História Skool Luv Affair - Capítulo 12


Escrita por: ~, ~maryana e ~GabiKook

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 45
Palavras 1.210
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - Oppa!


BTS Skool Luv Affair - Cap.12
ON QUARTO DE ANNA GABRIELA
Gaby ~POV~
Eu não acredito nisso! Eu e Jungkook! Isso é um sonho!!
ON QUARTO DE ANY
V ~POV~
Eu nunca me senti tão vivo e tão confuso ao mesmo tempo, ao mesmo tempo que sabia o que fazia e não sabia
Any: Eu, eu nem acredito que você olhou pra mim!
V: Como não olhar... - acaricio seu rosto com uma mão - você é linda! - dei meu sorriso quadrado
Any: E-Eu te amo! - me beijou
Por algum motivo, eu não consegui dizer que a amava, eu não sei, eu apenas sai depois de beijá-la
V OFF - ANY ON
Ele me beijou e saiu, eu não entendi, depois de me beijar, ele, ele, será que está me usando?
ON QUARTO DE JUNGKOOK
Jin: Nossa... Você não para de sorrir... O que aconteceu Kookie?
Kookie: E e a Anna Gabi! :3 - fica vermelho - ESTAMOS NAMORANDO!!! - pula pra cima de Jin o abraçando - HYUNG! EU TÔ MUITO FELIZ!! - apertava o abraço
Jin: e-eu to percebendo - começa a ri abraçando Jungkook
ON QUARTO DE ANA
Suga: Quer dizer que estamos namorando - com uma mão no rosto de Ana
Ana: Eu acho que sim! - sorri
Suga a beija novamente, só que com mais agressividade, pôs uma mão na nuca de Ana intensificando mais o beijo, a deitou na cama e ficou por cima dela, a beijou novamente sugando seu lábio inferior, enquando suas mãos passeavam sobres as coxas dela
J-HOPE ~ POV ~
Depois de beber uma água, eu percebi o quão estúpido eu fui com Ana, como posso querer conquistá-la agindo dessa forma? Aposto que Suga ficou, a "consolou", a beijou, e agora deve tá tentando se esfregar nela! Não posso desistir tão fácil! Vou voltar!
Hope: An - a porta estava  encostada, eu a empurrei e vi a cena que mais temia, entrei no quarto, fechei a porta, peguei na camisa de Suga por trás - Seu IDIOTA!! - gritei arrancando Suga de cima de Ana, que ficou vermelha e assustada - você não perde tempo mesmo não é hyung! - falei dando um soco no rosto dele, e ele sorriu sarcasticamente
Suga: Você perdeu! Agora ela é MINHA NAMORADA!!! - ele falou convencido, eu olhei para Ana que estava chorando na cama e olhei de novo pra ele - Desculpe dongsang! - ele sorriu novamente
Hope: Claro que não - sorri pegando a gola dele - Eu sou a esperança, eu não desisti dela! - comecei a dar socos nele em lugares aleatórios, ele já estava roxo e com arranhões, eu ia continuar, mas Ana entrou na minha frente
Ana: P-Para hyung, por favor! - chorando - não precisa fazer isso! - eu a olhei nos olhos, e quando olhei pra trás dela, Suga estava se levandanto para me dar um golpe, eu a empurrei para a cama e Suga me acertou, eu cai e e bati a cabeça na quina da cama - Hoseok!!!! - foi a última coisa que escutei antes de apagar
ON ENFERMARIA
ANA ~POV~
Novamente alguém se machucou, por minha culpa, eu sabia que deveria me afastar, sabia!
Hope: An-An-Ana! - falou com uma voz fraca sentado na cama, eu me aproximei e ele colocou suas mãos em meu rosto enxugando minhas lágrimas - você... não combina co... com essas lágrimas! - falou se esforçando, me fazendo chorar ainda mais, ele aproximou meu rosto ao dele e me beijou calmo, suave, carinhoso, com amor - eu não vou desistir de você Ana! Não tão fácil, sorriu e se deitou novamente
