História Snamione- Imagine Hot - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Hermione Granger
Tags Harry Potter, Hermione, Snamione, Snape
Exibições 122
Palavras 674
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Famí­lia
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Capítulo Único


  Capitulo Único:
           Hermione acorda e olha ao redor, percebendo que estava no seu quarto e que o lugar ao seu lado na cama estava vazio, deu conta que Severus não estava lá. Sorriu ao lembrar-se da noite excitante que tiveram.
            
           Lembrança On:
    
       "Hermione, onde estás?"- Perguntou Severus, enquanto subia as escadas.
       "No banho, amor!"- Respondeu 
    

        Severus, logo imaginou Hermione nua com gotas de água escorrendo pelo corpo, enquanto lavava os cabelos, logo uma ereção se formou. Entrou no banheiro, já tirando as roupas, para se juntar a sua esposa. Já nu, deparou-se com a sua mulher, de costas para ele lavando o corpo, ainda não notando a presença dele no banheiro. Entrou devagar na banheira, para não a assustar, e abraçou-a por trás, fazendo com que o seu membro ,já duro, roçasse na bunda dela, fazendo-a gemer timidamente:
       "Ahhh..."
        "Já está gemendo amor, mas eu ainda nem comecei"- Falou, virando-a para si, beijando-lhe o pescoço e clavícula. Desceu os beijos pelo peito, passando pelos seios, começando a suga-los com vontade!
        "AHHHH, Severus"- Disse passando a mão pela barriga definida, até chegar ao membro, masturbando-o lentamente.
        "Hmmm, Mione, assim gostosa"- disse no meio de gemidos, já tinha parado de lhe sugar os seios, e agora descia, roçando os lábios pela barriga, até chegar ao seu clitóris, fazendo gemer alto, o que fez o seu membro pulsar de prazer. Chupou-a com vontade, mordiscando, lambendo, fazendo-a chegar ao primeiro orgasmo da noite. Hermione, quis retribuir o prazer, já que apenas ele tinha proporcionado prazer, não sabendo que o maior prazer dele era ouvir os gemidos dela.
        "Agora é a minha vez, amor."- Disse colocando-se de joelhos, olhou para o membro dele, que já apontava diretamente para ela. Lambeu os lábios, e olhou para cima como se lhe pedisse autorização, como resposta ele moveu a cintura para a frente, o que fez com que o membro roça-se com os lábios dela. Passeou lentamente a língua pela base do membro subindo até à cabeça. Começou chupando vagarosamente, rodeado-o com a língua.
        "Ohhh, isso, que boca, que língua e QUE MULHER, Ahhh!!"- Hermione, levou isso como um incentivo e chupou com mais intensidade, levando-o à loucura.
        Severus puxou pelos braços, e a colocou no seu colo, fazendo com que as costas dela se encostassem na parede fria, o que causou arrepios no seu corpo. 
        Ajeitou-se entre as pernas da mulher, começou a esfregar a ponta do membro na entrada dela, apenas admirando ela erguer a cintura, tentando aumentar o contacto, deslizou o seu membro, até á metade, retirando logo de seguida, fazendo-a reclamar pela falta de contacto.
        "Severus, anda lá, mete, odeio quando fazes isso"
        "Mas eu adoro vê-la a implorar pelo meu membro dentro de ti"- Respondeu, com um sorriso maroto no rosto
        " Mete então, vai, não aguento mais"- Implorou
        A súplica foi o fim das resistências do homem, com uma estocada firme ele a penetrou por inteiro, Hermione perdeu o fôlego e arfando gemeu algo sem sentido.
Severus entrava e saía rapidamente, a mulher sentiu uma enorme sensação de perda quando o sentiu sair, mas logo foi esquecida quando ele voltar a entrar e sair freneticamente.
       Seus corpos iniciavam uma doce batalha, as suas respirações misturavam-se descompassadas. Severus aumentou os movimentos e foi acompanhado por sua amada. A sua mão tocava em todos os sítios possíveis. Severus parou a mão sobre um seio rígido tamanho o prazer, e o pressionou enquanto alcançava o orgasmo, junto da mulher.

        Lembrança Off:
  
        "Estás a pense em quê, pequena?"- perguntou Severus enquanto entrava no quarto, de pijama, com uma bandeja com pequeno-almoço. Pousando-a na mesinha de cabeceira, e de seguida deitando-se ao lado da sua mulher.
        "Hmm, bem excitante, é porque está lembrando se pode reviver" Disse beijando-lhe o pescoço 
        "Você é a pessoa mais Inteligente que conheci amor, tem ótimas ideias"- disse o beijando sedutoramente.
        "Eu amo-te, até ao infinito..."- Disse Severus.
        "... E mais além... Também te amo, Severus."- Respondeu. 
    
        Feliz Hermione abraçou o marido e eles permaneceram ali aproveitando as sensações que o amor lhes proporcionava.


///////////////////////////////////////////////////////////

FIM
        



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...