História Só o tempo diz o que desejamos - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Drama, Jeon Junkook, Jin, Jung Hoseok, Kim Namjoon, Min Yoon Gi, Park Jimin, Romance, Taehyung
Visualizações 32
Palavras 1.825
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Festa, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oláa amores
Esta ai mais um cap para vcs
Estou tentando compensar todo aquele tempo que não escrevi *-*
Espero que gostem
Fiz ele um pouco diferente de novo sjhsjs
<3 <3

Capítulo 15 - Estranho


POV'S MAIA

Acordei deitada em uma cama de hospital, estranhei, pois apenas o que eu me lembrava era de estar acorrentada a uma cadeira, em um quartinho, com Namjoon ao meu lado, falando coisas absurdas para mim, depois disso eu terá apagado, mas espera...

* flash back on *

-Eu estou aqui, eu estou aqui -dissera Yoongi com dor nos olhos - A Meu Deus Maia eu estava tão preocupado com você – ele me abraçou com força, tentei retribuir mas não consegui– Eu Te Amo tanto Maia, tanto – afundou seu pescoço em meu rosto.

* flash back off *

Agora estava tudo mais claro, me levantei, apoiando em meus braços, desisti pelo fato de ainda estar fraca e não conseguir me levantar, acabei por soltar um grunhido de frustração. Inclinei um pouco a cabeça para ver se tinha alguém comigo ali no quarto, e realmente tinha, Jin estava dormindo na poltrona ao lado de minha cama, ele parecia um anjinho dormindo, olhei para o resto do quarto, mas cheguei à conclusão de que só Jin estava la, nada de Yoongi, Kira ou até mesmo Tae. Sussurrei seu nome com o intuito de acordá-lo, mas ele apenas se mexeu na cadeira e soltou um suspiro, então resolvi gritar.

-Jin!? - ele saltou da poltrona e olhou para mim sorrindo, ele parecia feliz de ter me visto acordar.

-Olá bela adormecida - ele se apoiou na cama e me deu um beijo ma testa - como se sente?

-Estou bem a principio, só estou meio zonza e um pouco fraca -falei fazendo cara de pidona- onde estão os outros?

- Estão lá fora e Yoongi foi pegar umas roupas para você – ele fez carinho em meu braço e foi em direção a porta, abrindo-a – Gente, ela acordou – fez sinal para que as pessoas lá fora viessem.

- Amém irmãos, já não agüentava mais esperar – falou Kira entrando na sala – ALOOOOO – ela veio correndo em minha direção com os braços abertos.

- Olá querida – ela fez uma cara feia, comecei a rir – desculpa.

- Tudo bem, mas só dessa vez – ela me fuzilara e logo depois suavizou sua expressão – Como você está?

- Estou bem, a principio – ajeitei a coberta, vendo que eu queria me sentar, eles me ajudaram – bem melhor...

- Olá, como está nossa paciente? – entrou um medico, super bonito, ele chegou mais perto e vi que seu nome era Dong Young-bae – Está melhor? – Aquele homem parecia um Deus de tão bonito, ele colocou sua mão em minha testa para ver se estava com febre, que mãos quentes, SE CONTROLA MAIA- Parece que ainda está com um pouquinho de febre, ela vai ficar mais algumas horas aqui conosco, pode ser? – todos assentiram – Preciso conversar com o Sr. Jin, já que o Sr. Yoongi não está presente, por favor me acompanhe – ele abriu a porta e deu passagem para Jin.

POV’S JIN

- Sobre o que se trata doutor? – Olhei para ele com preocupação enquanto ele fechava a porta olhando para Maia, ele não tinha uma cara muito boa – É grave a situação de Maia?

- Como você já sabe, fizemos os exames e ela está bem, mas... – ele abaixou os papeis e olhou para baixo – Maia teve um aborto involuntário, seu feto tinha apenas 5 dias, então ela não sentira tanto. Lamento – fiquei paralisado com aquilo, quando percebi que Yoongi estava a poucos metros de nós, ele escutara tudo.