V: Licença... Ana? Ele já acordou - entrando
Ana: Sim! Pode ficar aqui, eu já tô de saída! - me levantei e sai
Eu foi direto ao quarto de meu irmão e bati em sua porta
- Namjom-hyung! - falei com a voz falhando
Nam: Maninha! - abriu a porta - Pode entrar!
Eu entrei, sentei na cama e ele sentou do meu lado, ele percebeu que estava aflita, ele abriu a boca para falar, mas antes que pronunciasse algo eu peguei suas mãos e as segurei
Ana: Irmão, teve uma coisa que eu não te contei... Antes dessa família adotiva, eu tive outra! Eu era realmente feliz, mas... quando eu desmaiei na aula de educação física, eu me lembrei dela...
Nam: o que aconteceu?
Ana: Nós tinhámos saído para o shopping! Eu tinha 4 anos - ri - nós compramos doces, brinquedos, estávamos voltando para casa! Eu tinha dois irmãos! Um mais velho com 10 anos e outro com 1 aninho! Nós estávamos cantando, até que o carro deu uma para bruta - comecei a chorar - e-e tinha, dois homens, c-co-com duas pistolas mandando nós sairmos do carro, e assim fizemos, eu estava com meu irmãozinho no colo enquanto dava a mão para o outro minha mãe ficou no nosso lado e meu pai ao dela, um dos homens me olhou e depois disso, fez cara de ódio, carregou a arma e apontou para mim, ele já ia desparar, de repente escutei o disparo, fechei meus olhos, eu senti um líquido escorrenndo em meus braços e em meu rosto, " NÃÃÃÃOOO" escutei minha mãe gritar e, e, com medo, abri meu olhos lentamente, eu vi meu hyung morto no chão em minha frente com um burado na cabeça, e nos meus braços meu dongsang com um buraco no peito, morto, eu comecei a chorar, minha mãe me envolveu em um abraço chorando tentando me c-conso...lar - comecei a falar entre soluços - m-meu pai p-partiu pra cima deles,ma-matou um, e matou o outro, mas antes desse cair morto no chão, um disparo aconteceu eu fechei meus olhos e quando os abrir, v-vi m-meu a-ap-pa c-com um buraco no pescoço, e, e u-um líquido jorrou e-em minha cabe-ça, e-era da, da minha mãe, e-ela lev-vou um t-ti-tiro na c-cabeça e morreu! - chorei desperadamente, Namjom me abraçou chorando
Nam: E-eu não podia imaginar! - apertou o abraço
Ana: Por isso, eu não posso ficar aqui! Hope já se machucou, na próxima vez, pode ser pior! - o apertei - eu preciso voltar para o Bra-Brasil hyung! - deitei em seu colo chorando, e ele me fez carinho, ainda chorando
2 HORAS DEPOIS... NO REFEITÓRIO
Gabi: Oppa! Vamos para o cinema? - abraçada ao Jungkook
Kookie: claro amor! - beija sua testa - vamos ver um filme de terro?
Gabi: Ah não! Eu tenho medo!
Kookie solta um riso - Mas essa é a ideia! Ficarmos agarradinhos! - pegou seu queixo e a beijou profundamente
Any: Nossa! Quanto amor aqui! - Se senta na mesa
V: Kookie, deixa a garota respirar! - sentando ao lado de Kookie que para o beijo
Gabi: Hyung estraga prazer!
Any não parava de olhar V, que a ignorava por completo, ela não entendia qual era a dele
V: E como a Ana tá?
Jin: No quarto com Namjom! - chegando e se sentando - faz duas horas
V: Será que eu vou lá? Estou preocupado com ela!
Any fica com ciúmes e sem entender o que ele estava fazendo, ele estava confuso e precisava da ajuda de Ana para saber o que ele estava sentindo
FIM \o/



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...