História Skins: American Reboot - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Skins
Personagens Personagens Originais
Tags Skins
Visualizações 2
Palavras 1.720
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 9 - Daisy


 Skins:

Capítulo 9: Daisy

Daisy estava na escola, como sempre, estudando para crescer e ser alguém na vida. Estava fazendo lição de matemática e física quântica, até que chegou Cadie, com uma barriga aparecendo já.

-Oi, Cadie!-Disse Daisy.

-Oi, Daisy!-Respondeu Cadie.

-Como tá o bebê?-Perguntou Daisy

-Ta bem, já tá começando a pensar aqui.-Respondeu Cadie.

-Ah, entendi... E o Stanley tá dando apoio ou tá...?-Perguntou Daisy.

-Ah... Ele tá me dando uma ajudinha aqui e ali.-Respondeu Cadie.

Então Cadie foi embora. Daisy foi direto pra sua aula de clarinete, ela não estava muito concentrada, então ela ferrou tudo.

-Daisy, Daisy...-Disse sua professora de música.-O que está lhe corrompendo está tarde?

-Ah, eu não sei... Eu não tô legal ultimamente, Dasha.-Respondeu Daisy.

-Vamos tentar mais uma vez...-Disse Dasha.

Então Daisy tentou mais duas vezes, e todas essas duas foram falhas.

-Daisy, tenta respirar e ficar mais calma...-Disse Dasha.-... Respire e vá.

E finalmente Daisy acertou.

-Viu só, Daisy?-Perguntou Dasha.-Respirar, tocar, é assim que fazemos.

-Obrigada, Dasha.-Agradeceu Daisy.

-Daisy, eu tenho uma proposta...-Disse Dasha.-Eu meio que prometi levar a um evento um dos meus alunos. E... Pode ser você?

-Sério?-Perguntou Daisy.

-Sim, sim, eu vou ligar para Ilya pra ele encaixar você.-Disse Dasha.

Daisy então voltou pra casa, ela recebeu uma mensagem de um número desconhecido, a mensagem dizia:"Boa tarde, Daisy, Dasha me disse que você irá ao evento amanhã. Qualquer coisa, entre em contado comigo.

-Ilya."

Daisy tinha ficado super animada com isso, pois finalmente ela iria se apresentar em público. Então ela ligou pra todo mundo que ela conhecia.

No dia seguinte...

Daisy se arrumou totalmente pra ir em sua apresentação, ela não era feia, mas ela ficou, tipo, 5X mais bonita que já é. Então ela avisou a todos que a apresentação seria em algumas horas.

No local da apresentação...

Daisy estava se preparando pra abrir o show para a banda que iria tocar lá. Foi quando Ilya chegou.

-Daisy, né?-Perguntou Ilya.

-Sim.-Respondeu Daisy.

-É um prazer em conhecê-la, eu sou Ilya Nailshuller.-Disse Ilya.-Então, eu meio que respiro música, então eu não quero que você faça uma apresentação...

-Mas senhor Ilya, eu avisei todos os meus...-Respondeu Daisy.

-Quero que você faça, "A" Apresentação!-Disse Ilya, colocando Daisy encima do palco.

Então Daisy começou a tocar uma composição sua, onde cada acorde foi escolhido com todo amor, carinho e doçura que ela passava.

Após a apresentação dela...

Ilya começou a tocar com sua banda. Daisy estava olhando demais pra Abbud, tipo, ela tava fissurada nele aquela hora. Na verdade ela sempre gostou, mas ele preferia ficar olhando pra outras garotas do que ela. Então ela foi pedir um conselho pro Nick.

-Nick, sabe quando você gosta muito de uma pessoa, mas não sabe se ela gosta de você?-Perguntou Daisy.

-Daisy, Daisy, quem seria burro pra não gostar de você? Você é um doce, já olhou seus olhos?-Disse Nick.

-É o Abbud, eu acho que gosto dele...-Respondeu Daisy.

-Vai lá falar com ele, vê se ele gosta de você, amiga.-Disse Nick.

-Mas... E se ele quiser aqueles negócios de... Beijo ou, transar?-Perguntou Daisy.-Eu nunca beijei ninguém!

-Problema resolvido!-Respondeu Nick, dando um beijo em Daisy.-Pronto, já beijou alguém, agora, vai lá falar com ele.

-Ok...-Disse Daisy.

-Vai lá, garota, você consegue!-Respondeu Nick.

Então Daisy foi atrás de Abbud, pra falar com ele e testar, ver se gosta dele.

-Oi, Abbud?-Perguntou Daisy.

-Iae, Daisy!-Respondeu Abbud.-Cara, se você quer a minha opinião, você é muito boa na música.

