História Slave Angel - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 21
Palavras 378
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Então minha gente linda, demorei mas voltei. Desculpe se o cap estiver chato, e aliás eu sei q está pequeno, mas tenho um bom motivo : esses dias tive provas, e como fui mal na maioria, estou me sentindo horrivel, principalmente dps da prova de física quarta. Eu desanimei um pouco até pra escrever, mas ainda hj vou tentar postar um cap mais legal pra vcs. Enfim, boa leitura ❤

Capítulo 8 - Realidade


Fanfic / Fanfiction Slave Angel - Capítulo 8 - Realidade

Ricardo correu o mais rápido que pode para a floresta. Assim que achou que estava longe o suficiente, parou e olhou para trás. Não que a menina fosse segui-lo, mas ele apenas quis garantir. Agora estava sozinho no meio da mata. Ele, e talvez um monte de animais carnívoros mais. Que belo dia para morrer comido.
 O moreno se virou de lado, tentando ao máximo olhar suas asas, e o estado em que estavam. Ele podia se curar rápido de certos ferimentos, habilidade que não fazia idéia de como tinha, mas suas asas por algum motivo eram tão sensíveis que se fossem machucadas, demorariam tempo para se curar, ao contrário do resto de seu corpo. Ele avistou uma pedra de longe e sentou nela. Estava cansado de tanto correr, visto que não era acostumado já que nem precisava, pois ele podia voar. E poderia agora também, se aquela maldita garota não tivesse colocado fogo nas suas preciosas formas de se locomover no céu. Ele suspirou. Falhar na missão desse jeito com certeza não era seu plano, e ele não tinha meios de se comunicar com Scott. Estava há quilômetros do castelo, mas mesmo assim, precisaria ir andando até lá. Provavelmente, após Scott deduzir que Ricardo não estava bem por demorar a voltar, seria mandado alguém para procura-lo, o que, se o destino colaborasse, seria rápido.
 O garoto, após arquitetar o próximo " plano ", começou a pensar na garota loira, fitando o chão. O fato de ela ter produzido fogo tão rápido e usa-lo contra Ricardo, só podia significar que ela era uma Elementar. Nem  um feitiço seria feito assim tão depressa por uma simples adolescente, então a única explicação óbvia era de que ela tinha poderes de fogo. Será que ela morava sozinha? Afinal, só havia ela na casa quando Ricardo a tinha envadido. E a pergunta mais importante : era ela a Fonte de Poder que Scott tanto queria? Se fosse, Ricardo já teria começado falhando na missão. Mas de qualquer forma, ele não sequestraria uma menina para da-la a Scott. Mas então ele se lembrou. Seu pai ainda estava preso, e ele ainda precisava tira-lo de lá para os dois voltarem a viver juntos novamente. Então era isso que ele precisava fazer? Sequestrar uma garota?


Notas Finais


Sei q esse cap tá desanimador, mas pfvr comentem oq estão achando ❤ prometo postar algo mais legal qnd eu me recuperar ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...