História Smoke (Blackpink) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Black Pink
Personagens Jennie, Jisoo, Lisa, Rosé
Tags Blackpink, Chaelisa, Chaeyoung Park, Jennie Kim, Jensoo, Kim Jisoo, Lalisa Manoban
Visualizações 95
Palavras 2.521
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência, Visual Novel, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpa por ser tão curto ou se tiver qualquer erro de escrita </3

Capítulo 2 - Desafios


Fanfic / Fanfiction Smoke (Blackpink) - Capítulo 2 - Desafios

POV Jisoo

Fiquei ali após o acontecido, encarando a cara de espanto e nojo dos meus pais, minha mãe totalmente suja, eu estava suja, tudo estava sujo, até minha alma

- O QUE É ISSO? - minha mãe finalmente criou coragem pra falar alguma coisa após minutos encarando o vômito 

- Mãe... eu... - Tentei me explicar mas ela apenas me interrompeu

- Eu vou tomar um banho, e quando eu terminar, eu e seu pai vamos conversar sério com você - senti medo - Agora já pro seu quarto antes que eu te faça lamber essa sujeira!

Corri para as escadas e subi até meu quarto, entrei limpando a boca com a manga da camisa do colégio e me joguei de bruços na cama, minha cabeça ainda doía e eu sentia que "Conversar sério com você" não seria uma conversa pacífica e rápida, nunca cheguei à esse ponto com meus pais, mas alguém que eu não sei o nome já disse "Pra tudo tem sempre uma primeira vez".

Me levantei antes que caísse no sono de novo e fui para o banheiro do segundo andar mesmo para banhar, após o banho rápido, coloquei um pijama totalmente roxo e esperei no meu quarto minha mãe e meu pai, que ainda nem deram sinal de vida

Após uns 13 minutos, ouço a porta abrir

- Não quero essa porta fechada mais - me assustei com a atitude de minha mãe - Vamos começar pelo básico, certo? Onde você estava?

- Eu me atrasei pro colégio então fiquei de detenção e...

- Detenção por 7 horas? - sarcástica

- Eu conheci umas meninas na detenção e elas me convidaram pra casa delas e...

- E você aceitou? Sem ao menos conhecer elas direito? Poderiam ter te matado ou sei lá! - ela suspirou e colocou a mão na cabeça enquanto meu pai apenas olhava a situação na porta - E porque não avisou?

- Eu ia, mas esqueci

- Claro, com tanta bebida que você tomou! Seu corpo todo fedia... - Ela se aproximou de mim senta na cama - Você envenenou sua alma - Agarrou meu braço forte - Essa não foi a filha que eu criei - me largou - Não vai mais falar com essas garotas, não vai mais sair de casa além de ir pro colégio e quando terminar direto pra casa, você tá me ouvindo Kim Jisoo? - fiquei boquiaberta com as ordens de minha mãe

- Isso é muito injusto! - levantei a voz pela primeira vez com minha mãe e levantei da cama - Primeiro vocês me tiram da minha cidade, da minha escola, dos meus amigos, e agora que eu finalmente arranjo amigas legais e começo a me encaixar vocês querem estragar minha vida de novo? Já não cansaram?! - quando terminei de desabafar o silêncio tomou conta do quarto, meus pais estavam boquiabertos e minha mãe já começava a lacrimejar 

Eu já falei o que tinha pra falar - sua voz parecia trêmula e fraca - Boa noite... filha - Escondeu seu rosto e andou rápido de cabeça baixa pra fora do quarto, após a saída dela meu pai ficou me encarando com cara de decepcionado e correu para consolar minha mãe

Eu realmente não sei o que me deu, uma mistura de raiva com tristeza e arrependimento, fui até a porta e à fechei com tudo emitindo o som pela casa inteira, corri para a cama e me joguei nela, peguei um travesseiro e coloquei no meio do meu rosto e comecei a gritar, gritei o mais alto que conseguia e logo me acomodei mais calma, caindo no sono

Acordei no susto, pela primeira vez minha mãe não bateu na porta, olhei o relógio e eu ainda estava dentro do horário, me levantei e fui vestir meu uniforme, quando terminei de vestir que notei as mangas sujas de vômito, não daria tempo para lavar, então apenas fui até o banheiro e passei uma água, não adiantou muita coisa então coloquei um casaco preto para tampar

Olhei no espelho e vi olheiras e meu cabelo pouco arrumado, mas não dava tempo pra arrumar isso, desci e me assustei ao não ver o tradicional café da manhã que minha mãe preparava, era obviamente pra me afetar, então apenas fui até a cesta de frutas, peguei uma maçã e fui mordendo ela até lá fora, foi uma refeição rápida que ao chegar no portão já havia terminado, joguei o resto num lixinho que tinha ao lado da caixa de correio e fui até o ponto de ônibus

Esperei o ônibus quieta até ele chegar, quando chegou, adentrei-o e fui passando pelas filas de pessoas que me observavam com olhar estranho, sentei na janela com um banco desocupado do meu lado, conforme o ônibus ia indo um garoto sentou ao meu lado e ficou me olhando sorrindo, ele usava jaqueta de atleta e percebi um grupo de garotos olhando pra ele rindo (com a mesma jaqueta) 

