História So mais um cavaleiro ? - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Jellal Fernandes, Jude Heartfilia, Juvia Lockser, Layla Heartfilia, Levy McGarden, Loki, Lucy Heartfilia, Mavis Vermilion, Meredy, Natsu Dragneel, Yukino Aguria, Zeref
Tags Fairy Tail, Nalu
Visualizações 114
Palavras 811
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 27 - Convite


Lucy viu os meses se passar rapidamente e cada dia se via mais perto do seu aniversario e do destino que foi imposto para ela, no decorrer do tempo tentou diversas vezes tirar sua própria vida, mas foi impedida por Erza que se tornou uma grande amiga. A jovem princesa como de costume se juntou ao conselho real para de bater que mudanças seriam feitas no reino, ao entrar no salão percebeu os cochichos que dominavam o local.
      Ela se aproximou de um dos membros do conselho e  sussurrou:
- oque todos estão cochichando ?
- você se lembra que alguns dias atrás chegou a boatos de que o Zeref o imperador de Álvares avia falecido.- a princesa assentiu.- parece que não era só boatos pois hoje um jovem desconhecido que diz ser irmão do ex-imperador, assumiu a coroa. 
- e como meu pai reagiu a esse notícia?
- Ele não está nem um pouco contente, ouvi que ele convocou todos os informantes para uma reunião.
-por que ?
- parece que tem um duas cara dentro do castelo e que anda escondendo informações valiosas.
-tenho que ter uma conversa com meu pai. Então me desculpa não poderei ficar para a reunião de hoje.
-no se preocupe.
      Lucy saiu do salão do concelho e foi procura de seu pai para o impedir de cometer ações precipitadas. Mas ao encontrá-lo percebeu que ele não estava furioso ou atormentado muito pelo contrário ele estava calmo e com um sorriso no rosto pereceu até alegre em me ver passando pela porta do escritório.
- está tudo bem papai ?
- sim. porque não estaria?
-talvez porque o reino que o senhor tanto queria tomar para si teve pela primeira vez na historia seu momento de fraqueza   e você perdeu a chance tomá-lo. - a jovem se divertia torturando com cada palavra os seus desejos nunca realizados.
- ai que você se engana minha querida filha ele ainda está no seu momento de fraqueza, pois quem está reinando nele agora é um garoto sem experiência e imaturo que não sabe com oque está lidando.
- você planeja declarar guerra contra Álvares?
- não quem você pensa que eu sou? Um idiota, isso seria suicídio eles tem o mais poderosos soldados.
- então oque planeja fazer?
- uma aliança.
- você acha que ele seria tão idiota aponto de aceitar?
-não sei mas saberei em breve.
- como assim ?
- eu o convidei para o seu aniversário.
- você e desprezível.
- e você é minha filha e Igualmente desprezível.
     Lucy sem dizer mais nada se retirou do escritório.

Em Álvares Natsu visitava a cidade conhecendo os cidadões  e os costumes daqueles que abitavam seu novo reino, o lugar era lindo avia várias cachuiras árvores jardins e praças tudo era em perfeita harmonia com a natureza. O rapaz passou a observar algumas crianças que brincavam no meio da praça, algumas  crianças chamou sua atenção era  uma garotinha dois meninos que fingiam estar lutando com espadas, antes que Natsu pode-se perceber ele já avia decido  so cavalo e andava em direção às crianças que pararam de brincar e fizeram uma reverência ao perceber a presença dele.
- bom dia vossa alteza.- disseram as crianças em um coral fora de sintonia. 
- bom dia. Do que vocês estão brincando ?
- nós estamos brincando que somos guerreiros que lutamos para proteger a princesa Carla 
-sabiam que eu já fui um guerreiro?
- sério ?- perguntaram com os olhos cheios de curiosidade.
- sim é fui um dos melhores.
- incrível.
    Depois de um tempo conversando as crianças voltaram a brincar, Natsu se juntou a Carla que assim como antes observava atentamente os meninos fingindo que lutavam. 
- alteza você é apaixonado com uma princesa?
- não.
- você mente muito mal sabia?
- não estou mentindo.
- está sim. Você sabia que não pode mentir para uma fada  vidente.
- você e uma fada? 
- sim é seu que seu coração pertence a uma princesa.
- se você é tão espertinha quanto diz como é ela?
- você sabe como é ela, e loira de olhos chocolates determinada e que o ama acima de tudo e você tem sonhado com ela todas as noites dês que tomou uma decisão precipitada.
- como você sabe dos  sonhos que tive?
- já disse sou uma fada. Bom tenho que ir minha mãe ja vai com me buscar, mas antes que eu esqueça, não importa as decisões que você tomou vocês estão destinados a ficarem juntos, então aceite o convite do destino.
    Naquela noite no castelo Natsu andava pelos corredores pensando no que a menina avia dito, quando seu mensageiro apareceu e o entregou o convite que o rei de Fiore o enviará, não entendia porque mas acreditou em Carla e o aceitou, talvez fosse esse o convite do destino.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...