História So far Away - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Agust D / Suga
Visualizações 10
Palavras 803
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - 1. The End


Fanfic / Fanfiction So far Away - Capítulo 1 - 1. The End

Tudo está desmoronando. Para Yoongi o mundo já não servia mais. Bebedeira não curava mais o estrago que seus pais tinham feito em seu coração. Morrer não era uma opção, e se morresse, ia ser perseguido eternamente pela culpa. Virou o última dose de tequila que pediu. A bebida já não descia rasgando como as outras incontáveis que tomou antes dessa. Fez um sinal e o garçom colocou outra. Fazia horas que estava bebendo e o garçom nada dizia, afinal, quanto mais o cliento consumia, mais ele recebia no fim do mês. Todos pareciam mais felizes do que ele, e todos os olhos com uma camada extra de brilho. Seus sonhos despedaçados e triturados, misturados à sua bebida. Todas as noites de insônia, todas as brigas com a mãe para apenas seguir seu sonho, todas as vezes em que seu pai o agredia fisica e verbalmente. Tudo amassado. triturado. Misturado á bebida. Tudo está desmoronando porque ele está ali. Porque ele não seguiu "seu" sonho. Porque ele foi um idiota, e agora não tem emprego nem lugar para ficar. Tudo está despedaçado. Olhou nos bolsos para checar se tinha dinheiro. Como as outras 50 vezes em que checou, não tinha. Era difícil suportar não ficar bêbado, mesmo a bebida sendo uma luxúria. Mais 15 doses e talvez um desmaio. Algo para que possa sair daquele lugar sem pagar e voltar apenas quando tiver o dinheiro para quitar suas contas. Tão longe... "Faça faculdade e tudo dará certo", eles disseram. E se isso não for o suficiente? E se isso não fizer uma pessoa feliz? E se a faculdade não for o sonho dela? Fundo do poço, é para todos os que tentam seguir seus sonhos vão. Tão longe... Outra dose, descendo como água por sua garganta. Há quantas horas estava naquele lugar desprezível ? 5 horas? Mais do que isso, no mínimo. Agora era sentar perto da balada, esperar uma garota chegar perto dele e derramar bebida sem querer em sua roupa. Pronto, sua história de amor já estava formulada. Mas quem precisa de amor quando se dorme na rua com apenas algumas letras escritas à mão e infelicidade? Já não lhe bastava os tapas de seu pai em seu rosto, agora só faltava arranjar uma namorada. Ou namorado. Ah, um namorado. Foi o fato de ele aceitar dois sexos que começou a piorar as coisas. "Meu filho é indeciso!!", chorava sua mãe. "Eu lhe ensinei a ser macho, Yoongi!!", berrava seu pai. "Você é homem ou não?". Sem perceber, uma lágrima rolou por sua bochecha e se misturou à bebida que estava em sua boca, quando a lambeu. Agora sua mente funcionava cinquenta vezes mais rápido e seu coração palpitava. Eram sentimentos ou apenas o efeito do álcool? Ele não sabia, mas preferia acreditar que era as doses de tequila. Tão longe...

-Tão longe...-ele murmurava. Via seus sonhos pisoteados por gigantes vestidos de bailarina, sua alma preenchida de dor por unicórnio pelados e seus olhos cutucados por uma garota ruiva, de três olhos. Continuou em seus devaneios bêbados, mas a garota continuava cutucando seus olhos. Pensando bem, ela tinha quatro olhos, não três. Era extremamente parecida com sua ex-namorada, Suran. Parabéns Yoongi, você encontrou seu amor.

-Yoongi?- ela sussurrou em seu ouvido e ele nada respondeu.

-Yoongi, querido, porque está aqui?

-Eu estou aqui porque eu quero. E você, porque está falando comigo, sendo que não me ama mais?-ele respondeu tentando ser grosseiro, mas só queria um abraço da garota que ainda amava.

-Estou falando porque eu estou preocupada com você...-continuou sussurrando de um jeito bonito, não apenas um sussurro forçado. Seu tom de voz natural era assim. -Eu cheguei aqui faz três horas e durante todo esse tempo você estava bebendo. Há quanto tempo está se destruindo? Cinco horas? Dez? Ou faz mais de uma semana?-ela provocou.

-Faz anos que eu me destruo, Suran. Você sabe muito bem que eu não tenho o que fazer na porra da minha vida. Toda manhã, eu tenho medo de abrir os meus olhos, de respirar, então a destruição não começou na tequila.

-Seus pais te expulsaram?- ela perguntou, se sentando ao lado dele no balcão. Ele assentiu e virou mais uma dose. -Você vai beber até morrer, Yoongi?

-Não.

-Mentir é feio...

-Fingir que se importa também- virou mais uma dose. Olhou sua comanda, mais de dez doses de tequila e algumas de vodka. Suran pegou o papel de sua mão e foi em direção ao caixa. Pagou o que consumiu e as garrafas de tequila que Yoongi degustou durante a noite. Voltou e o puxou pelo braço.

-Se você não vai me ajudar, eu vou te obrigar. Quando está bêbado você fica mais idiota, sabia?

Ele se aproximou e deu um beijo demorado nela enquanto a garota sorria.

-Sabia.- E se deixou ser conduzido pela mulher que mais amava no mundo.


Notas Finais


oi rs
a escritora de drabbles agora resolveu postar fanfic do utt rs
Suga e Suran, shippo muito rs
o passado do casal vai ser revelado aos poucos pq eu sou dessas rsrsrsrsrs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...