- Jisoo, certo? - me assustei quando ele citou meu nome - Calma, não precisa se assustar - ele riu, o sorriso dele era realmente muito bonito - Que tal você e sua amiguinha Rosé fazer um threesome? - a magia do sorriso dele acabou naquele momento

- O que? - fiquei chocada com a atitude dele

- Ah esqueci, ela é sapatão né? E que tal aquela loirinha gostosa? Suas bocas devem ser demais - dei um tapa na cara do garoto e o sorriso dele se acabou, seus parceiros uivaram com meu ato e começaram a rir

O garoto virou com um olhar horrível para mim, parecia que iria acabar comigo

- Jiyong - fiquei confusa - Não esqueça esse nome gatinha - falou sério e ameaçador

- Jiyong você é tão panaca, deixa a garota em paz! - olhei para cima e vi uma garota morena muito fofa me defendendo

Jiyong riu e saiu do meu lado e foi se juntar com seus amigos, a garota que me defendeu se sentou ao meu lado e ergueu sua mão para um aperto de mão

- Nayeon - fiquei confusa no começo mas ergui meu braço para cumprimenta-la 

- Jisoo - ela sorriu e mostrou seus dentinhos de coelho muito fofos e eu sorri para ser simpática

- Não liga pro Jiyong, ele é assim mesmo, filhinho de papai - assenti

- Ele falou coisas horríveis das minhas amigas - Nayeon parecia se espantar

- O que? Você é amiga de Rosé? - assenti e ela arregalou os olhos - Você deve ser bem mais interessante do que imaginei - ela riu mas eu fiquei confusa - Então elas resolveram recrutar outra? - falou como se fosse raro - Mas não se engane com elas, Jisoo, você não parece ser igual à elas, parece ser boa e centrada, nenhuma delas é assim - achei meio besteira 

- Elas são legais, sério! - ela riu sarcástica 

- Vai por mim, já fui amiga de Jennie e não é lá mil maravilhas - me assustei

- Já foi amiga delas? - perguntei e ela assentiu com ar de arrependida 

- Mas eu consegui abrir os olhos - ela olhou pra mim - Desejo o mesmo pra você - ela sorriu - Antes que te destruam por dentro - se aquilo era uma mensagem de motivação ou elogio, realmente ela pegou o caminho errado

- Podemos mudar de assunto? - o ônibus parou e Nayeon olhou para fora

- Talvez outra hora, Jisoo - Nayeon se levantou - Foi bom conhecê-la - sorriu e seguiu seu caminho

Por um momento fiquei ali refletindo mas me toquei que tinha que sair do ônibus, então levantei e fui a última à sair, todos já estavam entrando no colégio, eu estava logo atrás quando fui parada por Jennie

- Hey! - ela segurou meu braço devagar

- Oi! - falei feliz em vê-la de novo

- Eu e as meninas vamos para o shopping, vem com a gente - ela sorriu de uma forma tão angelical, Jennie era realmente muito bonita

- Mas e a aula? 

- Esquece! Não vai ter nada de importante - olhei para a porta de vidro e vi Nayeon me olhando num círculo de amigas enfrente aos armários (ela era a única olhando)

- Eu... - Logo veio na minha cabeça minha mãe me proibindo de tudo, se eu fosse ela nunca iria saber e nunca iria brigar por eu ter ido ao shopping com elas, certo? - Tudo bem - Jennie fez um sorriso de orelha à orelha e me puxou pelo braço até o estacionamento onde Rosé e Lisa esperavam em seu carro

Quando me viram, vi seus sorrisos abrirem, era muito satisfatório ver que eu tinha amigas tão legais quanto elas

Quando entrei no carro fui recebida muito bem por Rosé e Lisa

- E aí garota? Não tá com ressaca não né? - Rosé falou e todas caíram na gargalhada

- E não desmaia da próxima vez - Lisa brincou e eu soltei uma risada

Jennie deu play na música (Música que você imaginar) e acelerou o carro com destino ao shopping, o dia estava lindo, céu azul e muito movimento nas ruas

- Tenta fazer isso Jisoo - Rosé se levantou como fez da primeira vez que peguei carona, segurou com uma mão no banco de Jennie e a outra levantou bem alto, todas riram

Determinada me levantei e fiz os mesmos movimentos de Rosé, porém tremendo um pouco com medo de cair ou sei lá, mas foi tão bom, nossos cabelos ao vento ao som de (Música que você pensou) era realmente maravilhoso, todas estavam se divertindo muito

Então o carro estacionou na frente de um imenso shopping, saímos do carro e fomos caminhando até dentro dele, estava totalmente cheio e tinha vários lugares pra se explorar

- Deve dar pra se perder por aqui - falei boquiaberta e maravilhada com a imensidão

- Não quando você vem aqui todos os dias - Jennie falou sorrindo de lado 

Fomos caminhando até uma praça de alimentação, nos sentamos numa mesa de quatro e Rosé começou uma brincadeira

