História So Cold - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Barbara Palvin, Justin Bieber
Personagens Personagens Originais
Tags Barbara Palvin, Boates, Brigas, Chaz Somers, Desejo, Drama, Drogas, Gangues, Intrigas, Justin Bieber, Mortes, Nolan Murray, Ódio, Rachas, Rebeldia, Romance, Ryan Butler, Sexo, Violencia
Exibições 233
Palavras 1.407
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey lifes ♥ Tudo bom? Espero que sim! *-*

Bom espero que gostem deste cap, e obrigada por cada comentário do cap anterior vocês arrasam ♥ Enfim, Jennifer morreu ou não? Vamos ver haha e.e

BOA LEITURA! ♥

Capítulo 10 - Different


Fanfic / Fanfiction So Cold - Capítulo 10 - Different

            P.O.V. JENNIFER BIEBER

  Meu peito doía. E muito, acho que eu não iria resistir ao tiro, pois a cada hora que eu respirava sentia meu peito doer mas ainda e a bala andando e penetrando ainda mas no meu coração.  Não sentia mas nada, além de dor e medo de morrer. A cada suspiro fraco e desesperado que eu dava a bala percorria mas centímetros e assim penetrando meu coração. Mas agora eu pude notar Justin me carregando no colo, meus olhos já estavam fechados e podia sentir a cada minuto a escuridão e a morte vindo, era algo inevitável eu iria morrer, e talvez já fosse tarde de mas para chamar um médico.

  -   Jenny fica acordada ...  -  Sussurou Justin me pondo sobre alguma coisa, estava fraca de mais para distinguir mas devia ser o sofá.   -  Chama o médico Ryan.   -  Ordenou Justin desesperado.

 
                 P.O.V. JUSTIN BIEBER

  Jennifer não podia morrer. Eu preciso dela, não só para minha reputação e sim porque eu acho que eu a amo.  Quando Taylor atirou nela senti como se o tiro fosse em mim, meu coração começou a disparar rapidamente ao ver ela cair no chão e sua blusa se manchando de sangue.  Ela respirava com dificuldade, ela lutava para viver mas talvez fosse tarde de mas para chamar um médico.  Ela estava fraca de mas.

  -  Ela graças a Deus vai ficar bem.   -  Falou o médico depois de ter tirado a bala que estava indo para o coração da Jenny.

  -  Ok.  Toma seu dinheiro.  -  Peguei alguns doláres da minha carteira e dei para o médico assim o dispensando .

  -  Melhor botar ela num quarto ela deve está desconfortavél no sofá.  Ela precisa descansar.   -  Falou Caitlin preocupada.

  -  Deixa que eu coloco.   -  Se pronunciou Chaz.

  -  Deixa eu que coloco.   -  Retrucou Ryan dando um leve empurrão em Chaz.

  -  Nossa dois tarados.   -  Caitlin comentou balançando a cabeça em negativo.

  -  Nenhum dos dois vão levar.  E sim eu.  -  Peguei Jenny com cuidado pois ela estava com pontos perto do coração.

  -  Eu queria ... -  Reclamou Chaz.

  -  Eu que mando nessa porra Chaz.  - O olhei sério.

Subi as escadas que dava aos quartos vagarosamente pois Jenny dormia profundamente, e eu não queria acordá-la .  Ela era tão indefesa, inocente e male sabe do seu passado.  Só sabe que o pai dela é um perfeito idiota e desgraçado o qual vai se arrepender de ter atirado na minha Jennifer.  Ao chegar no seu quarto a porta já estava aberta o que me ajudou.  Caminhei e pus ela com certo cuidado sobre a cama, peguei um lençol e a tapei.  Nunca tinha notado ela dormindo, ela era tão linda uma beleza angelical o qual eu estava me apaixonando.

            

            P.O.V. JENNIFER BIEBER

                    Cinco dias depois...

Comecei a me mexer na cama e senti o lençol sobre meu corpo, abri meus olhos e vi que eu estava numa cama.  E Justin estava deitado ao meu lado dormindo tranquilamente . A última coisa que eu me lembro era de eu ter levado um tiro e depois eu desmaiei, ou será que eu morri e estou no inferno com Justin deitado ao meu lado,eu não me lembro de ter transado com ele para ele está dormindo aqui.  Me pus sentada na cama e fiquei olhando ao meu redor, não estava entendendo nada como eu sobrevivi e porque Justin está deitado comigo? Ou será que eu morri?

  -  Você acordou ...

  A voz rouca super sexy de Justin surgiu atrás de mim.  Ele me encarava com cara de sono.  Desde quando eu e ele começamos a ter sexo sem compromisso eu nunca vi dormindo ou com essa cara de sono.

  -  Porque?  -  Me virei para fitá-lo o olhando bem no fundo dos seus olhos.