- Yoongi... – falei em um sussurro, fazendo o medico se virar, uma lagrima escorreu de seu rosto e a mala que ele trouxe com as roupas de Maia, então ele caiu no chão, olhando para o mesmo – Yoongi! – corri até ele, segurando seu rosto, ele estava chorando, muito.

- Ela estava carregando um filho meu... – ele disse entre suspiros – O nosso filho Jin – ele levantou os olhos para mim – Eu não sei se vou conseguir me perdoar... – ele levantou a cabeça e soltou um pequeno urro de dor, aquilo me partira o coração, nunca o virá naquele estado.

- Ei, ei – abaixei sua cabeça com minhas duas mãos para que ele me olhasse – Não foi culpa sua – ele virou a cabeça – Yoongi, não foi culpa sua! – falei alto.

- Maia sofreu uma grande dor, tanto psicológica, quanto física, quem quer que seja que tenha feito isso, deve ser comunicado a policia – interveio o medico – Não fora culpa sua Sr. Yoongi. Agora, peço que guardem este segredo por um longo tempo, ela já sofreu de mais, em seus exames vimos que ela fora estuprada mais de uma vez, e se souber sobre seu filho, não sabemos se ela irá agüentar... – ele se virou e então saiu, me voltei para Yoongi que agora olhava para um ponto qualquer no chão, seus olhos estavam vermelhos.

- Yoongi, Maia esta te esperando, seque as lagrimas e entre lá, seja forte – disse para ele, ajudando-o a levantar.

POV’S MAIA

Estranhei do medico chamar Jin para conversar, mas logo depois que eles saíram, Kira, Hoseok, Tae e Jimin quiseram ouvir tudo o que acontecerá, Kook não estava lá, Tae dissera que ele tinha um compromisso muito importante de ultima hora, mas que depois que eu saísse do hospital eles passariam lá em casa para me ver. Então comecei a contar e eles ficaram pasmos ao saber que Namjoon era tão psicopata assim, me elogiaram por ser forte, mas eu não pensava assim. Eu não contei tudo o que tinha que contar, não contei dos gritos chamando por Yoongi...

*flash back on *

- Vai me dizer que Min Yoongi nunca contara isso a você? – Ele sorria como se fosse a melhor coisa do mundo – Oh meu deus, que peninha, vai ficar sabendo por outro então – soltou uma gargalhada – Ele estava NOIVO e ela GRAVIDA dele, só que ai, ela se apaixonou por mim e disse que não queria mais nada com ele, que ela queria que eu assumisse o filho dela – ele parou e limpou a faca que continha meu sangue, eu suava e sentia meu corpo arder, o que mais ele queria de mim? – mas como eu era um bom amigo, eu não aceitei essa blasfêmia – ele sorriu e se voltou para mim – eu apenas transei com ela, e disse que só ficaria com ela se ela abortasse – ele bufou um riso – e foi o que ela fez.

- Eu não acredito em uma palavra que sai dessa sua nojenta boca Namjoon – falei o fuzilando com os olhos.

- Minha boca? Nojenta? Vamos ver se você não muda de idéia – ele veio com tudo para cima de mim e me beijou, pediu passagem mas eu não cedi, ele forçou até que ele a abriu, mordi sua língua nojenta – Nunca mais encoste em mim seu monstro – ele tocou em sua língua que agora sangrava, ele sorriu.

- A garota, você não deveria ter feito isso – ele estava vindo para cima de mim a fim de me matar agora, até que a sirene a cima da porta toca – Mas que merda! - ele se volta para porta, onde uma garota aparece, ela era pequena e delicada, muito bonita  - O que foi agora? – ela sussurrou algo que o fez revirar os olhos – Ta bom... Ah Maia, sabe a garota que eu falei antes? É ela – ele apontou para a garota que arregalou os olhos – Ela mudou bastante desde a ultima vez que Yoongi a viu, agora ele passa por ela, sem a reconhecer – ele riu – mais tarde volto para terminar o que começamos – ele piscou para mim e saiu.