- Lisa, te desafio à ir ali e pedir o número daquele garoto - apontou para um menino que olhava a vitrine de sapatos de uma loja, Lisa olhou e sorriu

Lisa se levantou, ajeitou o cabelo e foi em direção ao rapaz, o cutucou por trás, infelizmente não conseguimos ouvir nada, tinha muito barulho e eles estavam um pouco longe, de repente o rapaz olhou pra nossa mesa e nós três desviamos olhar uma para outra, novamente devagar voltamos a olhar para eles que já estavam rindo. O rapaz pegou o celular dele e começou e digitar, ele terminou, guardou o celular e ela o abraçou e veio andando de volta para a mesa enquanto o rapaz encarava ela por trás sorrindo

- Desafio comprido! - rimos

- Tá e cade o número dele, espertalhona? - Jennie falou brincando com a cara dela e nesse mesmo momento o celular de Lisa em seu bolso vibrou e ela retirou

- Esse serve? - mostrou uma mensagem nova de um número desconhecido em sua tela e todas sorriram, Rosé e Lisa fizeram um "toca aí" e Lisa voltou a se sentar - "Bloquear" - Lisa recitou enquanto bloqueava o rapaz da mensagem - Tá, minha vez... - olhou para Rosé pensativa e depois olhou para o shopping todo - Te desafio e roubar o óculos daquela mulher sentada ali - Me assustei com o desafio e olhei para Rosé

- Vou precisar da ajuda de Jennie pra isso - Rosé olhou para Jennie e piscou, Jennie sorriu e eu ainda continuava confusa, elas iriam realmente roubar a mulher?

As duas levantaram e foram em direção à mulher, Jennie se aproximou de frente e começou a puxar papo com a mulher e Rosé foi por trás, devagar foi aproximando sua mão sem medo do óculos, Jennie já parecia estar sem papo para puxar e distrair a moça, foi quando Rosé conseguiu agarrar o óculos e o colocou em seu rosto, Jennie apenas parou de falar com a mulher e voltaram

- Gostaram do meu óculos novo? - Lisa riu e eu fiquei confusa

- Você vai devolver? - todas sentaram

- Pra que? Garanto que ela tem vários - Rosé colocou o óculos na cabeça - Estou faminta, vamos pedir algo para comer por favor!

- O que você quer comer Jisoo? - Jennie me perguntou e eu ainda processando o que tinha acontecido 

- Ahn... Frango? - todas sorriram e assentiram, Jennie levantou a mão para pedir e logo um atendente veio nos perguntar se queríamos algo, Jennie fez o pedido e ele foi embora, não demorou muito até ele voltar com o frango

Comemos até a fartura, eu realmente estava cheia de frango e coca-cola, o frango de Seul era muito bom, diferente de qualquer um que já havia comida, mostrava satisfação estampada na minha cara, foi quando soltei um arroto sem querer, todas me encararam surpresa e eu fiquei com medo da reação delas, não demorou muito para todas caíram na risada e debocharem da minha cara, não resisti e ri junto, já havia esquecido o óculos roubado ou qualquer outra coisa

Nos levantamos e fomos em direção à pista congelada, nunca havia patinado na minha vida, Rosé pediu 4 pares de patins e entregou para cada uma, elas colocaram e quando vi, Rosé já estava patinando no gelo como um cisne na água, Lisa era tão boa nisso quanto na dança, Jennie ficou me esperando

- Jisoo? - esperava eu criar coragem para me aproximar dela e ela riu percebendo o desespero na minha cara

Jennie se aproximou e me levou devagar até o começo da pista e então entrou comigo, minhas pernas começaram a tremer ao lado das suas que estavam firmes no gelo, ela continuava rindo, então ela me segurou mais forte de lado e começou a patinar me carregando devagar enquanto eu apenas ficava parada dependendo de seus movimentos

- Não precisa ter medo! Eu estou aqui pra te segurar se você cair - sorri com sua atitude e tentei começar a andar

Quando percebi já estava patinando junta com Jennie, ficamos dando voltas no estádio, foi realmente muito bom aquela sensação

Após várias voltas, todas saímos da pista, entregamos nossos patins e fomos em direção à saída

- Não foi um dia muito produtivo, mas me diverti muito! - Lisa falou

- Agora que temos uma nova integrante nesse círculo de amigas, vai ser cada vez mais divertido - Rosé olhou pra mim e sorriu

- Mas acho que pra ela fazer parte oficialmente desse círculo ela tem que cumprir um desafio - Rosé concordou rindo

- Certo, deixa que eu faço esse - nos concentramos em Rosé enquanto andávamos - Hum, como Jennie e Jisoo não fizeram nenhum desafio "solo" eu tenho um para elas, preparadas? - assentimos surpresas - Desafio que vocês duas se beijem!

- QUÊ? - Eu e Jennie olhamos espantadas para Rosé que ria com Lisa

Continua...

 


Notas Finais


Obrigado por tudo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...