História Six Loves - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Daddy Kink, Jihope, Jikook, Jimin Bottom, Jimin Centric, Jinmin, Kookmin, Minjoon, Namjin, Namkook, Nammin, Vhope, Vkookmin, Vmin, Yoonmin, Yoonseok
Visualizações 112
Palavras 633
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi^^

Eu nunca sei o que falar, melhor não falar nada, mas eu já falei, escrevi dudhfh

Capítulo 2 - Taehyung


Fanfic / Fanfiction Six Loves - Capítulo 2 - Taehyung

-o que um órfão como você está fazendo nessa escola?-um menino, provavelmente mais velho, me empurrou no chão.

-além de órfão, é gordo e feio.-outro menino, de mesma idade, chutou minha barriga, me fazendo gemer de dor.

-nem para se defender você serve?-e chutes e mais chutes eram distribuídos por todo o meu corpo, acompanhados de ofensas cruéis. Eu já não aguentava mais chorar, meu corpo doía e meu cérebro gritava para que fizesse algo contra isso.

-por que não procuram alguém do seu tamanho?-uma voz grossa e rouca pode ser ouvida, fazendo os agressores se virarem e eu me escolher ainda mais de medo.

-o que você tem haver com isso?-perguntou rude.

-eu tenho haver que se você não pedir desculpas para esse menino, seus pais nem vão reconhecer seu rosto quando você chegar em casa.-disse com raiva.

-em que mundo eu vou pedir desculpas nesse lixo?-perguntou sarcástico e me deu mais um chute.

-ei, Shin! Melhor parar, ele é Kim Taehyung!-o parceiro dele disse assustado, fazendo o outro arregalar os olhos e olhar para o tal Kim Taehyung.

-então?-perguntou irônico ao ver o medo dos meninos, estalando os dedos.-vão me obedecer ou preferem que eu vá direto para a violência? Eu não me importo, de um jeito ou de outro eu vou conseguir o que eu quero.-deu de ombros, como se realmente não ligasse.

-d-desculpa, Jimin.-o garoto se curvou em minha direção, me fazendo ficar extremamente confuso. Logo o outro fez o mesmo.-podemos ir agora?-perguntou de cabeça abaixada.

-hum...-fingiu pensar.-por hoje passa, mas juro que se eu souber que estão importunando o Jimin de novo, eu acabo com vocês!-disse em tom ameaçador, os outros dois saíram correndo e ele voltou sua atenção para mim.-ei, quer ajuda?-perguntou com um semblante preocupado.

-e-eu...-gaguejei, não conseguindo o responder da forma desejada, pois minha barriga doía muito.

-ah, desculpe, não fale!-se aproximou de mim, secando minha lágrimas delicadamente. Eu olhei em seus olhos, achando que eu poderia me perder neles de tão profundos.-não chore, você já é lindo chorando, então imagino que seja ainda mais belo sorrindo.-sorriu e se aproximou mais de mim, me pegando no colo facilmente, eu arregalei os olhos com a sua ação.-calma, eu juro que não vou te fazer nada de ruim, quero apenas te ajudar.-disse calmo, me carregando pelos corredores da escola, alguns alunos nos olhavam estranho.

-o-obrigado...por ter me defendido.-eu escondi meu rosto corado em seu pescoço, sussurrando.

-de nada!-ele pareceu feliz em eu o agradecer.-eu não suporto gente que faz mal aos outros sem motivo.-ouvi seus dentes rangerem.

-mesmo assim, não é qualquer um que faria isso.-eu estava realmente agradecido.

-já chega, eu fiz isso por pura vontade, não precisa agradecer.-me botou sentado na maca da enfermaria, eu nem percebi que já tínhamos chegado aqui.-como sempre, a enfermeira não está aqui.-bufou.-provavelmente deve estar se pegando pelos cantos com o diretor.-revirou os olhos.-parece que eu vou ter que cuidar disso.-foi até o armário, pegando variadas coisas. Eu apenas observava cada movimento seu, ainda surpreso por ele estar fazendo isso por mim. Agora que eu fui reparar melhor em sua aparência, ele era alto, seus cabelos eram vermelhos e eu achei isso engraçado, sua pele era levemente bronzeada, tinha um rosto bonito, lábios finos e bem desenhados, seu nariz tinha uma pequena pintinha na ponta, seus olhos eram castanhos escuros, completamente intensos. Ele era lindo, mas o que eu reparei mais é o jeito dele, preocupado e tranquilizante, parecendo realmente querer ajudar.

-parece que você é tão bonito por fora quanto por dentro.-as palavras saíram da minha boca sem permissão, e eu simplesmente explodi em vergonha.

-o-obrigado...-ele agradeceu, tão corado quanto eu. Ele não parece ser tímido, então acho que ele apenas não é acostumado com elogios.-ei, nós ainda nem nos apresentamos direito. Meu nome é Kim Taehyung, tenho treze anos.-disse sorrindo. Seu sorriso retangular é diferente, e realmente bonito.

-Park Jimin, dez.-sorri. Acho que comecei uma nova amizade!


Notas Finais


~♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...