História Skool Luv Affair - Capítulo 5


Escrita por: ~

Exibições 82
Palavras 1.345
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Acabei sumindo? Acabei sumindo. Pois é. Neste meio tempo aconteceram um montão de coisas, inclusive nem animo para continuar a fic eu tive. Mas eu realmente notei que gostaram e que desejam a continuação, então porque não?....

Capítulo 5 - Perseguida por ele? - Capítulo 5


Fanfic / Fanfiction Skool Luv Affair - Capítulo 5 - Perseguida por ele? - Capítulo 5



E mais um dia se passou, porém hoje iria ser um dia complicado. Eu ainda precisava terminar o trabalho de Sexologia e aquele garoto Yoongi nem se ofereceu para ajudar. Eu poderia dar um soco na sua cara para compensar, porém sei que resultaria em merda. Sim, ainda eram 15:00 da tarde e eu estava caminhando em direção a entrada da escola. Necessitava terminar este trabalho o quanto antes para o bem da minha nota e da minha pele que, segundo Suga, ficaria assada.  Repentinamente fui logo desviada de meus pensamentos por Shin aparecer involuntariamente com um sorriso espontâneo em seu rosto:
  -Ola, AhYoon!!.... ~Exclamou ela, tornando a caminhar comigo até a entrada da escola~ ...O que faz tão cedo aqui?. Vai começar a dormir aqui?... ~Ela prosseguiu~

E logo meus olhos se arregalaram enquanto eu balançava a cabeça rapidamente em negação. Nunca que iria suportar dormir neste lugar. É algo totalmente perigoso após descobrir que aquele pirracento vive aqui:
  -Não!. Aish~....Eu só vim aqui mais cedo pra terminar o trabalho de Sexologia.... ~Comentei logo revirando os olhos~
  -Ah, sério?. Estou indo fazer o mesmo!.. ~Exclamou ela com um sorriso bobo~
Pensando bem, seria legal se pudesse ter sua ajuda para isso. Seria minha primeira vez fazendo trabalho com uma amiga, portanto sugeri:
  -Poderíamos fazer juntas não é?.. ~Perguntei curiosa até ve-la assentir rapidamente um tanto feliz com minha sugestão~
  -Sim!. Ótima idéia.. ~e seu sorriso logo se fechou~... Mas eu não estou sozinha, tem problema para você? ...~Perguntou receosa~
Eu realmente não vi problema algum contato que estivesse com ela, portanto assenti com um sorriso amigável:
  -Tudo bem.... ~Ambas soltaram um riso meigo~
Alguns minutos se passaram e logo chegamos a uma mesa externa do refeitório. A vista era maravilhosa. Cheio de flores ao redor, o vidro refletindo a movimentação das pessoas ali dentro e tudo tão pacifico. Logo me sentei na mesa e repousei minha mochila ali mesmo retirando meus cadernos e o estojo. Após ajeitar tudo sobre a mesa, a olhei e notei que ela não parava de fitar um ponto atrás de mim. Ela estava tão sorridente e também acenava como uma espécie de alerta para se aproximar. Como uma certa curiosa que sou, brisadamente, me virei para trás e notei um garoto um tanto maravilhoso. Meu santo itu de chiclete. Que garoto é esse?. Seus cabelos eram negros e parte de sua franja brilhante cobria seus olhos um tanto puxados e esfumados com lápis de olho. Seu sorriso era perfeito para um comercial da colgate, e seus lábios carnudos.... Ah seus lábios carnudos. E estas coxas grossas?. Meu pai que tenha misercórdia de meus pensamentos. Minha boca estava totalmente aberta e a poucos minutos poderia babar até notar o garoto dando uma bagunçada em meu cabelo, o que me acordou rapidamente. Ele já estava ali, sentado ao lado de Shin e o melhor, estava abrindo seus cadernos, o que tudo indicava que era o seu parceiro de trabalho. Minha nossa, eu realmente poderia ter sorte
  -Yaah. Você não vai fazer?!... ~Ele perguntou, me fazendo perder o foco dos meus pensamentos~
  -Ah, ah.. É, claro... mas... Ah.... Shin. Este é o seu parceiro?.... ~Perguntei tentando não olhar para aqueles olhos lindos~
  -É.....Sim!..... Ah, alias. Este é Park Jimin... ~Ela comentou apontando para o garoto ao seu lado~
Rapidamente me reverenciei com um sorriso bobo fitando o ser morder o lápis que estava em sua boca, o que me fez engolir em seco. Merda, por que eu estava agindo assim?. Foco, foco. Mas este garoto é bonito demais:
  -Ah. Prazer.... Sou AhYoon, mas isso não importa agora. Podemos começar? ~Perguntei curiosa e ambos assentiram sorrindo um para o outro como se estivessem escondendo algo de mim~
  Certo, isto foi estranho. Eu estava de vela e não sabia? ou fiz papel de tonta o suficiente para ser o centro dos micos das atenções?. De toda forma relevei e apenas prossegui com o trabalho já que estava perdendo tempo. 
  Depois de alguns longos minutos, meus braços doiam, porém haviamos terminado. Faltavam uma hora para a aula e nós já haviamos guardados nossos materiais. Jimin pediu milkshake para nós e ali perdemos um tempo conversando sobre coisas aleatórias. Por estes poucos instantes, admito que estava errada em relação aos garotos. Nem todos os garotos bonitos são chatos ou insuportáveis. Ele, além de ser lindo e estiloso, é um tanto educado , o que me fez sentir um tanto alegre ao seu lado.
  E enfim, o dia iria terminar perfeitamente bem até que, involuntariamente, vejo um ser humano de camiseta branca e frouxa e com uma touca com alguns "Zzz" estampados, caminhando em nossa direção. Mas espera. Não pode ser!. Era aquele pirracento branquelo chamado Yoongi. O que diabos estava fazendo ali?. O pior de tudo, ele se aproximou de Jimin e fez toque de irmãos, o que tudo indicava que eram melhores amigos. Alias, eles realmente eram. O garoto agiu como se nunca houvesse me visto na vida e se sentou ao seu lado levando seu olhar um tanto fdp para mim:

