História So Hard - Capítulo 83


Escrita por: ~

Exibições 1.002
Palavras 2.544
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Lemon, Luta, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura❤

Capítulo 83 - Sorrisos


Fanfic / Fanfiction So Hard - Capítulo 83 - Sorrisos

POV. Camila

Ficamos mais alguns minutos na estrada e eu já estava começando a achar que ele estava me sequestrando.

- Sei o que deve estar pensando!! - Ele fala olhando rápido para mim e depois para a estrada - Ele vai me levar para o meio do mato!!

- Sabe que é exatamente isso que eu estou pensando!!

- E ele vai me levar para o meio do mato e me matar lá mesmo!!

- Também!!

- Bem... Você está completamente errada Sra. Cabello!!

- Aah, é uma pena!! - Falo irônica.

- Bem.... Quase. - Ele para o carro entre duas árvore e saí. Pega uns galhos folhados enorma e bota atrás do carro, abre sua porta e pega minha mochila e a dele depois indo para a minha e abrindo a porta para mim.

- Aonde vamos?

- Ainda continua sendo surpresa. - Ele tapa meus olhos com a mão e com a outra me guia pela cintira. - Vamos.

Demos alguma passos até que ele parou.

- E então, vao me contar o que viemos no meio do mato?

- Não. Vou te mostrar!! - Ele tira a mão e tudo o que eu consigo ver é uma barraca de acampar, uma fogueira apagada e uma balça do lado um lago enorme.

- Law... - Olho para ele que estava com as mãos para trás olhando pra mim. Depois ele estendeu a mão para mim continuar. - Como descobriu esse lugar? Como fez tudo isso? 

- Segredo. - Ele me abraça por trás e eu mostro o meu pescoço para ele que distribui beijos lá. - Você sempre me disse que queria acampar, certo? - Assenti - Então... Fiz isso pra você.

Andei em volta e depois entrei na barraca. Ele entrou e se sentou do meu lado.

- Quero que você sabia que eu te amo muito Camz, e desculpa o se eu não mostre isso nos últimos dias, é quê está acontecendo tanto coisa agora... Achei que se eu fizesse isso poderia distrair você e ter um tempo se pra nós.

Beijei ele. Ele parei se surpreender porque ficou imóvel e olhando para mim por um tempo, mas depois passou.

- Desculpa se é fui muito chata com você!!

- Tudo bem... Não quero que a gente brigue mais, principalmente por coisas idiotas.

- É... Não vamos!! - Me deitei e ele fez o mesmo, ficamos trocando carícias e beijos.

POV. Demi

Acordei com o barulho da TV, e com a Selena do meu lado me encarando.

- Bom dia!!

- Oi.... - Me sento - Bom dia... - Olho em volta e em cima da cama estava cheio de embalagens de doces e comida mexicana.

Selena trouxe ontem à noite para mim  e ficamos assistindo um filme e acabamos pegando no sono.

- Estava acondada a muito tempo?

- Cinco ou seis minutos. Te acordei?

- Não. Quer dizer, sim, com esse seu bafo!! - Falo brincando e ela ri. Geralmente ela ficava com raiva mas dessa vez não, ela jogou uma almofada em mim.

- Filha!! - A minha mãe apre a porta - Você já... Comer alguma coisa - Ela olha para a minha cama. - Deixa pra lá!! Oi Selena!!

- Oi Tia!!

- Que horas vocês chegaram?

- Agora pouco!! - Ela me responde - Se quiserem descer pra tomar café!

- Ok.

Me levantou e olho o meu celular.

- Nossa!!

- O que foi?

- Pega sua celular!! - Falo

- Ele ficou lá em casa. Por quê? Aconteceu alguma coisa?

- Troye foi expulso de casa!! - Ela se levanta com tudo da cama e vai até mim olhando para o meu celular. - O pai dele não encarou a sexualidade dele muito bem.

- Ele está na casa da Mila!!

- Dinah está junto com ele.

- Eles estão em uma praça. Vamos pra lá.

Nós jeitamos e fomos para a praça perto de casa. Enquanto eu estava dirigindo Vero finalmente depois de dias visualizou as minhas mensagens e respondeu minutos depois. Ela disse que precisávamos conversar (coisa que eu já tinha falado pra ela), disse que queria me encontrar de tarde e eu comfirmei pra ela.

- Olha eles aí!!  - Selena fala apontando para eles que estavam sentados no banco enquanto a Sofia e a Regina brincavam. Estacionei e sai do carro e fomos até eles.

- Oi!!

- Bom dia!! - Falo e me sento na ponta do campo e depois olho para a Selena que estava de pé na nossa frente. Saio e me sento no chão e depois olho para ela que sorri e senta aonda eu estava.

- Vocês dormir juntas?

- Sim!! - Ela responde.

- Dormimos. - Esclareço e o Troye ri.