  -  Você dormiu por cinco dias Jennifer, pensei que não iria acordar mas ...  -  Seu tom de voz soou como preocupação.  Eu não acredito que dormir por cinco dias, como pude dormir tanto.

  -  Nossa Justin, o que houve comigo eu levei um tiro e depois o que houve comigo?

  -  Eu peguei você e mandei chamar o melhor médico daqui da cidade.  Ele retirou a bala que quase foi para seu coração e depois te deu vários pontos . 

  -  Ah ... Obrigada.   -  Sorri um pouco tímida olhando para ele que me fitava como eu nunca havia visto antes, ele tinha um certo brilho no olhar.   -  E você ficou esperando eu acordar? 

  -  Sim, enfim vou resolver algumas coisas sobre o roubo que teremos hoje.  -  Justin mudou de assunto rapidamente, notei que o deixei meio desconfortavél com o assunto.

Logo me encontrara sozinha no quarto, mas eu não havia notado mas aquele era o quarto de Justin.  Ele havia me deixado no seu quarto.  O que aconteceu com Justin? Ele está diferente e um diferente que eu estou gostando.  Caminhei até o banheiro, e vi roupas de Justin lagardas pelo banheiro.  Me fitei no reflexo do espelho e eu estava tão acabada e com marcas de que eu havia dormido muito, também dormi cinco dias sem acordar.  Um homem tatuado surgiu atrás de mim com roupas femininas que por sinal era para mim.

  -  Creio que vai precisar da minha ajuda para tomar banho.   -  Justin botou as peças de roupa em cima da pia.

  -  Talvez, mas o que houve com o Justin que eu conheço? O rude, cretino, grosso em?   -  Tirei a blusa que usava e notei os pontos perto dos meus seios.  Não creio que o médico deu pontos e viu meus peitos, prefiro Justin do que um desconhecido .

  -  Eu sou o mesmo, não se deixe enganar pela minha educação Jennifer Bieber.   -  Sussurou Justin tirando as calças que eu usava. 

Justin estava tão delicado . Eu nunca o vi antes, e isso tava fazendo eu enxergar que eu gosto dele.  Eu amo ele do jeito que ele é . Caminhamos juntos para debaixo da ducha depois dele próprio ter tirado minhas peças íntimas sem nenhuma malícia, o que me fez ficar mas confusa . Se fosse o Justin que eu conheço teria transado comigo na mesma hora que me visse nua, mas ao contrário ele agiu como se já tivesse me visto assim várias e várias vezes e que não estava nem aí para mim. A água morna da ducha caia sobre meu corpo nu, fazendo meus músculos se relaxarem.  Justin pegou o sabonete e em seguida passou pelo meu corpo todo, até chegarem aos meus seios e ele ver meus pontos e passou o sabonete com cuidado para não tirar os pontos e também não me machucar. Agora ele passava shampoo em meus cabelos, os massageando suavemente fazendo a espuma surgir.

Novamente a água morna da ducha voltou a cair sobre meu corpo, e Justin tratou de tirar toda a espuma do meu cabelo e tirou em seguida do meu corpo. A ducha foi fechada e Justin secou meu corpo com a toalha, ele fazia tudo com cuidado como nunca imaginei que ele faria isso comigo depois dele ter transado comigo e penetrado na minha intimidade a força fazendo eu chorar, e chorar.  Mas agora ele está bem aqui na minha frente tomando cuidado comigo, me dando banho com total cuidado, como se eu fosse algo especial para ele, como se eu fosse algo importante para ele .

Já de roupa posta por Justin.  Eu o olhava perplexa e sem reação depois daquela cena toda de Justin.  Só soube olhar para ele enquanto ele também me olhava.  Me surpreendi ao sentir os lábios dele esbarrando nos meus,o beijo era envolvente e calmo.  Pedi entrada para a minha língua e em seguida o mesmo cedeu nossas línguas dançavam alegremente e sicronizadas, sentia as mãos de Justin apertando a minha bunda bem forte com cada movimento que nós faziámos com a língua. Envolvi meus braços em seu pescoço, e com minhas mãos puxei ele para mas perto de mim assim intensificando o beijo.  Pela maldita falta de ar paramos o beijo, o segundo beijo que eu já dei em Justin e com certeza esse foi o melhor.

  -  Obrigada ... -  Revirei os olhos fazendo carinho na sua nuca com minhas mãos.

  -  Droga... Não pode ser assim ... -   Justin tirou suas mãos da minha bunda e saiu do banheiro parecendo arrependido com o beijo, com tudo.
 

                


Notas Finais


Obaa Jennifer tá viva, e Justin dando banho nela? Ahh quem me dera se fosse eu u.u e o que acharam deste beijo?

Amores está relampeando aqui então vou ser breve, beijinhos e comentem amo todas vocês, muitão mesmo ♥

Felíz Ano Novoooooooo gatas ♥♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...