História Apenas Com Um Toque - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Bullying, Colegial, Deficiencia, Personagens Originais, Romance, Violencia
Visualizações 45
Palavras 1.004
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oi amores trouxe uma fic nova! ela é um pouco diferente e espero que gostem!

Capítulo 1 - Meu maior trauma!


P.O.V  Isa:

2 Anos Atrás:

Flashback on:

-Por favor para!

-Cala a boca cegueta você já está me irritando!

Eu chorava entre soluços enquanto os dois caras rasgavam a minha roupa.

-Nossa que corpinho em princesa, pena que é cega aí você poderia ver tudo o que estamos fazendo.

Eu tentava me debater mais eles eram mais fortes que eu, um segurava os meus pulsos com muita força enquanto o outro rasgava a minha roupa, até que só sobrou a calcinha e o sutiã.

-Por favor, eu imploro não fazem isso! –Eu falava entre soluços.

Os dois começaram a rir e eu comecei a chorar mais, eu tentei gritar mais um dos caras me deu um forte tapa na cara e tampou a minha boca.

-Ninguém vai te ouvir gracinha –Falou um dos caras com uma voz de deboche.

O Cara começou a desabotoar o meu sutiã deixando os meus peitos a mostra.

-Delícia!

O cara começou a massageá-los e eu comecei a chorar mais enquanto me debatia, o cara que estava segurando os meus pulsos com muita força falou:

-Só você vai se aproveitar dela?  Eu estou aqui com o trabalho duro e você fazendo o que quer?

-Tá deixa eu fazer oque eu estou querendo a dias da minha namorada!

De repente com muita rapidez ele tira a minha calcinha, e eu começo a me debater mais com as minhas pernas e ele começa a acaricia-las, eu conseguia ouvir a risada dos dois, o que me deixava mais assustada, eu não podia enxergar mais podia ouvir tudo o que eles diziam sobre mim, o meu coração estava acelerado demais eu queria muito os meus pais naquele momento, eu só queria tomar um ar, eu nunca pensei no que poderia acontecer.

-Nunca falaram pra não andar sozinha na rua em plena noite amorzinho?

Eu não conseguia dizer uma sequer palavra pois minha boca estava tampada, até que eu sinto ele penetrar dentro de mim.Eu não podia fazer nada só apenas chorar muito, eu ouvia risadas e gemidos o que me sentia ter nojo, medo, fúria...Tudo estava sendo um trauma pra mim, eles estavam me machucando e abusando de mim! Foi como se toda a minha vida foi destruída, eu só tenho 14 anos!

Eu chorava tanto, mas tanto. E quando os dois finalmente se cansaram eles me jogaram para fora do carro, depois de ter me estuprado e batido até não aguentar mais...Lá estava eu jogada no chão, machucada por dentro e por fora...Minha infância foi totalmente destruídas por aqueles caras, eu sinto nojo de homens de todos eles, eu os odeio tanto, com todas as minhas forças...O Único homem que eu amo é o meu pai só, nenhum garoto preenchera o meu coração de amor.

Flashback off:

-Isabella Hemmings?

-Presente professora.

-Você poderia vir aqui por um estante?

-Sim, professora.

Eu pego a minha muleta e começo a caminhar lentamente a procura da professora pela sala, eu ouvia algumas risadas vindo atrás de mim mais eu não dava tanta importância. Chegando lá com a minha muleta e óculos preto como sempre ela pergunta.

-E então como foi o seu dia?

-Ótimo professora.

-Que bom, tenho uma notícia boa.

-Sim.

-Você tirou 10 em biologia.

-Sério...Fico feliz que tenha melhorado bastante.

-Obrigada professora, eu estudei muito. – Eu falo rindo.

-Cegueta! – Alguém grita no fundo da sala.

-O que disse senhor Steinfeld? – Grita professora.

-Nada eu estou aqui quieto.

Em seguida a sala toda começa a rir. Eu não conseguia ver mais uma coisa eu sabia e muito, escutar. E eu sabia muito bem que foi o idiota do Isaac!

-Para a diretoria agora! –Grita a professora de Biologia.

-O que? Mais eu nem...

-Sem frescuras agora!

Eu escuto Isaac  sair da sala batendo com muita força a porta da sala.

-Professora não precisa...

-Isso não é certo Isa, ele tem que aprender que bullying é crime, principalmente pra quem é deficiente.

Eu realmente me senti ofendida, não queria ser chamada daquela forma, eu queria muito ser igual a todos. O sinal bate e escuto todos se levantarem de suas carteiras e saírem pela porta eu agradeço a professora pela nota e vou com a minha bengala até  a minha carteira, eu pego o meu livro e vou para o intervalo.

Eu estava caminhando com um livro  na mão pelo corredor quando de repente do nada eu caiu no chão.

-Hahaha! – Todos  riam –Muito bom Isaac.

-Se é cega menina? Não viu meu pé?...Aé esqueci você é cega mesmo!

Todos começaram a rir mais, eu me levantei lentamente peguei minha bengala e comecei a procurar o livro, até que eu o acho eu começo a caminhar ignorando totalmente as risadas. Como que o Isaac consegue ser tão otário?

Eu estava caminhando quando ouço uma voz muito meiga.

-Aonde você estava menina? Eu estava te procurando.

-Riley?

-Sim...Aonde estava.

-Pagando mico de novo.

-Af! Não liga o Isaac adora fazer isso com as pessoas, ele é um idiota!

-É eu sei...Mas já too acostumada .

-Ah esquece isso vamos lanchar? Estou morrendo de fome! Eu nem tomei café quando vim pra cá. Essa escola devia dar lanche de manhã até porque ficar aqui o dia inteiro é um saco!

A gente da umas risadas e ela passa os seus braços em volta dos meus.

Riley sempre foi uma ótima amiga, sempre me ajudando e apoiando no que eu faço, o seu nome é Riley Hart ela tem 16 anos, temos a mesma idade! E sempre nos damos bem ela é uma pessoa muito meiga, compreensiva, carinhos e amiga nem preciso falar!

Ela é ótima em tudo, eu realmente gostaria de saber como ela é! Deve ser linda...

Chegando ao refeitório.

A gente ficou comendo batatinhas enquanto ela falava toda hora sobre o seu crush! Derek, ele era da nossa sala, ele é o segundo melhor amigo de Isaac pelo o que eu sei, e garanto que deve ser da mesma carne...Um babaca querendo se aproveita de todas as meninas. Esses meninos odeio todos eles!

Continua....


Notas Finais


e aí gostaram amores?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...