Ficamos conversando sobre o que estava acontecendo e depois eu falei que eu tinha que ir, Selena disse que já ia também. Levei ela até a casa dela, ela perguntou se eu queria entrar, eu neguei e falei que iria ter que fazer uma coisa antes. Assim que ela ouviu o "antes" ela mostrou aquele sorriso que eu tanto amo.

- Isso significa que você vai vir depois?

- Hum... Não sei, mistério.

- Aah Demi para com isso!!

- Ei, eu amo mistérios!!

- Eu detesto.

- Eu sei - Falo com um sorriso no rosto e ela ri pegando com a cabeça enquanto eu volto para o carro.

- Demi!! - Ela grita meu nome e eu me viro - Sei que não é da minha conta mas - Ela coça o pescoço - Você vai sair com alguém?

- Aah. Meio que sim. - Falo abrindo a porta do carro.

- Hum....

- Não me espere acordada, mulher!! - Falo brincando com ela para ver se a faço rir, mais ou menos.

- Mas nem está de noite?

- Justamente!! - Ligo o carro e ela entra, dou partido no carro.

Fui para casa e estava tendo um crise de ansiedade comi, dormi ou pelo menos tentei e nada estava funcionando.andei mensagem para ela falando que ja estava indo.
Marquei de encontrar com a Vero em frente ao bar perto da casa dela, é o bar da família dela, costumávamos muito ir alí, para assistir lutas ou os jogos de futebol que ela gosta de assistir. Assim que cheguei lá a moto dela estava estacionada na frente da da mesa que está sempre fica. Quando ela percebeu que era o meu carro se levantou e atravessou a rua, sai do carro e mandei até ela, não sabíamos se nos abraçavamos ou cumprimentávamos só com uma aperto de mão. Na hora foi um abraço.

- Tudo bem? - Que pergunta idiota Demi!!

- Aah... Sim, eu acho. - Ela ri e atravessamos a rua. - Eu pedi um suco de laranja pra você, tudo bem?

- Tudo!! - Nos sentamos

- É então .... Como vai sua família?

- Bem... Até aonde eu sei.

- Que bom!!

- Você quer logo conversar sobre o que temos realmente que conversar?

- Se você estiver pronta...

- Eu estou. Mas eu quero que veja que a cima de tudo somos amigas, e não quero que você fique constrangida ao me contar algo pra mim, Demi, pode se abrir pra mim.

- Ok.... o beijo como eu já disse, foi mais da Selena do que meu - Ela Assenti tranqüila - Mas, eu não posso fala que não gostei, eu estaria mentindo pra você e eu quero deixar tudo as claras agora!!

- Você sempre gostou dela.... Não me admira de você ter gostado!!

- Pois é, eu sempre amei muito e Sel até certo ponto, ponto em que você chegou, eu estava decidida a ficar com você, juro, muito decidida. Mas tudo isso ficou com um ponto te interrogação do final de cada plano que eu tinha com você, porque parte de mim ainda que a Selena loucamente!!

- Nossa!! Olha, eu sinceramente não vou conseguir continuar com você depois dessa, vocês são muito próximas, vivem uma na casa da outra, a casa de vocês e de frente uma pra a outra. Não é que eu não confie em você, é só que...

- Tudo bem... Eu só não quero se fique com raiva de mim.

- Não estou, não mais....

- Então somos amigas?

- É.

- Ótimo!!

- E se precisar de ajuda com a Sel... Me fala!!

- Obrigada!! Você vai voltar a fazer parte do nosso clubinho?

- Claro!! Mas eu tenho que ir ajudar meus primos primeiro - Ela olha para dentro do bar e eu assenti.

- Nos falamos mais tarde?

- Ok!!

- Tchau!!

- Tchau!!

Entro no carro e sai. Ta, sei que poderia ser mais, mas é bem melhor assim, eu finalmente estou em paz por ela está de boa comigo. Dirigi até a casa de Selena e no caminho liguei pra ela, falando que eu ia deixar o carro na garagem de casa e se ela quisesse ir pra lá pra casa ela poderia, mas ela como sempre é preguiça e eu tive que ir na dela.

POV. Camila

Estavamos tendo um passeio muito agradável e romântico, Law me botou em uma balça e entrou dentro dela e começou a remar pelo lago.

- Vem...

- pra onde?

- Vamos pular!! - Ele fala ficando em pé e dando um cambalhota da balça até o lago. Assim que ele aparece ele tira a blusa e coloca dentro da balça.

- E só agora você tirar a blusa né?

- Você queria que eu tivesse tirado antes?

- De preferência!! - Falo seria e ele ri botando água para dentro da boca e cuspindo em mim. - Lawrence!!

- Não briga comigo!! - Ele fala como um menino de 4 anos assustado.

- Não vou bebê!! - Falo rindo e acariciando a cabeça dele.

Ele tirou o bermuda os sapatos e as meios provavelmente só de cueca BRANCA pelo menos foi o que a aba Calvin Klein dele mostrava.

- Não vai entrar Camz?