   -Você não me disse que era amiguinho dela, Jimin... Sério que foi capaz de se juntar com isso? ~Ele perguntou com um olhar de provocação, soltando uma risada baixa que o garoto logo retribuiu~
  -Qualé, Hyung?. Ela é legal, não é mesmo, AhYoon?... ~Ele perguntou olhando para mim e esperando minha afirmação~
E como diabos eu reagiria a isso?. Revirei meus olhos indignadamente e não medi esforços em agarrar minha mochila e me levantar. Eu já havia terminado o trabalho. Não havia mais o que fazer ali:
  -Tanto faz.. ~Respondi friamente para Jimin logo acenando meigamente para Shin com um sorriso irônico~ ...Te vejo na aula, Shin....
E logo segui em direção a entrada do refeitório até que me surpreendo ao sentir meu pulso ser agarrado com certa força antes mesmo de me retirar. Meus olhos foram em direção ao garoto que estava puxando-a (Suga) e, antes que pudesse dizer algo, ele me encara com aquele olhar sério e frio:
  -Você terminou o trabalho? ... ~Ele perguntou em um tom tão sério que parecia querer me devorar se respondesse com um "não"

Ele por acaso queria me dar medo? não iria dar este gostinho para ele. Não quero mostrar ser uma medrosa para ele, então voltei a minha expressão fria e, da mesma forma o respondi:
  -Graças a minha bondade, sim... ~E logo tento puxar meu braço, porém ele a solta rapidamente~
 

                                                                                                                  -SUGA-

Ah mas se essa garota me provocasse mais uma vez. Seu nome já esta na lista das castigadas. Não hesitaria em machuca-la ali mesmo. Eu não estava brincando. Esta garota me tira do sério toda vez que se aproxima simplesmente pelo fato de se achar foda, o que não é. Felizmente ela afirma dizendo que havia terminado, e isto me deixou mais calmo. Ao menos pra isso ela serve. Soltei seu pulso junto com um suspiro calmo, voltando meu olhar para outro ponto
  -Ótimo... Sai..... ~Ordenei agarrando sua taça da mesa e tomando o resto da sua bebida que havia sobrado~

                                                                                                             -AHYOON-


E por fim ele me solta dizendo para sair. Mas ele dizia com tanta autoridade que por pouco não pedi pra mãe dele morrer, mas sei que ela não tem nada a ver com isso e prometi a mim mesma que não perderia tempo com suas besteiras. Soltei um suspiro, tentando reter minha fúria, e sai rapidamente daquele local junto com Shin que pedia para que me acalmasse:
  -Ei. Calma. Ao menos ele não fez nada com você, não é mesmo?. É melhor que aja assim, se não quiser se meter em problemas... Va por mim. Melhor evitar.... ~Ela me aconselha porém tudo o que poderia fazer era revirar os olhos~
  -Eu não tenho medo de ninguém e ele é só um garoto que se acha o foda por ser popularzinho. Ele que deveria abrir os olhos comigo.!.. ~Exclamei notando que estava voltando a perder a paciência, porém fechei os olhos para reter qualquer outra palavra. A aula já iria começar e não gostaria de começar com stress~.....
 


Notas Finais


Por favor pessoal. Deem muito amor a este cap porque meu pai quase pegou e me proibiu de escrever essas coisas, mas por vocês eu dei um "dane-se" e continuei u.u. Este não foi um capitulo muito elaborado pois quero que vocês voltem a sentir a essência da história, porém eu farei o máximo para curtirem muuuito nos outros cap. Eu só quero que vocês curtam. Se acham que tem algo que deve ser mudado, me digam....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...