-Ah, obrigada, Abbud, é muita gentileza sua.-Disse Daisy.-Então, Abbud, eu vim aqui para falar com você.

-Ok.-Respondeu Abbud.

-Então... Abbud, você gosta de mim?-Perguntou Daisy.

-Claro que sim, Daisy, eu sempre gostei...-Respondeu Abbud.

-Então por que você não me nota? Por que olha pras outras garotas mas não pra mim?-Perguntou Daisy.

-Porque eu não sabia se você gostava de mim ou não, então eu olhava pras outras garotas pra tentar esquecer de você.-Respondeu Abbud.

Então Daisy beijou Abbud, mas não foi um beijo selvagem que nem os outros fazem, foi um beijo doce, de um casal apaixonado. Ilya que tava encima do palco, decidiu tocar uma música pro casal.

-Opa, opa, opa!-Disse Ilya.-Temos uma casal ali! Vamos tocar uma pra eles?

Então eles tocaram uma música mais romântica. E todos que estavam lá começaram a dançar coladinhos um no outro, como Daisy nunca tinha feito isso antes, ela tava meio desengonçada.

-Calma, Daisy, eu te ensino como faz.-Disse Abbud.-É assim. Você beija muito bem pra sua primeira vez.

-Não foi minha primeira vez...-Respondeu Daisy.-...Eu beijei o Nick antes, pra criar coragem.

Então Abbud segurou ela em seus braços. Então Heather chegou perto de Nick e começou a puxar assunto.

-E como tá com você e Tea, Nick?-Perguntou Heather.

-Ta uma merda... Depois que Tony chegou, aquele babaca...-Respondeu Nick.

-Nick, eu tava aqui pensando, você não tá afim de ir até a minha casa?-Perguntou Heather.

-Ok...-Respondeu Nick.

Então os dois saíram do local. Pra fazer o que? Dessa vez não foi pra jogar Uno, eles acabaram transando num beco.

Enquanto isso... Daisy foi pra casa com Abbud, os dois ficaram sentados no quarto enquanto conversavam. Eles estavam vibrados um no outro...

-Bbud, você viu o Tony?-Perguntou Daisy.

-Não, eu não o vejo já faz um tempinho...-Respondeu Abbud.

Então Daisy começou a se soltar mais...

-Abbud, você quer transar?-Perguntou Daisy.

Abbud logo abriu seu sorriso largo.

-Ah, não tem nada que eu queira mais!-Respondeu Abbud.

Então Daisy voou encima dele...

Algumas horas depois...

Cadie liga pra Daisy, Daisy ainda estava acordada lendo partituras, mas decidiu atender.

-Fala, Cadie...-Disse Daisy.-Cadie?

-Daisy... Eu fiz uma coisa errada... Muitas delas!-Respondeu Cadie.

-Como assim?-Perguntou Daisy.

Então Cadie desligou. Daisy decidiu ir atrás dela, então ela saiu de sua casa de madrugada pra ir até sua amiga.

Na casa de Cadie...

Daisy conseguiu entrar a força, Daisy estava sentada no chão da cozinha chorando.

-O que você fez de errado Cadie...?-Perguntou Daisy.

-Tudo... Eu... Eu tirei a criança...-Respondeu Cadie.

Daisy ficou sem reação, ficou perplexa com aquilo, mas depois Cadie se abriu por completo e revelou que o filho dela, não era de Stanley, nunca foi, ela só usou Stan pra facilitar a gravidez dela e achar um trouxa que cuidasse da criança.

-Cadie... Eu não acredito que você fez isso...-Disse Daisy.-Como você pôde?

-Daisy, eu não queria isso...-Respondeu Cadie.

-Eu achei que você era uma pessoa legal!-Gritou Daisy.-Eu fui 1000x contra o Stanley pra te ajudar! Eu botei minha mão no fogo por você! E é assim que você retribui? Mostrando que você é uma vadia?

-Não é assim Daisy...-Respondeu Cadie.

-Então é como? Hein...? Olha só, não fala mais comigo...-Disse Daisy, dando as costas e indo embora.

Cadie ficou muito triste com esse ocorrido... Então ela foi pelo caminho "Mai fácil", ela começou a usar todo tipo de remédio que tinha em sua casa, ela tocou tudo, pílula por pílula, e fez aquilo tudo descer com vodka. O resultado foi o inevitável, ela acabou sofrendo uma overdose pesada.

Daisy recebeu a ligação do hospital... Infelizmente, Cadie não saiu daquela. Daisy se sentiu arrependida por ter tratado Cadie daquele jeito, mas, eu não tiraria a razão de Daisy...

