundo. Me faz sentir o que eles estão sentindo, parece até... mágico?! Estou completamente apaixonada, pela fanfic. Pela história, pela dor do Tony...
Vi que você vai mostrar o lado do Steve, acho que não vou suportar. Ele eu não suporto ver sofrer. É que, como eu já disse, o Tony eu meio que já acostumei e o Steve tem uma pose tão inabalável, inalcançável que me causa um impacto quando o vejo sofrer. Haja forças! Hauahuahs
Está simplesmente perfeita, senão mais que perfeito!
Beijos e continueeee!
Olha só o nível do meu papel de trouxa: Fica ansiosa pra sofrer de novo!
Hahahhaha
(perdoe o textao a fic me ativou vários feels)
Postado por ~IronyMan
Capítulo 2 - The Second Part
Usuário: ~IronyMan
Usuário
Não precisa ligar o refletor pra iluminar o caminho no tapete vermelho, porque sou brilho puro. (Uhum, sqn)

O que comentar, não é?
Além do já previsto; Tony Stark sendo tão bem retratado. Não imagina o quão feliz eu fico quando a essência do personagem permanece. Sim, sei que ele está num momento bem triste, mas, ainda assim fico feliz pela retratação.

Tony Stark usa uma armadura, e não, não me referi à liga de outro e titânio. Ou, comumente conhecida por armadura do Iron Man.
Ele usa uma armadura do cotidiano, disfarçando seus sentimentos em camadas e mais camadas de piadas e sarcasmo.

Poucos são aqueles que conseguem captar isso. Acho que posso enumerar, sabia. Temos Pepper, Rhodey, Steve e Nat. Ao meu ver, só. São os únicos que enxergam alguém por trás da armadura.

Bem, esse segundo capítulo me fez sentir ainda mais, como é ficar na pele do playboy mais amado. Ele se sente traído, abandonado, consequentemente frustrado. Aliviando-se no álcool, perdendo o controle e socando um espelho. Poor poor boy.
Compreensível, claro. Mas, ainda assim... Triste.

Enfim, se deixar faço um monólogo, daqueles do tamanho de uma Bíblia, sabe?!
Parabéns pela escrita, sim, já falei mas torno a elogiar o plot. Sou atraída por coisas que causam uma dorzinha, pois meu personagem preferido está em sofrimento.
Estarei no aguardo para os demais capítulos, chantilly ❤

P.s.: haa! Eu vi meu user ali. Todos viram? Ó-T-I-M-O (e, quem me dera ser a rainha STONY.)
BEIJOS 😘