- Hummm... Tá. - Fica de pé enquanto ele segura pelo lado de fora a balça, toro minha roupas ficando só de sutiã e calcinha, pulando logo em seguida.

A gente riu um para o outro e nos abraçamos, vejamos e trocamos carícias. A mão dele deslizavam pelas minhas pernas e costas me deixando cada vez mais arrepiada. Quando íamos nos beijando de noto eu botei água para dentro da minha boca e cuspi nele que riu.

- Eu merecia essa!! 

- Aah merecia sim!! - Falo abraçando ele e ele ri. - Amor.... Aqui não tem piranhas ou jacarés?

- Não!! Se não teria uma placa ali falando para não nadarmos aqui. E bem.... Meu pai trouxe o primeiro amor deles aqui e a minha mãe também.

- A Clara?

- Como sabe o nome dela?

- Seu pai já havia me contado !!

- Aah!! É ela mesma. Então achei que seria legal trazer você aqui!!

- Ooown, que fofo amor!! - A gente se beija e a boca dele começou a tremer. - Tudo bem?

- Sim!! É só que... Essa água está muito fria!!

- Nossa... Sério? - Ele assenti - Porque dizem que quanto a água está muito fria o pênis diminui. - Sento mais nele - E eu não estou vendo nada diminuir aqui!!

Minhas pernas estavam sobre a cintura dele ou seja, minha bunda estava Exatamente na pênis dele.

- Camz, não provoca!!

- Sabe, acho que eu posso ser a primeira em alguma coisa!!

- Tipo?

- Boquete de baixo d'agua. - Solto ele e abaixo a cueca dele, puxo o ar descendo devagar e botando logo ele na minha boca. De baixo d'agua eu podia escutar os gemidos dele, ele se segurando na balco a tempo todo, chupei ele com tanta força e quando terminei botei a cueca dele de novo e subo. - Não foi por muito tempo mas eu... - Ele me beijou e eu comecei a masturba-lo.

- Vem.... Sobe, eu vou gozar - Ele me pegou pela cintura e me levantou e eu agarrei no balcão e subi.

Ele ficou mais um tempinho se masturbando e depois subiu com a minha ajuda, e assim que ele subiu dei para ver pela transparência da cueca molhada e colada nele, e graças aos deuses com a luz do sol o pênis ele, totalmente duro e com a cabeça rosinha.

Aposto que está latejando agora mesmo.

Penso enquanto mordo os lábios tentando olhar para outro canto, impossível!!

- Temos que voltar pra pegar toalhas. - Ele fala segurando nos dois remos e mexendo para frente e para trás.

Na moral eu só queria segurar em um remo e era no dele!!!

- Tá.... Vamos!!

Ele remou até a borda a a única coisa que eu fazia ela fica observando o pau dele que estava na minha frente.

- Law. - Segurei na mão de e ele olhou pra mim. Sem pensar duas vezes o beijei, ele cedeu logo de relance colocando as mãos na minha cintura e apertando elas. Botei a no pênis dele e comecei a massagea-lo.

- Eu achei que não quisesse!! - Ele fala entre beijos

- Com você? E quando é que eu não quero? - Essa foi a minha deixa para ele poder me apertar contra ele me dando um beijo, rápido, cheio de chupões e mordidas. 

Ele sem quebrar o beijos me carregou, e me levou para dentro da barraca.

- Amor... E-eu não trouxe cami...

- Não importa, não tem problema se for sem...

- Prometo tirar antes de goza. - Assenti e beijei ele que logo quebrou o beijo para poder explorar meu corpo, com beijos, lambida de chupões, amo quando ele faz isso!!

Ele ia tirando a minha calcinha, e eu estava com um sorriso no rosto enquanto mordia meus lábios, ele olhou para cima e riu.

- Você tem um sorriso maravilhoso!!

- Law, não enrola por favor!!

Ele tirou minha calcinha por completo e depois a cueca dele, deu para ver que ele queria tanto quanto eu. Se encaixou entre minhas pernas e foi enfiando devagar com o seu corpo deitado no meu.

Gemi.

Ele começou a fazer movimentos vai e vem.

- Você é tão gostosa!! - Ele se apoiou  com as mãos e começou a fazer movimentos mais rápidos e ágeis.

- Law ... - Gemi.

A nuca dele deve estar toda ardida agora estou arranhando ela desde quando começamos a nos beijar. O suor começou a se misturar com a água do lado que ainda estava presente em nosso corpos enquanto ele rebolava metendo cada vez mais fundo e mais forte. Beijei ele e comecei a dar chupões pelo pescoço dele. Ficamos nisso por minutos até que eu gozoei. Ele aguentou aguentou até aí saio de dentro de mim e só então gozando.

- Aah!! - Ele suspira e depois se deita do meu lado, pego o braço dele e boto en volta do meu ombro beijando o rosto dele.

- Eu te amo!!

- Também te amo... - Coloco uma pena em cima da coxa dele e ele ficou acariciando minha costa nua depois de desabotoar o fecho do meu sutiã.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...