Alguns dias depois...

Daisy estava na escola com seu namorado, Abbud, até que Tony chega.

-Daisy, posso conversar com você, a sós?-Perguntou Tony.

-O Abbud faz parte de mim agora, qualquer coisa que for falar pra mim, pode falar pra ele.-Respondeu Daisy.

-Ok... Viu o Nick?-Perguntou Tony.

-Acho que ele tá no banheiro.-Respondeu Daisy.

Então Tony foi atrás de Nick, Nick estava lavando as mãos no lavatório. Tony não estava em uma "Missão de paz", ele queria algo de Nick.

-Hey, Nick.-Disse Tony.

-Oi, Tony.-Respondeu Nick.-O que tá pegando?

-Então, Nick... Eu não queria isso, mas, sabe o que é isso?-Perguntou Tony.

Então Tony mostrou uma foto dele e de Heather no beco, transando.

-Como você tirou isso?-Perguntou Nick.

-É um beco, seu idiota, é um lugar aberto e público!-Respondeu Tony.

-E o que você vai fazer com isso?-Perguntou Nick.

-Bem... Eu vou tirar várias cópias e mostrar pra escola inteira!-Respondeu Tony.-Já pensou? Sua namoradinha Tea sabendo que você tá metendo com outra?

-Eu terminei com a Tea por sua causa...-Disse Nick.

Então Tony ficou mais irritado.

-F***-Se! Não quero saber!-Gritou Tony.

Então Tony foi pra cima de Nick, afim de bater nele, a primeira porrada acertou, mas Nick deu um empurrão em Tony, então Tony correu pra dar um impulso, mas Nick desviou o soco, e Tony foi com a cara direto na parede. A porrada foi muito violenta, foi tão violenta que abriu o pau no nariz de Tony.

-Ta precisamos de ajuda?-Perguntou Nick, sendo sarcástico e irônico.

Então Tony saiu correndo do banheiro, passando novamente por Daisy.

-O que aconteceu com o Tony?-Perguntou Daisy.

-Parece que ele tomou uma surra!-Respondeu Abbud.

-Bem... Se foi isso mesmo, o Tony mereçe muito mais.-Disse Daisy.

Em casa...

Daisy recebeu uma mensagem de Tony, dizendo:"Fui brincar com Nick Tennant, e olha no que deu...:"

Então ele mandou uma foto de como ficou a cara dele, de um rosto bonito, se tornou uma cara roxa com um curativo no nariz.

Então Daisy foi na casa de Nick. Não só ela, mas ela e Abbud.

-Olha ele, o cara que deu uma surra no Tony!-Disse Abbud.

-Não foi bem assim... Ele que começou.-Respondeu Nick.

-Ele te acertou também?-Perguntou Daisy.

-Só um soco... Nada mais...-Respondeu Nick.-Bem... Não fiquem aí parados, entrem, eu faço um chocolate quente pra vocês.

Então os dois entraram com Nick. Como o pai de Nick ficaria fora uns 3 meses, Nick deixou a casa bem arrumada e organizou tudo do jeito dele. Ele preparou três xícaras grandes de chocolate quente, pois, o inverno canadense é osso.

-E então, como está o casal?-Perguntou Nick.

-Ah, estamos bem, estamos pensando em viajar nessas férias.-Respondeu Daisy.

Então papo vai papo vem.

-Meu Deus! Eu tô atrasada!-Disse Daisy.-Dasha quer me ver em meia hora.

-Oh, Ok, depois a gente se fala, Daisy!-Respondeu Nick.

-Ate mais, Nick!-Disse Daisy.-Obrigado pelo chocolate quente!

Então Daisy foi rumo a escola de música que ela frequenta.

-Esta atrasada, Daisy.-Disse Dasha.

-Mil desculpas, Dasha, eu passei na casa de um amigo e acabei ficando bastante lá.-Respondeu Daisy.

-Tudo bem... Ok... Vou relevar por que você nunca fez isso.-Disse Dasha.

Nessa aula, Daisy deu um show! Ela tocou como uma profissional! Ela incorporou... Algum artista que toca clarinete.

Mas uma coisa não saia de sua cabeça... Cadie, ela poderia ter feito algo diferente, tipo, se internar, ou algo do tipo...(Em breve! Th1rteen R3asons Why: Skins edition!)

Mas, ela já se foi então... Na havia mais nada a se fazer...

No próximo capítulo...

 Já que conhecemos todo mundo, hora de vermos todos em ação. Jovens que fazem de tudo pra manter seu status e seu ego inflado, que transam, usam drogas e vão pra balada... Dá pra mudar isso...? Talvez! Mas veremos isso!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...