A garota ficou me olhando, e vi que ela estava chorando, sorri para ela e ela sorriu para mim, sussurrando um “vai ficar tudo bem, eu prometo” e então fechando a porta

*flash back off*

Meus olhos se marejaram, e eles ficaram preocupados, apenas disse que não queria mais falar sobre o assunto, no momento em que sequei a única lagrima que cairá, Yoongi entrou pela porta com um belo sorriso ao me ver acordada, ele parou na porta, soltou a sacola que segurava, e vi que uma lagrima escorrera em seu rosto, ele estava com os olhos vermelhos, mas eu não sabia o motivo, fiquei preocupada, mas logo ele veio em minha direção, e me abraçou, segurando a parte de trás da minha cabeça e me enterrando em seu peito, sua respiração era calma, mas seu coração, acelerado. Ele me afastou e me olhou nos olhos, vendo que ele estava a chorar de emoção, eu me pus a chorar também. Hoseok passou seu braço por cima do de Kira e Jin fez o mesmo com Jimin, todos sorriram e Tae ficou com as mãozinhas juntas apoiando a cabeça, com o belo sorriso quadrado que ele possuía. Enquanto nos olhávamos, Yoongi se aproximou e selou nossos lábios, como se fosse a ultima vez que nos beijaríamos, pediu passagem e eu acedi, que saudade daqueles lábios tocando os meus, passei a mão por sua nuca aprofundando o beijo, até que Jin faz barulho com a garganta e nos separamos, rindo.

- Posso saber o motivo de você estar com os olhos vermelhos? – sussurrei para ele enquanto brincava com os cabelinhos de sua nuca, ele olhou para Jin, oq aqueles dois estavam escondendo?

- Eu passei a noite acordado – perai, quanto tempo fiquei aqui? – Por isso, ai resolvi deixar Jin cuidando de você, e ir para casa descansar e pegar uma muda de roupa pra você.

- Pera... – ele olhou para mim – Quanto tempo fiquei aqui?

- Vai fazer 1 dia e meio minha pequena – ele disse passando a mão pelo meu rosto e se virando, indo em direção a mala – Seu estado era critico, fizeram exames, mas você está bem, só não pode se estressar por alguns meses – ele se virou para mim.

- Vai ser uma tarefa difícil para você né? – apontei para ele e todos riram – falando em se estressar... – me lembrei de Kishan – Meu pequeno Kishan, como ele esta? Ele... – Jin veio em minha direção e senti meus olhos marejarem.

- Ele está bem, não se preocupe, apenas deram uma grande dose de sonífero para ele – Jin passou a mão por meus cabelos – Não chore Maia...

Depois de ficarmos algumas horas esperando até a febre baixar, enquanto eu tomava uma grande dose de soro, já que havia perdido uma grande quantidade de sangue, todos saíram, me deixando apenas com Yoongi, que o mesmo, me ajudou a por minha roupa, ele estava diferente mas eu não me importava, porque provavelmente ele estava apenas absorvendo o fato de eu já estar bem e de que o sufoco já passou. Voltamos para casa e quando abri a porta, fui recebida pelo melhor serumaninho deste planeta. Kishan veio em minha direção e eu me abaixei para dar a devida atenção a ele, ele resmungava, e deitou no chão de barriga para cima para que eu pudesse fazer carinho nele. Foi a melhor coisa que me acontecerá, ver que ele estava bem era tudo o que me importava.


Notas Finais


Espero de verdade que tenham gostado
Comentem, favoritem a fic que isso me tras motivação,como sempre digo shjjshjs
Desculpem qualquer erro
Trarei o proximo cap, assim que conseguir
BEIJOS DE LUZ
<3 <3 <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...