História Só o tempo nos dirá... - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hora de Aventura
Tags Gumlee
Exibições 20
Palavras 449
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente lindaaaa😘💜

Capítulo 8 - 😢😢 😢


Fanfic / Fanfiction Só o tempo nos dirá... - Capítulo 8 - 😢😢 😢

 (31 de março) 

Faziam 2 semanas e 4 dias que eu e Marshall estávamos juntos como um casal, ainda não tivemos relações sexuais porque eu sou virgem e não acho que estou pronto, eu realmente estou amando ser dele e ele ser meu! Hoje eu levantei cedo e tive que ir trabalhar, a girafa esta doente e eu não posso ficar cuidando dele então pedi para a irmã dele ficar cuidando dele.

Cheguei na SDS e o Flame me pediu que eu comparecesse na sala dele, assim que eu entrei ele veio até mim e trancou a porta que havia ali e retirou a chave dali, eu o olhei assustado e o mesmo se aproximou ma de mim me deixando muito apavorado...

F- você já transou alguma vez na vida vadia?

G- F-Flame-me não me chama assim - falei sentindo uma lagrima escorrer por meu rosto e abaixei a cabeça. 

F- RESPONDA SEU VIADO DE MERDA!!! E OLHA PARA MIM QUAN EU ESTIVER FALANDO COM VOCÊ!!

G- na-nao eu nunca transei, eu sou virgem...

F- melhorou! Bom..a partir de hoje você não é mais virgem!

Ele preencheu o espaço que havia entre nós e deu início a um beijo feroz e  agressivo, parou quando o ar lhe faltou eu não saia fazer outra coisa sem ser chorar, ele já tinha tirado a minha calça na marra e logo depois tirou seu pênis para fora do moletom que usava, me fazem chupar o mesmo eu me engasgava com a saliva e com as minhas lagrimas, seu gosto era repugnante se igualando ao cheiro, depois de se desmanchar em minha boca ele me virou brutalmente de frente para a parede e me penetrou sem aviso agora eu gritava a cada estocada dele, doía muito muito muito desta vez ele demorou mais para gozar então eu fiquei gritando e chorando por um bom tempo. Quando ele acabou se vestiu e pediu para que eu fizesse o mesmo e fosse embora.... Cheguei em casa mancando e chorando com o rosto todo inchado, Marceline estava na sala e Marshall também assim que entrei ele veio em minha direção e viu que eu estava chorando a muito tempo e que mancava..

M- bebe? O que houve? Foi demitido? Machucou o pé?

G- Ma-Ma-Marshall eu...eu fui estrupado...

m- QUEM FOI O FILHO DA PUTA QUE FEZ ISSO COM VOCÊ ? EU VOU ACABAR COM A EXISTEMCIA DELE!!!!

eu chorava tanto e Marshall não estava me ajudando gritando daquele geito.

G- fo-foi o-o-o Flame..

M- FILHO DE UMA PUTA DESGRAÇADO DO CARALHO EU VOU MATAR ELE 

Marceline veio ate mim e me abraçou me levando até o sofá e me consolando enquanto o mais velho saiu de casa xingando o ruivo que agora provavelmente iria ter sérios problemas físicos...


Notas Finais


Não me matem por favor! 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...